Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

As principais diferenças entre os homens e as mulheres

Existem algumas diferenças sutis e outras mais destoantes entre os homens e as mulheres. Sejam elas as diferenças obvias anatômicas, os formatos dos ossos e etc. ou as diferenças que são provenientes da cultura na qual estamos inseridos – que ensina que devemos tratar o menino de uma determinada maneira e a menina de outra. Muitas dessas diferenças podem ser consequência da própria aprendizagem e da forma como ambos percebem o mundo.

É nessa segunda parte que irei focar este artigo. Lembrando que esta diferenciação serve apenas para entendermos e tentarmos lidar melhor com elas. Sem generalizar ou impor nada, deixando um pouco de lado a subjetividade, para entendermos melhor uns aos outros.

1) A forma como lidam com os próprios sentimentos

Este pode ser o ponto mais destoante entre os homens e as mulheres, principalmente quando trata-se de aprendizado e autoconhecimento. Os meninos não são muito estimulados a entrarem em contato com os próprios sentimentos, tampouco com a maneira de demonstrar esses sentimentos, principalmente quando são sentimentos negativos como a tristeza. Isto pode ser visto em falar como “menino não pode chorar” ou até a pior de todas “isto não é coisa de homem”.

Em relação a sentimentos de raiva, a história pode mudar um pouco, pois os meninos geralmente são mais estimulados a demonstrarem quando estão insatisfeitos com algo, podendo até serem reforçados por demonstrar agressividade. Isto, no futuro, pode tornar-se um grande problema, principalmente quando falamos em relacionamento.

Já no caso das meninas a coisa muda um pouco, em seu aprendizado elas são mais estimuladas a entrarem em contato com os próprios sentimentos, como lidar com eles e demonstra-los. Isto pode significar um bom desenvolvimento emocional, com mais facilidade de demonstrar e conversar a respeito do que se está sentindo. A questão do choro também é diferente, pois é mais aceito pela sociedade que elas chorem.

É importante ressaltar que o choro tem uma grande importância para nosso desenvolvimento e tanto as meninas quanto os meninos devem ser estimulados a chorarem quando sentirem vontade, pois assim podem aliviar alguns sentimentos negativos, vivenciando por completo estes sentimentos, sem deixar que os mesmos se acumulem.

2) Diferenças de ordem sexual

Estamos falando aqui na forma como o homem e a mulher lidam com o sexo.

Os homens podem lidar com o sexo como algo que serve apenas para satisfazer as próprias necessidades sexuais, não necessariamente precisando haver algum tipo de ligação amorosa ou algum tipo de sentimento envolvido, enquanto para algumas mulheres, o sentimento envolvido pode ser maior do que a vontade de satisfazer os próprios desejos. Lembrando que ambos sentem vontade, atração, e necessidade de ter relações sexuais, mas a forma como lidam com esta necessidade pode ser muito diferente.

Outro ponto destoante é que geralmente os homens são estimulados a terem maiores experiências sexuais com parceiras diferentes, enquanto para as mulheres isto pode ser mal visto, socialmente falando. É claro que é uma questão de escolha e de cultura, lembrando que cada um faz o que bem entender com o próprio corpo.

Essas diferenças podem estar ligadas à forma como aprendemos a lidar com estas questões, como por exemplo quando o menino coloca a mão no próprio órgão genial, ele faz por curiosidade, servindo para seu aprendizado, podendo ser estimulados pelos pais a continuar a fazer. Já no caso das meninas, quando faz o mesmo, proveniente da mesma curiosidade, pode ser censurada pelos pais, fazendo com que continue curiosa e até criando mais mistérios a respeito de seu próprio corpo.

3) A masturbação

Existem muitos tabus a respeito da masturbação, mas é mais aceito socialmente que homem – principalmente o adolescente – o faça e comente sobre isto com os outros adolescentes, trocando experiências a respeito do assunto e tendo um maior conhecimento de seu próprio corpo, do que as mulheres, que é mais comum que pouco falem sobre o assunto (enquanto ainda são adolescentes), sendo comum também que algumas mulheres não pratiquem da masturbação, principalmente pelos estigmas sociais.

Isto pode trazer alguns problemas a respeito da sexualidade posteriormente, principalmente em relação ao orgasmo e a própria satisfação no momento do ato sexual.

 4) A forma como lidam com as escolhas

Alguns meninos tendem a aprender a tomar grandes decisões desde pequenos, enquanto o mesmo pode não ocorrer quando se trata de meninas. Pensando a longo prazo, esta responsabilidade de ter que tomar uma grande decisão (podem ser decisões não muito importantes para um adulto, mas muito importantes para uma criança), podem fazer com que alguns meninos consigam trabalhar melhor sob pressão, enquanto por outro lado, a falta de aprendizado pelas meninas, pode fazer com que se transformem em mulheres mais inseguras, que demoram mais para tomar algumas decisões. Assim surge a ideia de que alguns homens são mais práticos enquanto algumas mulheres podem ser mais indecisas.

É claro que isto não é regra e tem se modificado ao longo do tempo, mas nos ajuda a entendermos alguns aspectos que divergem entre esses gêneros.

 5) As expectativas dos pais

Estes aspecto também diverge bastante. Os pais criam expectativas completamente diferentes quando descobrem que irão ter uma menina ou quando descobre que irão ter um menino. Cada um imagina o filho ou a filha de uma determinada maneira. Essa imaginação dos pais é “imposta” aos poucos nos filhos, que mesmo que não conscientemente tentam suprir estas expectativas geradas sobre eles.

Como as expectativas são diferentes, o modo de criação também é diferente, modificando todo o futuro da criança. Assim como irmãos gêmeos homens podem ter criações diferentes, para irmão gêmeos de sexo diferente, esta criação difere ainda mais. Mesmo sem se dar conta, estamos tentando aos poucos fazer com que as expectativas dos nossos pais sejam alcançados, transformando-nos (ou quase) naquilo que um dia eles desejaram que nos tornássemos. A vezes nem nos damos conta de que era isso que os pais desejavam. Estas expectativas tem grandes influencias na nossa vida adulta.

O que achou do artigo?

comentários

Cérebro Masculino

O Cérebro Masculino é um blog feito para ajudar as mulheres a entenderem como funciona a cabeça dos homens.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.