Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

mulher

Estou ficando com esse rapaz faz seis meses. Durante esse tempo, moramos juntos por dois meses em NYC. Na minha cabeça, sempre achei que estávamos namorando, mas, quando fui questionar nossa situação, recebi a pior resposta. Ele disse que nunca havia pensado sobre o assunto, e, como havia terminado um namoro e logo em seguida começado a ficar comigo, não queria emendar um namoro ao outro.

Questionei se ele então não gostava de mim, ele disse que muito pelo contrário, o problema era que ele havia tido um péssimo relacionamento. Foram quatro anos horríveis, onde nem ele nem ela conseguiam terminar. Ele ainda disse que o problema não era meu, e que ele não queria que eu passasse por isso, se desculpou… O próprio disse que era um “bundão” e por medo de machucar a garota, não conseguia fazer o que queria.

Disse que estava numa situação péssima na cabeça no momento, mas depois de conversarmos, ele disse: “ok, pode ficar com o rotulo”, ou seja, vamos namorar. Porém, senti que ele não estava fazendo o que queria, e que, novamente, estava com pena de quebrar um coração, no caso o meu. Porém, obviamente, quebrou, pois estou me sentindo um lixo. Agora a minha duvida é se ele, realmente, tem problemas com relacionamento, ou se está brincando comigo.

Será que devo acabar com o mal pela raiz e terminar isso logo antes que eu me machuque mais, ou dar uma chance para ele?


O mal do “pensar que está namorando” é algo que, no mundo atual, afeta homens e mulheres. Contudo, estas padecem em maior número dessa enfermidade. Apesar de não ser necessário ter uma mente privilegiada para vislumbrar sua cura, dia após dia, inúmeras mulheres sofrem ou se iludem com a “situação de seu relacionamento”.

Um das características que nos diferenciam dos animais é nossa linguagem articulada, que, em síntese, é a capacidade que temos de expressar qualquer pensamento ou sentimento. Porém, parece que nesse caso ela caiu em desuso. De modo grosseiro, damos chances para sofrermos infortúnios, quando deixamos o diálogo de lado e começamos a materializar em nosso imaginário nossas pretensões como se fossem algo real.

Sei que muitas vezes os fatos dão indícios de que aquilo que queremos está, realmente, acontecendo. Porém, se temos a capacidade e a facilidade de traduzir isso em palavras, que não abrem brechas para mal entendidos, porque não fazer?

Em nossa sociedade, na maioria dos casos, não se tem nem a certeza da veracidade absoluta daquilo que se fala, quanto mais do que se cala, do que se deixa no ar, daquilo que fica subentendido. Portanto, acredito que, tanto homens quanto mulheres só deveriam sentir que estão assumindo um compromisso de namoro quando este fosse, explicitamente, expresso por meio de palavras.

No seu caso específico, cara leitora, fica claro que ele terminou assumindo um relacionamento sem querer, não por pena de você, mas sim porque ele não soube por fim a conversa quando deveria, não aguentou a sua encheção de saco e terminou sucumbindo a sua vontade. Quer queira quer não, agora, vocês estão namorando. Não seria inteligente abandonar o barco nesse momento, mas sim, “esquecer” esse episódio e esforçar-se para viver um ótimo namoro. Em síntese, agora que conseguiu o que queria, mesmo que de uma forma não muito legal, não desista antes de tentar seguir em frente. Pois, você não tem motivos relevantes para renunciar esse relacionamento.

Pedro Ivo Genú

O que achou do artigo?

comentários

Pedro Ivo Genú

Empresário, administrador, jurista e escritor. Adora filosofia, psicologia, história e musculação. Crê que o "caminho da vida" é a busca da evolução perpétua. Escreve e responde dúvidas sobre os mais variados assuntos.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

    Cris;
    Concordo com tudo. Exceto com sua última frase. Pois, namorando ele(a) está com você e, por ter assumido um compromisso, caso seja necessário, você tem o direito de fazer cobranças. Já, ficando ele(a) está com você e pode estar com toda a torcida do flamengo, sem que você tenha direito de falar nada…

    Namorar e ficar são termos muito relativos em uma relação. Muitas vezes, o 'ficar' de alguns casais tem mais envolvimento do que o estar 'namorando' de outros. O importante é a sintonia entre os dois, se vai levar a um compromisso mais sério, só o tempo vai dizer. O importante é que não haja muitas cobranças, ou vai afastar a pessoa que você quer como namorado ou namorada. Deixar rolar e curtir bons momentos juntos é mais legal do que se preocupar se é um compromisso sério ou não. Afinal é com você que ele (a) está.

    Nossa, amei! Passei por isso e quando percebi que não dava mais pé para mim essa coisa de ficar sem "verbalizar" o que estavamos tendo resolvi deixar de lado… Mas, pelo contrário, fiquei sabendo depois que para ele estávamos namorando. Mas isso não basta, se não fala diretamente não é fato para mim! Ainda bem que estava na direção certa rsrsr

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.