Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Entenda a relação dos homens com o sexo

A forma como os homens lidam com o sexo difere da forma como as mulheres o fazem. Existe ainda uma diferença entre os próprios homens em como aprenderam a lidar com o tema, mas em sua maioria a forma como os homens lidam com o sexo se assemelha muito, apesar da peculiaridade de cada um.

Para entender como os homens lidam com o tema precisamos refletir sobre vários aspectos, tanto de sua criação, como a forma que lidam com o prazer e com o próprio sexo. Por isso separei alguns temas essenciais para esclarecer a relação dos homens com o sexo, a fim de entender por que eles gostam tanto assim de sexo.

Antes de iniciar a explicação é importante ressaltar que esse artigo deve ser lido livre de preconceitos e julgamentos, tendo em mente que a maioria das etapas faz parte do desenvolvimento de cada um e da forma como aprenderam a perceber o mundo. Isso não significa que um é melhor do que o outro. São apenas maneiras de entender a própria vida. Dito isso, vamos às reflexões:

1) O aprendizado do homem em relação ao tema

O homem tende a lidar com o sexo de uma forma muito natural, que desde que começa a aprender sobre o tema, ele é visto como uma forma de ter prazer e não como uma forma de reprodução. Muitas vezes o aprendizado do menino a respeito do sexo se dá quando ainda é novo, por meio de outros amigos, que sabem tanto quanto ele a respeito do tema. Através de brincadeiras e piadas o tema sexo vai sendo introduzido na vida dos homens.

Infelizmente ainda existe um tabu e divergência de opiniões a respeito do ensino da educação sexual nas escolas. Lembrando que educação sexual diz respeito a ensinar sobre o sistema reprodutor, o entendimento do próprio corpo e das questões desenvolvimentais, assim como da prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e não somente sobre sexo, como alguns podem pensar.

Por falta de informação, por omissão de alguns pais, o menino acaba absorvendo apenas algumas informações a respeito do tema. Atualmente a internet também serve para pesquisar sobre esse tema. A curiosidade é algo natural, principalmente por um tema que os adultos evitam comentar.

Portanto o homem acaba aprendendo alguns conceitos errôneos à respeito do sexo que podem acompanha-lo ao longo de sua vida, e vai aprendendo  e desenvolvendo a medida em que realmente pratica o que é aprendido.

2) O incentivo ao sexo

Diferentemente da menina, o menino muitas vezes escuta de outros colegas e até mesmo de adultos que ele pode e até mesmo deve transar com as mulheres, quantas e como quiser. Isso é feito através de comentários e piadas, que para a criança pode ser visto como uma verdade.

Os adultos, principalmente os homens, tendem a ensinar para o menino que ele deve tornar-se um “predador”, como se ele fosse a caçador e a mulher a caça. Tendo que conquista-la a fim de conseguir o sexo. Por outro lado, a menina aprende que deve guardar-se para seu marido ou para quem ela ama. Para os meninos, comumente o tema amor é separado do tema sexo.

Isso já faz com que ele comece a separar as coisas. Podemos imaginar então que os meninos geralmente são mais incentivados a transar do que as meninas, claro que esse incentivo é voltado para o futuro. Podemos perceber isso com frases como “Quando ele crescer ele vai ser um pegador” ou “Vai chover mulher para esse garoto” e assim por diante.

Isso ocorre em um momento em que a criança ainda está se estruturando, fazendo com que tome isso como verdade, querendo até mesmo que isso se realize. Portanto, ter várias parceiras e transar com muitas mulheres pode ser visto como algo comum ao homem desde cedo.

3) A separação dos temas amor e sexo

Muitas pessoas afirmam que o homem consegue separar melhor o sexo do amor, que alguns homens tem maior facilidade em transar sem estar amando e que para algumas mulheres isso pode ser mais difícil.

Atualmente na contemporaneidade isso já não é mais tão discutido, principalmente pelas mulheres estarem tendo tantas relações sexuais quanto os homens. Mas mesmo assim devemos levar isso em consideração.

Como já comentei, as meninas são geralmente educadas para transar por amor ou até mesmo para se resguardarem para seus maridos (sim, isso ainda existe), enquanto os homens aprendem os temas amor e sexo de forma diferente. Isso faz com que alguns homens entendam que o sexo não está vinculado diretamente ao amor. Ou seja, para alguns homens o amor leva ao sexo, mas não necessariamente o sexo leva ao amor.

4) A crença de que devem ser bom de cama

Além do aprendizado de que está tudo bem em ter várias parceiras sexuais, outro aprendizado constante na vida do menino (que também pode leva-lo a buscar várias parceiras) é que o homem deve saber mais sobre sexo e ter mais experiência na cama do que a mulher.

