Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Questionamentos necessários em um relacionamento amoroso

Existem alguns questionamentos que precisamos fazer a nós mesmos relacionados aos nosso relacionamento. Essas questões muitas vezes são evitados, pois assim fica mais fácil nos auto-enganar. Este “auto-engano” ocorre principalmente quando o relacionamento não está indo muito bem, com frequentes brigas, trazendo grandes inseguranças. O autoengano é justamente fingir que está tudo bem e que não é hora para refletir sobre a situação atual.

Pensando justamente em como amenizar este autoengano, trazendo assim reflexões sobre nós mesmo e sobre o relacionamento em si, elaboramos alguns questionamentos para você refletir a cerca de seu relacionamento. Estes questionamentos são muito necessários nos momentos de grandes decisões a respeito da relação e principalmente quando surgem dúvidas quanto a ele.

 1) Eu era melhor sem ele?

Algumas mulheres, quando começam um novo relacionamento, acabam deixando de lado muitos aspectos da sua vida, hábitos e comportamentos, que eram até mesmo saudáveis, entregando-se completamente à relação. No começo isto pode ser “bom”, mas com o tempo pode surgir o sentimento de perda do “eu”, como se você não fosse mais a mesma pessoa que já foi um dia, e sente falta disso.

Quando esse sentimento começar a surgir, ou até mesmo quando muitos amigos (ou o próprio parceiro) começarem a reclamar que você mudou muito, talvez seja hora de refletir sobre esta pergunta.

Será que você era uma pessoa melhor sem ele? O quanto você mudou por conta desta relação? É preciso estar aberta a respostas sinceras destes questionamentos, que nem sempre podem te agradar. Com eles, pode ser possível perceber que antes deste relacionamento, você estava bem consigo mesma e com os outros ao seu redor, mas que atualmente você anda cheia de sentimentos negativos, tendo somente ele ao seu lado, pois afastou todos os outros que lhe faziam bem.

 2) O que este relacionamento me agrega?

Não estamos falando aqui de bens materiais, segurança financeira e afins. Essa pergunta está relacionada aos seus sentimentos e emoções e principalmente ao desenvolvimento pessoal. Algumas relações podem fazer com que nos desenvolvamos cada vez mais, tendo novas experiências e principalmente nos tornando pessoas melhores. Por outro lado, alguns relacionamentos fazem o oposto disso. Chamamos esses relacionamentos de destrutivos, pois ao invés de nos proporcionar este desenvolvimento, eles apenas nos prendem, podendo fazer com que você sinta-se incapaz de se desenvolver e tornar-se alguém melhor.

Eles são destrutivos pois impedem qualquer possibilidade de desenvolvimento, seja pessoal ou até mesmo dentro do próprio relacionamento. É uma relação que está sempre estagnada, onde o parceiro não fica feliz com suas conquistas e não compartilha a sua felicidade, botando você sempre para baixo.

Perceber se você está em um relacionamento destrutivo pode ter grande influência nas suas próprias escolhas referentes ao relacionamento e principalmente, irá modificar sua percepção a cerca do mesmo.

 3 ) Essa relação poderá melhorar?

Quando a relação está passando por um momento de dificuldade, não significa que ela não poderá melhorar ou que os integrantes do relacionamento serão sempre da mesma maneira. Essa análise é importante nos momentos em que os pensamentos de término estão muito frequentes. Questionar-se sobre as melhoras que podem ocorrer no relacionamento e, principalmente, no que você pode melhorar para contribuir para a relação, podem fazer com que ela perdure ainda mais.

Porém, aqui é preciso tomar cuidado, pois fica muito fácil somente acreditar que ele pode melhorar. Você precisa fazer algo para que isso aconteça. É preciso tentar modificar os aspectos negativos do relacionamento, percebendo as suas melhoras e pioras, somente assim fica mais fácil tomar uma grande decisão a respeito da relação.

 4) O que eu espero desta relação?

Esse questionamento serve para você começar a traçar seus objetivos e metas futuras de vida, levando em conta (ou não) a relação. É preciso refletir sobre quais são as suas expectativas quanto a relação e tentar perceber se o parceiro será capaz de suprir estas expectativas e, até mesmo tentar perceber se ele tem objetivos e metas semelhantes as suas.

Entender suas expectativas quanto a relação minimizam as possibilidades de frustrações e diminuem a insegurança na relação. É possível conversar com o parceiro à respeito do futuro da relação e sobre as expectativas dele, expondo também as suas.

Essas reflexões podem ser feitas sempre que você estiver passando por alguma dificuldade na relação ou tenha que tomar alguma atitude, seja para melhorar a relação ou para termina-la. É preciso ter em mente que alguns relacionamentos realmente não irão funcionar e prolongar estas relações podem trazer mais sofrimentos do que termina-la de vez. Por isto a grade importância em, de tempos em tempos, refletir sobra o seu relacionamento.

O que achou do artigo?

comentários

Cérebro Masculino

O Cérebro Masculino é um blog feito para ajudar as mulheres a entenderem como funciona a cabeça dos homens.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.