Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Os estágios de um relacionamento

Os relacionamentos, assim como a vida, possuem estágios que se modificam de acordo com tempo e com o amadurecimento de seus integrantes. O conhecimento de alguns destes estágios pode servir como prevenção de alguns problemas que possam ocorrer, podendo servir também para que o casal consiga perceber em qual momento do relacionamento estão passando.

Neste texto iremos intercalar alguns estágios da vida com alguns estágios do relacionamento para que fiquem claras as mudanças que ocorrem ao longo do tempo. Alguns estágios podem ocorrer em ordem diferentes, mas vão acontecendo de acordo com o desenvolvimento do relacionamento.

Os relacionamentos podem chegar ao fim quando um dos integrantes não está preparado para a mudança de estágio. Assim como eles podem ficar presos ao estágio anterior, não realizando as mudanças necessárias para que o relacionamento perdure, já que os estágios aparecem de acordo com a demanda da vida pessoa dos integrantes.

1. Estágio inicial

O estágio inicial no relacionamento é aquele no qual os integrantes vão se conhecendo e iniciando a relação. Geralmente é o momento em que a paixão está mais forte e o prazer é muito frequente. Pode-se dizer que a relação começa necessariamente neste estágio, pois os integrantes vão se conhecendo como parceiros amorosos, mesmo se já existia uma amizade anteriormente. O tempo de duração deste estágio depende do nível de intimidade que os integrantes vão adquirindo e do crescimento da relação em si.

2. Estágio de aquisição

Este estágio ocorre concomitantemente com o estágio inicial e vai se prolongando. É o estágio em que vão se adquirindo novos hábitos como casal (o próprio fato de começar um relacionamento já é um aquisição). Novos costumes e maneiras vão aparecendo nessa fase devido à troca de experiência entre o casal. Os integrantes começam a se adaptar um ao outro de acordo as experiências trocadas e de seus costumes, melhorando, assim, o convívio entre os mesmos. Com o tempo estas maneiras e costumes vão se modificando. Um dos integrantes pode ficar preso nos costumes passados trazendo problemas para a relação a longo prazo.

É neste estágio também que ocorre a vinda dos filhos, que pode acontecer a qualquer momento da relação. Sempre que ocorre o estágio de aquisição, significa que está ocorrendo uma modificação em algum aspecto da vida do casal.

3. Estágio de identificação

Quando o casal atinge este estágio, significa que já estão juntos há muito tempo, de forma que começam a se identificarem tanto como casal, quanto como  indivíduos particulares.

Neste momento os integrantes do relacionamento percebem que existem tanto em um relacionamento quando sem ele. O casal já criou a sua própria personalidade – que é uma junção da personalidade dos integrantes do casal. Neste estágio a diferenciação da personalidade pessoal com a do casal já está clara para seus integrantes

4. Estágio de aquisição de filhos

Os filhos estão na fase de aquisição, mas a mudança pode ser tão significativa neste momento que merece um tópico próprio. A chegada do filho para o casal significa uma grande mudança em suas vidas. Neste momento o casal deixa de ser uma díade para transformar-se em uma tríade. Os integrantes do relacionamento passam a ser pai e mãe.

O maior problema (falando em relação) é que neste momento os integrantes podem deixar de se enxergar como antes e passar a pensar em si próprios apenas como pai e mãe. Esta mudança pode se desgastar com o tempo, pois nesse momento o filho é colocado acima da relação.

5. Estágio de maturação

Este é o estagio em que ocorre o amadurecimento. Com o passar do tempo, a identidade do casal já foi construída, desconstruída e reconstruída novamente. Os filhos já estão mais crescidos e o casal já se vê estabilizado tanto na vida como quanto casal.

O casal maduro não necessariamente significa que estão estagnados, mas pode significar que o casal já aceitou o novo modo de viver e pretende continuar desta forma.

6. Estágio de envelhecimento ou estágio “final”

Este é o estágio em que os filhos do casal já cresceram e mudaram-se de casa. Geralmente é o momento em que o casal volta a ficar à sós com uma idade já avançada.

Neste momento o casal pode não ter mais uma relação ou simplesmente um voltar-se para o outro e retomarem a relação que um dia já tiveram. Com tantos anos cuidando de outros aspectos da vida e deixando a relação em segundo plano, pode ser difícil retomar a mesma de antes. Neste estágio, que levará ao final da vida, o nível de amadurecimento do casal será o que dirá se existirá ainda um relacionamento ou não – mesmo se não houver separação pode não existir um relacionamento.

 

Estes são alguns estágios importantes na vida do casal. Pensar sobre as mudanças que possam ocorrer ao longo do tempo em um relacionamento é estar aberto às novas formas de relacionar-se e ir se preparando para as mudanças futuras. Todos os estágios de um relacionamento têm seus pontos negativos e positivos e cabe ao casal encontrar um equilíbrio entre eles para que a relação continue sendo saudável independente do estágio que esteja passando.

O que achou do artigo?

comentários

Cérebro Masculino

O Cérebro Masculino é um blog feito para ajudar as mulheres a entenderem como funciona a cabeça dos homens.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.