Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Depois de longo tempo sozinha, começamos a questionar a nossa existência. Coisas do tipo, o que vale ou não a pena estar em nossa vidas.

O filtro começa a aumentar, a boca do funil diminuir e olhamos para o lado e vemos que o mundo está rodeado de pessoas vazias, de saias que mostram até o útero, homens que ficam com 10 ao mesmo tempo e nós.

Nós, aquela pequena parcela da sociedade que admitem que querem alguém, e morreria, para encontrar uma pessoa no mesmo momento que você, com as mesmas base educacional e cultural que você, e que claro… Química e santo batessem.

O ponto é que quando amadurecemos, o rostinho bonitinho pode ser gongado em menos de 10 minutos, caso não tenha um papo bom, uma conversa inteligente e o principal, tenha real interesse em nós.

 

Oh céus Oh vida!!! O que fazer?

Minha irmã quando estava solteira vivia dizendo: – Mas onde? Onde vou encontrá-lo? No bar, na academia, no cinema, onde??? Onde encontrar um homem interessante e que seja o perfeito encaixe para esse momento da minha vida?. Naquela busca incessante de algo que tampe todos os anseios, desejos, sonhos e expectativas que estou pronta para viver. Até porque, qualquer um não serve, Claro!

Muitas de nós, as vezes por carência ou por comodidade optam por deixar a vida levar, outras chegam ao desespeiro enfiando os pés pelas mãos e no fim, todas acabam por tomar decisões ruins… daquelas lastimáveis e que impactarão por um longo tempo em suas vidas.

Pois bem, mas aí você me pergunta…  e aí? Corro para qual lado?

Eu respondo: – Se eu soubesse perfeitamente, não estaria aqui escrevendo esse texto, mas ando praticando o desapego, tentando focar em tudo menos em um relacionamento, cuidado da minha vida, dos meus momentos.

Buscando me aprimorar como mulher, amadurecendo, buscando saídas para minhas idéias loucas que me puxam para baixo diariamente. Mesmo que essas custem batalhas internas gigantescas.

Vou deixar alguns trechos de um texto que é da Martha Medeiros e chama Amor e Perseguição, e relata bem, a saga de buscar alguém:

“As pessoas ficam procurando o amor como solução para todos os seus problemas quando, na realidade, o amor é a recompensa por você ter resolvido os seus problemas”. Norman Mailer. Copiem. Decorem. Aprendam…

Amor não é medicamento. Se você está deprimido, histérico ou ansioso demais, o amor não se aproximará,e, caso o faça vai frustrar suas expectativas, porque o amor quer ser recebido com saúde e leveza,ele não suporta a idéia de ser ingerido de quatro em quatro horas, como antibiótico para combater as bactérias da solidão e da falta de auto-estima. Você já ouviu muitas vezes alguém dizer: “Quando eu menos esperava, quando eu havia desistido de procurar, o amor apareceu”. Claro, o amor não é bobo, quer ser bem tratado, por isso escolhe as pessoas que, antes de tudo, tratam bem de si mesmas …..

O amor, ao contrário do que se pensa, não tem que vir antes de tudo: antes de estabilizar a carreira profissional, antes de viajar pelo mundo, de curtir a vida. Ele não é uma garantia de que, a partir do seu surgimento, tudo o mais dará certo…..

Felizes aqueles que aprendem a administrar seus conflitos, que aceitam suas oscilações de humor, que dão o melhor de si e não se autoflagelam por causa dos erros que cometem. Felicidade é serenidade. Não tem nada a ver com piscinas, carros e muito menos com príncipes encantados. O amor é o prêmio para quem relaxa.”

 

Reflitam!!!

 

Beijos

 

Karen F.

[email protected]

 

O que achou do artigo?

comentários

Karen F.

Jornalista, pós-graduada em Comunicação pela FIA-USP. Morei em NYC por um ano e tenho uma tatuagem escrito Liberdade. Amo viajar e a independência, mas já chorei muito por ficar sozinha.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

    estou com a thaily, amor se conquisto com carinho e um olhar bem la no fundo.

    Thaily, tem toda razão…
    Quem nos dera se fosse uma batata frita…. mas não teria a mesma graça, não seria tão envolvente, tão decepcionante, tão feliz, tão delicioso….

    Amor não se procura, encontra-se…
    A gente não chega no supermercado, surpreende-se com o amor na prateleira e lembra que está sem aquilo em casa, ou o encontra em algum cardápio de um bar e o pede para o garçom junto com um chope e uma porção de batata frita.
    Nunca ninguém coloca uma roupa bonita, passa o melhor dos perfumes e sai disposta a encontrar a pessoa da sua vida, afinal ele não está em nenhuma loja de shopping esperando você entrar e pedir para a vendedora embrulhá-lo para presente.
    O amor não está à disposição no supermercado, no barzinho ou no shopping, mas ele pode está por aí… disfarçado, escondido, se fazendo de difícil…
    E geralmente, ele é tão sacana que surge quando você está com a pior roupa, com os cabelos alvoroçados, sem perfume e às duas da tarde de uma segunda-feira despretensiosa… rsrs
    É… esse tal de amor é complicado de achar e até quando a gente tem certeza de que encontrou, ele pode desaparecer de uma hora para a outra, sem explicar o por quê… vai entender… deve ser porque o amor não é feito pra entender mesmo, e sim pra sentir…

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.