Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

8 Dicas para Lidar Melhor com os Sogros (pais dele)

Em alguns relacionamentos, os problemas não estão no relacionamento em si, mas sim na convivência com os pais do parceiro – que podem influenciar negativamente no relacionamento do casal. Esse problema de convivência com os sogros pode surgir por diversos motivos, acontecendo tanto do lado da mulher para com seu sogro ou sua sogra, assim como pode acontecer também com o homem. Esses problemas podem estar explícitos ou implícitos na convivência. Independente disto, ambos têm solução.

Caso você sinta que está passando por dificuldades em relação à sua convivência com os pais do seu parceiro, esse texto é para você. Nele elaborei algumas táticas que podem servir para melhorar a convivência com os familiares do parceiro, principalmente os pais dele, para que isso traga uma consequência positiva, tanto para você quanto para o seu relacionamento. É importante lembrar que a opinião dos pais de seu parceiro sobre você influencia e muito na forma como ele te percebe e planeja um futuro com você. Nesse texto irei focar no caso em que você é quem não suporta mais os seus sogros, e não necessariamente quando eles não gostam de você. Em ambos os casos existem maneiras de amenizar as situações.

Vamos então às dicas:

1) Entenda o motivo de você não gostar deles

O conflito de convívio entre você e seus sogros pode existir por razão inteiramente da parte deles. Ou seja, nesse caso eles podem ter uma imagem negativa a seu respeito e demonstram isso no problema de convivência. Mas nem sempre a culpa é totalmente deles. Existem também casos em que você pode não gostar dos pais do seu parceiro, por qualquer motivo que seja, e eles perceberem isso. Assim pode surgir um problema na convivência.

É preciso então tentar entender o porquê de você não suportar os seus sogros, quais atitudes deles fazem você ter esse sentimento negativo a respeito deles, quais motivos existentes na relação de vocês a fizeram ficar conflitante (mesmo que não exista um conflito direto, o simples fato de você não suportá-los demonstra esse problema). Entender isso é a melhor forma de começar a resolver esse conflito.

2) Lembre-se de como tudo começou

É interessante fazer uma reflexão de como foi o início de seu relacionamento e como era a sua convivência com os pais do seu parceiro. Dificilmente a relação de vocês já era conflitante no início. Tente perceber quando as coisas começaram a mudar para pior e o que estava acontecendo naquela época. Você pode perceber que foram atitudes suas negativas que fizeram com que os pais dele começassem a ter uma ideia negativa a seu respeito, fazendo, assim, que você também começasse a não gostar mais deles. O conflito e os problemas de relacionamento geralmente tem um motivo.

Perceber quando tudo começou é entender mais a fundo os motivos dos seus conflitos, ficando mais fácil de resolvê-los. É possível ainda que você esteja tendo conceitos negativos a respeito dos pais deles, mas eles nem perceberem isso. Se você perceber que esse é o caso, você precisa tentar entender como e quando isso começou e o que fazer para modificar seus conceitos. Somente assim haverá uma melhora no convívio de vocês.

3) Transforme o seu ponto de vista

Quando você perceber que não aguenta mais conviver com os pais dele, mas eles demonstram gostar de você, mesmo tendo algumas atitudes negativas, talvez seja hora de repensar alguns de seus conceitos. A melhor maneira de fazer isso é colocar-se no lugar do outro para tentar perceber as coisas como essas pessoas o fazem. Ou seja, tente ver as coisas com os olhos dos seus sogros.

Pense que o seu parceiro é o filho de seus sogros e que eles têm uma história juntos. Pode ser que os seus sogros tenham dificuldade em ficar longe do filho ou sintam-se confortáveis para se meterem na vida do filho quando bem entenderem, afinal, ainda o percebem como apenas um filho e você como alguém que entrou na vida dele muito depois deles.

Alguns conflitos entre noras e sogros é justamente essa briga de poder, pois um tenta ser mais importante do que o outro. A mulher quer ser mais importante do que os pais e vice-versa.

Tudo isso está relacionado ao tipo de conflito existente. Ao perceber os motivos dos conflitos fica mais fácil entender o seus sogros, fazendo com que você também consiga entender porque não os suporta mais. Para amenizar esse sentimento negativo você deve tentar perceber as coisas de uma forma diferente, colocando-se no lugar deles deixando de lado esse conflito de egos.

Tenha em mente que todas as pessoas são importantes para nós de alguma maneira, e que essa importância não pode ser mensurada. A importância dos pais, dos familiares, da esposa e dos filhos é incontestável, mas cada um a sua maneira.

4) Entenda como funciona a família dele

Para perceber os conflitos, é interessante também perceber como funciona a família dele. Cada família tem um jeito de ser e procura formas de conseguir conviver de uma forma harmoniosa juntos. Entender essa dinâmica familiar, como cada membro é e qual é a sua importância para a família significa conseguir lidar melhor com a situação.

