Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Os Problemas de Quando Ela Toma a Iniciativa

Está tornando-se cada vez mais comum as mulheres tomarem a iniciativa quando se fala em conquistas. Alguns homens até preferem esta prática, que está ficando cada vez mais aceita. Particularmente fico feliz em saber que essa liberdade torna-se cada vez mais comum. Infelizmente, alguns homens ainda não sabem lidar com estes momentos. Tanto tempo sendo obrigados a tomarem a iniciativa e serem sempre quem precisa “correr atrás” na hora da conquista, fez com que quando os papéis se invertem, eles fiquem sem ação.

Pensando nisto, elaboramos uma lista de alguns problemas que podem acontecer quando ela decide tomar a iniciativa.


1) Assustá-lo

Perceber a mulher tomando a iniciativa na paquera, para alguns homens, pode ser realmente assustador. Principalmente para aqueles que não estão acostumados a essa prática. O ato de tomar a iniciativa está ligado também ao poder e a tomada de decisão e quando uma mulher toma a iniciativa, pode parecer uma “ameaça” para ele, que esteve sempre do outro lado, deixando-o sem saber o que fazer e falar, podendo até reprimi-lo.

Isso é interessante, pois já mostra quem realmente é a pessoa e vale pensar: um cara tão machista vale a pena? Alguns homens já vêm com um roteiro pré-selecionado na hora da paquera, não conseguindo lidar com o inesperado, que nesse caso seria a mulher tomar a iniciativa, fazendo com que seus planos sejam anulados. No momento da paquera é preciso estar aberto para as variáveis e tentar lidar com elas da melhor maneira possível.

2) Insegurança

Isso pode ocorrer tanto com o homem quanto com a mulher.  A mulher pode sentir-se insegura quando decide tomar a iniciativa e o homem pode sentir-se inseguro por ela ter feito isto. Essa insegurança pode tornar o momento completamente difícil, fazendo com que o homem fique na defensiva. Com isso, mesmo quando ele está a fim de você, pode fazer com que disfarce esse interesse por dois motivos: ele queria ter sido quem tomou a iniciativa ou por sentir-se inseguro em relação a esse momento, tentando se esquivar, chegando a evitar você.

3) A Negação

A negação está diretamente ligada aos tópicos anteriores. Por sentir-se inseguro e assustado nesse momento em que ele não sabe como lidar, pode entrar em negação e todos os seus esforços para conquistá-lo acabam sendo insuficientes. Não é necessariamente uma negação direta, está mais voltada para a fuga da situação, vista como aversiva por ele. Isso não é tão comum assim, levando em conta que o ato de uma mulher tomar a iniciativa está se tornando um comportamento cada vez mais frequente, mas não significa que não possa acontecer.

4) Disputa de poder

Alguns homens precisam sentir estar no “poder” o tempo todo, principalmente no momento da conquista. Esses homens geralmente aceitam a mulher tomando a iniciativa como um desafio para reverter esta situação. Por mais que ela tenha tomado a iniciativa, ele será quem irá conduzir o resta da paquera. Por outro lado, algumas mulheres também sentem a necessidade de estar no poder, seja tomando a inciativa ou conduzindo o restante da conversa, e assim, da paquera. Isto pode acabar tornando-se um conflito de poder, até mesmo no início da conversa ou aos poucos, quando vão se conhecendo melhor.

É importante ficar atento à esta disputa, pois é muito provável que ela continue sempre, caso cheguem a ter uma relação, e com o tempo, esta disputa torna-se cada vez mais frequente, podendo ser a causa do término da relação. Isto é muito comum em casais competitivos, que com o tempo acabam disputando entre si, transformando a relação em um campo de batalha.

5) O Preconceito

O preconceito infelizmente ainda se faz presente em alguns homens quando falamos de mulheres tomando a iniciativa no momento da paquera. Isto só faz com que está prática torne-se cada vez mais complicada, principalmente para eles. Mesmo quando concordam que não devem ser sempre eles a tomar a iniciativa, quando percebem uma mulher fazendo isto, podem começar a demonstrar seus preconceitos, tendo pensamentos negativos quanto à ela, chegando até mesmo a difama-la para os outros.

Este pode ser o principal motivo de algumas mulheres não terem a coragem de tomar a iniciativa (ainda), preocupadas com o que o outro pode pensar, tendo até medo de suas reações.

Este tema ainda divide opiniões e está cercado de incertezas, mas está ficando cada vez mais comum. Neste ritmo, com o tempo, esta prática passará a ser algo completamente comum e aceitável, tendo em vista que seus benefícios são maiores do que estes problemas apresentados aqui. Lembrando que listamos apenas para servir de alerta para o que pode ocorrer, não significando portanto que sempre irão ocorrer, é preciso apenas ficar atento à elas, mas sempre que sentir vontade, por que não tomar a iniciativa?!

Lembre-se: A maioria dos homens prefere as mulheres que tomam a iniciativa, como você pode ver aqui:

Mas o que realmente importa é o que VOCÊ quer. Você quer ficar esperando ele tomar a atitude ou tomar a iniciativa e ter o controle da situação? O que for melhor pra você é o que deve ser feito 🙂

O que achou do artigo?

comentários

Cérebro Masculino

O Cérebro Masculino é um blog feito para ajudar as mulheres a entenderem como funciona a cabeça dos homens.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.