Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Motive-se e Cresça

Dicas Pedro Ivo Genú

motivada
Deter o controle, dominar, domar, governar, reger, imperar sobre suas emoções é uma guerra perpétua travada pelo ser humano consigo, onde não se vence todas as batalhas. Porém, uma pessoa de sucesso é aquela que ao longo da vida coleciona um número infinitamente maior de triunfos nesses combates.

Abater esses conflitos, nem de longe, significa não sentir, experimentar ou vivenciar esses sentimentos, ou seja, na grande maioria das vezes, não temos controle da parte da nossa mente que gera as emoções, mas sim da seção que as processa depois de concebidas. Portanto, é necessária uma grande dose de controle emocional para não sucumbir ao calor dos acontecimentos e deixarmos que nossos atos sejam dominados pelas emoções, que, na maioria das vezes, destroem nossa postura centrada e dificultam nossa jornada na obtenção de nossas pretensões.

Não obstante, podemos nos beneficiar dessa incapacidade de conter nossa geração de emoções. Podemos despertar ótimos “gatilhos emocionais” por aquilo que vemos, ouvimos, cheiramos, saboreamos e sentimos pelo tato, ou seja, nossos cinco sentidos são os responsáveis pela nossa interação e percepção de mundo e, consequentemente, estão diretamente ligados a nossa geração de sentimentos e emoções.

Não só o que você vê e ouve, tem a capacidade de mexer com sua mente, mas também, cheiros, sabores e toques podem ser fatos geradores de emoções das quais, muitas vezes, você não sabe explicar. As emoções despertadas pelos sentidos que não sejam a audição e a visão é algo muito pessoal e não cabe entrar em mais detalhes sobre elas. Convém, apenas, ressalvar sua existência para que cada um possa identificá-las e utilizá-las a seu favor. No mais, o ser humano pode se favorecer, bastante, de inúmeras formas, da impossibilidade de controlar a geração de emoções provenientes dos sentidos da audição e visão.


É ai que entra o que chamamos de motivação extrínseca, que é aquela gerada pelo ambiente, ou seja, captada pelos sentidos. É certo que uma pessoa mentalmente saudável possui uma grande capacidade para se automotivar, ou seja, de gerar, fomentar excelentes emoções que auxiliam inúmeras ações durante sua existência. Contudo, por sermos seres vivos muito complexos, podemos ter momentos ou áreas da nossa vida, nas quais nossa força interior precise de um auxílio externo e não há nenhum problema em recorrer a ele. Pois, só os tolos dispensam a utilização de meios para alargar seu desenvolvimento e enobrecer suas ações.

É muito importante ter motivação para estudar, para fazer exercícios físicos, para trabalhar, manter relacionamentos etc… Não é à toa que palestrantes motivacionais são contratados por inúmeras grandes empresas para conferenciar aos seus colaboradores; muitas áreas de várias organizações, principalmente a de vendas, começam o dia com uma reunião motivacional; inúmeras academias possuem fotos de pessoas com excelente “shape” em suas paredes, ou, as mais modernas mostram vídeos em telões espalhados pelo ginásio. Esses são pequenos exemplos de como pode se dar essa motivação de origem externa, que faz com sejam geradas emoções proativas em nosso ser.

Como você não tem quase nenhum poder sobre a seção cerebral que gera as emoções, você termina, apenas, pelo estímulo despertado pelos sentidos, sendo “motivado”, mesmo sem estar inteiramente focado naquele determinado procedimento. Há uma grande diferença em se motivar e fazer, realmente, algo. Porém, acredito que quando se busca essa motivação externa é porque há uma grande vontade que aquilo seja feito.

Por isso, tenha a sensibilidade de olhar ao seu redor e enxergar aquilo que você quer e o que te motiva a conseguir. E, a partir daí, se automotive e faça bom uso dos inúmeros recursos externos de motivação. Seu desenvolvimento pessoal só tem a agradecer.

Pedro Ivo Genú

 

O que achou do artigo?

comentários

Pedro Ivo Genú

Empresário, administrador, jurista e escritor. Adora filosofia, psicologia, história e musculação. Crê que o "caminho da vida" é a busca da evolução perpétua. Escreve e responde dúvidas sobre os mais variados assuntos.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.