Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Prince Holding Flowers

No começo é tudo uma maravilha.

Ele vai te ligar ou mandar mensagem (Whatsapp para os dias atuais) pra te desejar bom dia, boa tarde, boa noite, boa aula, bom dentista, boa manicure, bom catecismo e qualquer outra atividade que você for fazer.

Bar com os amigos? Jogo da final do campeonato? Feira de quadrinhos, carros ou videogame? Não vai ter pra ninguém! Ele só vai querer ficar com uma pessoa, que é você!

Ele vai te levar para jantar em lugares requintados, barzinhos descolados e por mais que ele não goste ou não leve jeito para dançar, ele vai se requebrar com você nas pistas.

Ele vai fazer de tudo, mas tudo para agradar você!

Mas passados quatro meses ocorrerá um fenômeno muito comum nos relacionamentos, conhecido popularmente como Esfriamento do Namoro (do latim Esfriamentus de Namorus).

Características comuns desse fenômeno:

  • Aversão total a conversas ao telefone, mensagens SMS e Whatsapp;
  • Encontros imperdíveis com os amigos todas as sextas-feiras à noite;
  • Sentir moleza ao pensar em sair de casa, principalmente se for para jantar, ir a um barzinho, chá de bebê da amiga, bingo da igreja ou bodas de arame dos tios;
  • Conformação total sem nenhuma lamentação ao saber que não vai te ver por mais de sete dias;
  • O botão do fod*-se começa a ser acionado.

Aí fica a dúvida:

Por que tudo muda depois dos quatro meses?

Dá vontade de chegar para o sujeito no 119º dia de namoro e falar assim:

“Pois é meu bem, foi muito bom esses quase quatro meses que ficamos juntos, mas é melhor a gente terminar por aqui. A partir de amanhã, você vai relaxar totalmente com o nosso relacionamento, porque você já está muito seguro de que conquistou o seu território, e a partir de agora vai me tratar com indiferença. Eu quero mais é continuar a ficar nas nuvens, me sentindo amada, desejada e poderosa! Portanto, vou procurar outro que me coloque em um pedestal por mais quatro meses”!

Aí eu fico pensando, quem está errado?

Não quero dar uma de namorada sinistra, mas fica aqui o meu apelo:

Nós só queremos continuar recebendo a mesma atenção que tivemos do início do namoro!

 


Resposta por Alexandre Chollet

Esse é um problema que assombra a grande maioria dos casais, mas que é bem simples de ser resolvido. Como você falou, no começo o casal é aquele “grude” todo e depois o homem não é mais o mesmo, começa a querer fazer outras coisas.

Vamos explicar de maneira bem simples. Quando vocês começaram o relacionamento, tudo era novo – sério? – e todos sabemos que novidades nos atraem. É como quando um homem compra um videogame novo: de início ele não vai querer desgrudar do console, mas depois de um tempo, vai ficar acumulando poeira em um canto. Claro que não podemos comparar uma namorada a um videogame – pois o videogame não reclama, cobra, nem fica com ciúmes =D  -, mas na teoria de novidade, são semelhantes.

No começo do namoro, tudo era novo: o seu beijo, sexo, programas, companhias e, com isso, ele se dedicou integralmente a você, deixando os amigos de lado para ficar contigo. Quando a novidade acaba, o homem ainda gosta de tudo isso com a namorada, mas sente falta de da sua vida como um indivíduo (quando falo curtir, em momento algum me refiro a balada ou farra). Não esqueça que antes de ser seu namorado, ele é um ser humano que tem amigos, vontades, trabalho, hobbies e responsabilidades e provavelmente deixou tudo para segundo plano, pois você foi sua prioridade.

Agora é a hora dele – e de você também! – voltar a ter uma vida normal e reorganizar as coisas que importam – e sim, o namoro é uma delas, mas não a única – , então terá menos tempo para você (e você para ele). E é completamente normal que o casal continue vendo os amigos e agindo como pessoas e não como casal. Claro que não vai pra uma balada ou strip club, mas programas saudáveis são recomendadíssimos, se feitos com moderação. E isso vai ajudar até o relacionamento a melhorar.

Fora o fato de que no começo, existia toda aquele processo chamado conquista, que é quando damos o nosso melhor para conseguir que a outra pessoa nos suporte e queira ficar conosco. Depois disso feito, a tendência natural é relaxar. Ou vai dizer que você ainda se arruma pra ele como fazia nas primeiras saídas? Ou será que pode deixar de usar algo que ele adora, como salto, pois acha uma sandália rasteira mais confortável? Mas no começo, usava o salto, não é?

Então, esse é o caminho natural das coisas. O caminho natural, mas não significa que precisamos aceitá-lo. A atenção diminuir durante todo o tempo, tudo bem, afinal, ninguém quer alguém disponível o tempo todo, mas aquele frio na barriga que um sentia ao ver o outro, a contagem de minutos para chegar na hora dos dois se encontrarem, a mesma paixão, desejo sexual e todo o resto que existia no começo, ainda pode continuar!

Como? Não deixando o romance morrer. Continuem se arrumando para o outro, fazendo planos, criando novidades na cama.

Talvez você não possa deixá-lo ser sua prioridade o tempo todo, mas pode nos momentos que estiverem juntos!

Esqueçam o celular, redes sociais e distrações. Doem-se totalmente ao outro. Garanto que assim podem passar 40 anos e nada mudará. O relacionamento é feito de duas pessoas que devem cuidá-lo como se fosse uma planta: deve ser regadas todos os dias para não morrer. Você está fazendo a sua parte?

O que achou do artigo?

comentários

Lilian Nascimento

Relações Públicas, pós-graduada em moda e logo logo uma maquiadora profissional. Sua missão no CM será desvendar a opinião masculina para tentar esclarecer dilemas femininos. Também é autora do blog Atitude Hot Pink, outro canal onde também fala sobre comportamento, além de moda, beleza e variedades.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

    kkkkkk, verdade.

    Gostei da comparação com o videogame hehe. É isso que acontece mesmo na maioria dos casos. Depende do casal dar sempre “fases bônus” para tornarem o relacionamento ainda interessante, mesmo depois de “zerado”

    “Por que tudo muda depois de quatro meses de namoro?”. Na minha opinião, é porque a paixão (tanto do homem quanto da mulher) vai diminuindo aos poucos (mesmo que lentamente), e aos poucos o casal vai conhecendo os defeitos e limitações um do outro. Dizem que paixão costuma durar 2 anos em média. E se os 2 estão namorando, a conquista já aconteceu, não existe mais um ‘desafio’. Acho que dá até pra comparar a um jogo de video-game. Se vc não consegue zerar aquele jogo, vc fica viciada(o) porque é um desafio. Quando vc consegue zerar, perde bastante a graça, certo? Apesar de ainda ter graça… Eu acho, inclusive, que se vc não consegue namorar alguém, por algum motivo (a pessoa não está interessada; ou é comprometida), a paixão dura até mais tempo do que duraria se vc estivesse já namorando a pessoa — comparando com um jogo que vc não consegue zerar.

    Depois de 4 meses as expectativas fantasiosas começam a ser vencidas pela realidade. É isso.

    Você tem que fazer a sua parte também! Mas em breve iremos dar várias dicas.

    Interessante. Isso realmente acontece e é muito chato. Não pode ser assim. Eu quero é uma dica de como fazer o homem acordar pra vida nesse sentido.

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.