Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Ménage a 3-1

Sexo Márcio Oliveira

Meu nome é M., é com muitas lagrímas nos olhos que escrevo esse email. No mês de setembro de 2012 eu e meu marido conversávamos sobre fantasias sexuais. Somos casados há 05 anos e temos 09 anos de tres-1relacionamento. Descobri que meu marido tinha a fantasia de fazer um ménage feminino. Eu topei e começamos a procurar uma pessoa. Conhecemos uma garota de 20 anos (eu tenho 29) simpática e do mesmo porte físico do meu, conversamos e marcamos a ida a um motel, foi maravilhoso realmente realizei a minha fantasia também, até ai tava mil maravilhas.

Só que não paramos, ficamos nos relacionando com essa garota por 01 mês e meio, até que um dia meu coração mandou PARAR.

Conversei com ele, terminei a relação e daí por diante começou o meu calvário, meu marido mudou demais. Ele nunca foi um cara romântico, mas era carinhoso e parou de ser.

Ontem dia 23/01/2013 em uma conversa franca e sincera pedi a ele que me contasse o que estava acontecendo porque ele mudou tanto.

E ai veio a resposta: Ele me disse que estava gostando da garota do ménage. Dr., meu mundo caiu, era isso o que eu mais temia, eu nunca imaginei que o MEU marido pudesse gostar de outra.

Ele disse que ta gostando dela, mas como não temos mais contato, que o sentimento esta diminuindo porque com palavras dele “eu não posso gostar de algo que eu não tenho.”

DR., A CULPA ESTÁ ME MATANDO porque eu tinha um relacionamento maravilhoso, e se eu soubesse que isso iria acontecer eu jamais teria feito.

Fui bem clara com ele ontem, e disse que vou ter que reconquistá-lo, perguntei a ele se quer continuar com o nosso casamento e ele disse que sim. Doutor, desde ontem eu não como, não durmo, parece que arrancaram meu coração fora, não paro de chorar e de lembrar dele me falando que gosta dela. Estou com ódio de mim e da minha atitude, aonde só quis visar o bem da nossa relação (somente realizar uma fantasia só isso).

Me ajude Dr, to desesperada.

Olá M.,

Sendo bem objetivo e sucinto, Ménage é uma expressão que originalmente significava moradia a três, mas que depois foi adotada para dizer respeito a um relacionamento sexual a três.

Bom, tendo um casal e imaginando a questão de uma moradia a três, certamente haveriam momentos de invasão de privacidade, onde certamente o “terceiro” sobraria em determinados momentos, quando esse não é incluído na relação do suposto casal.

Há quem diga que isso possa ser viável e realmente tem casais que são formados por três pessoas, mas não duas. Acontece que em um ménage a situação não é essa. Ele está estritamente voltado para uma relação sexual, e quando alguns cuidados não são tomados, o perigo de alguém sair magoado dessa história é mais que presente.

Eu diria, assim como outros veículos de comunicação e casais já disseram sobre isso, que o mandamento número um para que o ménage seja proveitoso é:  “Sem envolvimento”.

É fundamental que certas regras sejam estabelecidas. É claro que isso não isenta o fato de que mesmo assim, alguém ainda possa sair magoado dessa história, mas já são coisas que contribuem para manter a estabilidade do casal. Outra coisa, o casal tem que ser muito bem resolvido sexualmente para dar abertura à outra pessoa e ao acontecer, isso deve ser feito de maneira pontual, senão vira relacionamento a três e não sexo a três.

Outro elemento importante é que tudo o que vai acontecer deve ser combinado antes. Vai ter sexo anal? Vai ter beijo na boca? Vai ter esfregação de todo mundo, com todo mundo? Bom, interatividade entre os três é algo importante para que haja sucesso no ocorrido.

No seu caso é nítido que você dançou nessa (me desculpe a sinceridade), porque passou de um sexo a três descompromissado a um relacionamento a três. Percebendo isso de maneira sabia, mas um tanto tardia, você pediu pra sair. Só que o tal maridão sentiu falta da tal terceira e ai as coisas complicaram.

Você também deveria propor intercalar esse ménage com um masculino, porque afinal de contas todos tem o direito de gozar com a fantasia não é mesmo? Se ele pode, por que você não poderia tentar isso também com um terceiro sendo homem? Porque se você é hetero, creio que um pinto seria algo atraente também.

Voltando ao seu problema, em hipótese alguma o sentimento de culpa lhe ajudaria em alguma coisa, você tinha como prever o que viria depois? Claro que não. Poderia ter tomado alguns cuidados? Claro que sim, mas isso dizia repeito ao casal que não estava tão bem preparado para realizar uma fantasia como essa.

Agora me fala uma coisa, você realiza a fantasia dele, mais de uma vez, ele fica no lucro com duas mulheres, deve ter gozado pra “caralho” e você ainda tem que conquistá-lo de novo? Não entendi essa. Creio que você deve sentir-se valorizada como mulher e jogar pra ele a responsabilidade de estar em um relacionamento, ou seja, se ele quer estar com você, que comece a assumir isso e gostar da mulher que está ao lado, caso contrário, a porta da casa é logo ali.

Até mais!!

 

O que achou do artigo?

comentários

Márcio Oliveira

Psicólogo, consultor de relacionamentos e quase Mestre pela USP-SP. Meio NERD, completo romântico, mas não abre mão de um intenso beijo na boca e um alinhamento entre coração, corpo e mente.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

    Uhhhh Cararca!!!!

    Estréia em grande estilo!

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.