Alguns filhos – mesmo que isso não seja explicito – são considerados mais importantes para seus pais do que outros. Ser a parceira de um desses filhos mais importantes para a família pode acarretar alguns problemas que não existiriam caso fosse com outro filho. Entender isso é conseguir lidar melhor com os conflitos e problemas decorrentes da sua relação com seus sogros.

5) Entenda a questão das expectativas

Entender as expectativas, tanto as suas quanto a dos outros é fundamental para perceber como funcionam os sentimentos e consequentemente os conflitos existentes, independente do tipo de relação. Dessa forma, é importante refletir acerca das suas expectativas quanto aos seus sogros e principalmente das expectativas deles quanto a você. Tenha em mente que os pais querem o melhor para seus filhos, que eles tenham bons empregos, sejam bem casados e assim por diante. Da mesmo forma que eles idealizam a pessoa com quem o filho irá casar e ter filhos.

O mesmo ocorre com você. Ao pensar sobre o seu parceiro, você também idealiza como é a família dele e como você será bem aceita nela, como eles irão te tratar bem e assim por diante. Essas expectativas criadas podem ser conflitantes, afinal, você pode não ser o que seus sogros imaginaram para ele e como eles podem não te tratar como você acredita que merece. Entender isso significa então saber lidar com as expectativas, modificando e aceitando a sua realidade e percebendo os principais motivos das coisas serem como são. Isso evita sofrimento e faz com que você consiga superar obstáculos.

6) Perceba o que você pode fazer para melhorar a situação

Agora que você conseguiu perceber a situação de uma forma mais ampla – colocando-se no lugar dos pais dele -, fica mais fácil perceber os motivos de seus sentimentos. É hora de refletir sobre o que pode ser feito para melhorar a situação. Às vezes um simples gesto, uma pequena mudança na forma de tratar e pensar o outro já é o suficiente para modificar toda uma relação conflituosa.

Tente modificar a forma como você convive, conversa e pensa sobre seus sogros, imaginando eles de uma forma diferente do que você está acostumada a fazer. Faça o possível para transformar os momentos juntos em algo prazeroso, evitando conversas conflitantes e mostre-se sempre interessada no que eles têm a dizer. Lembre-se que eles são pessoas diferentes de você, com gostos de formas diferentes de perceber a vida. Mas são completamente importantes, pois sem eles você não teria ao seu lado seu parceiro, que é tão importante, tanto para você quando para eles.

 7) Converse com eles sobre a situação

Caso você sinta que apenas uma mudança de comportamento não foi o suficiente para modificar a relação conflituosa de vocês, talvez seja necessário criar coragem e conversar com eles sobre o que você pensa e percebe. Conversar abertamente sobre os problemas é entender o ponto de vista do outro e esclarecer os seus para que seja possível entrar em um consenso, criando assim um vínculo maior entre vocês.

O vínculo criado a partir de uma conversa honesta e aberta é muito mais forte do que o vínculo criado apenas pelo convívio e pela obrigação de ter que conviver. Digo obrigação pois você convive com seus sogros apenas porque eles são os pais de seu parceiro e não por que os escolheu. O mesmo acontece com eles. E essa relação pode ser tão conflituosa exatamente por esse motivo. Mas já que vocês irão necessariamente conviver juntos, o interessante é buscar um bom convívio, afetuoso e sincero.

8) Entenda que, às vezes, a solução é complicada

Geralmente existe solução para qualquer tipo de conflito, mas isso não significa que será uma solução rápida, que não exija muito esforço de sua parte. Tenha em mente que em alguns casos você precisará tentar por diversas vezes até que consiga melhorar a situação. Isso pode frustrar um pouco e dar vontade de desistir, sendo necessário ter persistência e foco.

Lembre-se sempre dos benefício de atingir seus objetivos e da felicidade que você terá e proporcionará a seu parceiro.

Por mais difícil que possa parecer, ter um bom convívio com os sogros é ter também um relacionamento com qualidade e duradouro.

Independente dos motivos e de quão conflituosa está a sua relação com os pais do seu parceiro, é importante manter a calma e buscar soluções para esses conflitos, afinal, não dá para desvincular o seu parceiro da família dele – isso traria um sofrimento psicológico muito grande para ele e nem é justo. É mais fácil aprender a conviver e lidar com a família, preservando assim a sua felicidade e a felicidade de seu parceiro. Entender os acontecimentos e seus motivos é desenvolver-se como pessoa e ter menos conflitos em sua vida.

O que achou do artigo?

comentários

Cérebro Masculino

O Cérebro Masculino é um blog feito para ajudar as mulheres a entenderem como funciona a cabeça dos homens.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.