Isso para o menino pode ser assustador e trazer o desejo, já na adolescência, de conseguir mais e mais experiência sexual, ou seja, transar com várias mulheres, para que se tornem “experientes”, pois caso contrário acreditam que irão decepcionar.

Essa crença de que o homem deve ser bom de cama sempre, pode trazer alguns problemas para os homens relacionado ao tema. Mesmo na primeira vez alguns homens mentem para fingir já ter experiência com o tema, podendo fazer com que o momento torne-se muito mais ansiolítico do que já é. Existe ainda a mentira relacionada a ser ou não virgem.

Para alguns adolescentes, principalmente para os homens, o ser virgem é visto como algo vergonhoso, o que pode levá-los a mentir sobre o tema. Já para as meninas o ser virgem pode ser visto como algo comum, como se estivessem esperando a hora certa, ou fossem “puras”.

O ser bom de cama para alguns homens pode estar vinculado portanto a quantidade de parceiras sexuais que tiveram, mas isso não é necessariamente verdade. A experiência sexual acontece na qualidade do sexo e não necessariamente na quantidade, mas alguns homens demoram para entender isso.

5) A iniciação sexual precoce

Atualmente isso ocorre tanto para os homens quanto para as mulheres, mas ainda é um tema mais comum aos homens. Por serem incentivados a ter relações sexuais com várias parceiras e acreditarem que devem ser bons de cama, alguns homens buscam o quanto antes a experiência sexual.

Por um lado essa busca acontece para que possam comunicar aos outros que não são mais virgens e por outro lado serve para que afirmem que eles já possuem experiências no tema. Para que assim possam afirmar que são bons de cama.

Essa iniciação sexual precoce, portanto está vinculada diretamente ao aprendizado e até mesmo aos incentivos que o homem tem em relação ao outro. Essa iniciação está acontecendo cada vez mais cedo.

6) A teoria do prazer imediato

O sexo é visto como uma grande fonte de prazer. Atualmente, tanto os homens quanto as mulheres sentem a necessidade de sentir prazer o tempo todo.

Para os homens, o ápice do prazer é realmente o sexo, enquanto para algumas mulheres podem existir outras coisas que trazem tanto ou mais prazer do que o transar. Na verdade existem, tanto para os homens quanto para as mulheres, muitas coisas que trazem tanto prazer quanto o sexo, mas nos homens o sexo é eleito como a sua maior fonte de prazer.

Por conseguir separar o sexo do amor com maior facilidade e ver o sexo como uma grande fonte de prazer, os homens acabam buscando esse prazer quase que diariamente.

Seja com uma parceira fixa ou não. Dessa forma alguns homens acabam pensando e buscando o sexo com grande frequência. Alguns homens com o tempo acabam ficando viciados no ato sexual, mesmo que não traga tanto prazer assim.

7) Os hormônios sexuais

Os hormônios sexuais masculinos também influenciam para que o homem sinta muito prazer no sexo e busque por ele a todo momento. A vontade de fazer sexo está ligada diretamente à testosterona produzida em maior quantidade pelo homem. A explosão de hormônios na adolescência contribui por essa busca incessante de prazer.

Ao conciliarmos as crenças (aprendidas dos homens) a respeito do tema, com a quantidade de hormônios sexuais produzidos, podemos imaginar que a relação dele com o sexo fica muito intensa para a satisfação dos desejos libidinais, seja com alguém que ele tenha algum sentimento ou simplesmente para satisfazer seus desejos.

8)Mas então o homem gosta mais de sexo do que as mulheres?

Não podemos mensurar quem gosta mais de sexo, mas podemos imaginar como é a relação de cada um com o sexo e como isso influencia na vida de cada um. O aprendizado a respeito do tema é fundamental para os comportamentos futuros e a busca do sexo. Esse aprendizado acontece de maneira diferente para cada um.

Dessa forma podemos afirmar então que alguns homens gostam e praticam mais sexo do que as mulheres, da mesma forma que podemos encontrar algumas mulheres que gostam e praticam mais sexo do que alguns homens.

É importante que pensemos no tema como algo comum e tentemos entender o significado e até mesmo a motivação de cada um a respeito do mesmo. A busca por prazer é algo intrínseco ao ser humano, seja no prazer por sexo ou pela comida e assim por diante.

Precisamos ter em mente que tudo deve ser controlado e limitado para que não se torne patológico. Entender a relação de cada um com o tema é deixar de ter preconceitos e começar a entender tanto o outro como a nós mesmos.

O que achou do artigo?

comentários

Cérebro Masculino

O Cérebro Masculino é um blog feito para ajudar as mulheres a entenderem como funciona a cabeça dos homens.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.