Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Assim como amigos e amigas se reúnem em grupo para “bolar” uma fantasia, muitos casais, que gostam de se divertir juntos, nesse tempo de folia, não perdem tempo para escolher uma fantasia divertida que simbolize essa afinidade entre eles. Vejamos cinco dicas para os apaixonados caírem nessa grande festa:

-Chave e fechadura

chave e fechadura

Original e engraçada essa dupla fará sucesso em qualquer lugar que passe…  Exceto, se o espertinho quiser dar uma de chave mestra,  enquanto vai ao banheiro, ou, a espertinha for uma fechadura “abre fácil”, enquanto o espera

-Batman e Batgirl

fantasia batman-pronta

Super heróis nunca saem de moda. Principalmente, o homem morcego que é o personagem dos quadrinhos que mais encenou séries e longas metragens em toda a história. A cor, o modelo e textura da roupa de ambos refresca os olhos e atiça a mente. Por isso, ela, também, pode ser usada para apimentar o momento pós-folia.

-Fred e Wilma

fantasia-fred-pronta

Os Flintstones foi a primeira e mais duradoura série de comédia animada de todos os tempos. Não é à toa que o casal mais conhecido de Bedrock nunca sai de moda quando o assunto é fantasia de carnaval. Além de serem trajes simples, que não apertam e não contribuem para elevação da temperatura corporal, são estratégicos para “um momento rápido de mais intimidade”.


-Médico e Enfermeira

medico-pronta

Essa parceria que dá certo nos plantões dos hospitais Brasil a fora, é reproduzida com o mesmo sucesso pelo carnaval do país. Esses personagens de corações nobres e generosos sempre  mostraram seu altruísmo pelas ruas, becos e salões da folia de momo. Agora,  estão juntos. “cuidando” um do outro até que um(a) paciente os separem.

-Presidiários

presidiários

Essa dupla da pesada, trajando roupas simples e “frescas”, que são ideias para momentos de muita agitação, não dispensa nenhuma atividade subversiva e costuma “tocar o terror” tanto dentro do bailes, quanto fora deles, principalmente, fazendo bom uso das algemas nos momentos íntimos.

Pedro Ivo Genú

 

O que achou do artigo?

comentários

Pedro Ivo Genú

Empresário, administrador, jurista e escritor. Adora filosofia, psicologia, história e musculação. Crê que o "caminho da vida" é a busca da evolução perpétua. Escreve e responde dúvidas sobre os mais variados assuntos.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

    AIII ADOREIIII….

    AIII ADOREIIII….

    criativo adorei.

    A alegria deve ser autopoietica, ou seja, deve emanar do propio individuo, sem depender de agentes externos.
    Isso sim e o caminho para a felicidade extrema.

    OBS: Teclado sem acento.

    De fato como num enredo já muito cantado, "O carnaval é a maior caricatura… Na folia o povo esquece a amargura!" E é isso mesmo! Um desenho que exalta traços marcantes, no caso, do carnaval exalta=se a liberdade de "ser", "ter" e "fazer". As pessoas sentem-se livres para SER aquilo que seu imaginário propõe, TER seus desejos massageados pelo que bebem, falam e veem e acabam por FAZER muitas coisas que não fariam, de modo algum, publicamente nem sem a influência do álcool, amigos, drogas euforia… Esquecer as amarguras nestes cinco dias com tantos ingredientes bombásticos a somar, pode desembocar num turbilhão de consequências, muitas delas, irreparáveis! E muita dor de cabeça… A ressaca que chega junto com a realidade da vida que logo precisa ser retomada. Vemos cidades em desespero por causa da violência repetida e crescente, num Brasil de impunidade e que muitas vezes também parece-nos cantar:"Tô nem aí, tô nem aí…"
    Mas ainda assim, todo o "cenário" é armado e mais tarde contabiliza-se a realidade da tal Folia. Nada disto me é suposto, pois já vivi carnaval até o Grande Dia, sem folia… Descobri que a felicidade extrema me fora, há muito, garantida! Desde então JESUS é o motivo da minha ALEGRIA! E esta é uma nova canção…

    Elaine Rodrigues.

    De fato como num enredo já muito cantado, "O carnaval é a maior caricatura… Na folia o povo esquece a amargura!" E é isso mesmo! Um desenho que exalta traços marcantes, no caso, do carnaval exalta=se a liberdade de "ser", "ter" e "fazer". As pessoas sentem-se livres para SER aquilo que seu imaginário propõe, TER seus desejos massageados pelo que bebem, falam e veem e acabam por FAZER muitas coisas que não fariam, de modo algum, publicamente nem sem a influência do álcool, amigos, drogas euforia… Esquecer as amarguras nestes cinco dias com tantos ingredientes bombásticos a somar, pode desembocar num turbilhão de consequências, muitas delas, irreparáveis! E muita dor de cabeça… A ressaca que chega junto com a realidade da vida que logo precisa ser retomada. Vemos cidades em desespero por causa da violência repetida e crescente, num Brasil de impunidade e que muitas vezes também parece-nos cantar:"Tô nem aí, tô nem aí…"
    Mas ainda assim, todo o "cenário" é armado e mais tarde contabiliza-se a realidade da tal Folia. Nada disto me é suposto, pois já vivi carnaval até o Grande Dia, sem folia… Descobri que a felicidade extrema me fora, há muito, garantida! Esta é a razão da minha alegria!!!

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.