Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens


Não vou levantar o debate da opinião crítica dos agentes literários, até mesmo porque as histórias do livro 50 sombras de grey (nome lançado em Portugal) são fictícias, mas não impossíveis de se colocar em prática.

Podemos considerar que essa instigante leitura inspirou muitas mulheres  e casais, despertarem-se e as suas criatividades, para o sexo. A procura por produtos eróticos, que hoje até são encontrados em loja de departamento de supermercados (bom, na minha cidade tem!rs), incrementa muito essa prática!

Apesar de nos esforçarmos para aprender cada vez mais e surpreender nosso gato, infelizmente, na vida real, não encontramos homens como Christian, o Dom Juan da obra.

Tem homens que não sabem para que serve o clitóris, daí fico a imaginar o que é pior: a ignorância deles, ou das mulheres que se submetem a ser tratadas com tamanha insignificação.

Sim, porque vivemos num mundo globalizado, e assim como nós estamos sempre buscando e aprendendo,  é pedir muito para eles se informarem sobre a anatomia feminina? É tão simples e básica, porque muitos egoisticamente acham que e só abrirmos as pernas, para eles sozinhos brincarem?

Pior, muitos adoram receber sexo oral, mas detestam fazer. E você ainda acha que ele é o cara?

Eu insisto em dizer que não compreendo como tantos casais conseguem ter intimidades sem serem íntimos. Às vezes, após anos, um descobre algo que o outro curti na cama (e ainda bem que uma hora isso acontece), ou então, assim como, eu, somente após separada, se lança para a vida e passa a se descobrir como mulher sexualmente independente.

Posso afirmar que vivi uma experiência genuína, porém, é triste pensar que muitos casais vivem reprimidos, como eu vivi. Eu ainda dei um rumo na minha vida, mas muitos ignoram e envelhecem juntos, como estranhos, dividindo a mesma cama, sem trocar sequer um olhar cúmplice, daqueles que dispensam palavras para dizer tudo que sentem.

Mas relações assim são raras, e ninguém aqui precisa se iludir com contos de fadas. Somos seres humanos, por isso estamos sujeitos a errar, errar, e errar de novo, e o legal é quando aprendemos com nossos erros.

O que um casal mais faz juntos é errar, e assim, aprendem, crescem juntos. Mas nessa relação ‘amigável’, deixam para segundo plano o sexo, daí o apetite amorna, uma das partes, ou os dois, buscam na rua o que falta em casa, porque só assim se revigoram para tolerar uma relação tão maçante. Mas se ambos se gostam, precisam chegar nesse ponto?

dr

http://www.pop.com.br/mundopop/mulher/noticias/869623-Dicas-para-ter-uma-DR-sem-traumas.html

Por este motivo enfatizo a extrema importância do diálogo, lembrando que numa conversa entre duas ou mais pessoas, é importante saber quando falar, e como ouvir. Precisamos aprender ouvir e aceitar sem estresse o que o outro está tentando exprimir. Se ele está dizendo que gosta de jogar bola aos sábados à tarde, o que tem demais porra? Se você sempre usou saias curtas, vai deixar de usar porque ele agora manda? É isso então: você não passa segurança e  ele não se garante?

Uma discussão só ocorre quando as duas partes colaboram. Se um não quer, não  tem como sair briga, portanto um de vocês vai ter que ser o primeiro a ‘baixar-guarda’ e ceder, aprender se colocar no lugar do outro. Com certeza esse será o caminho para seu (a) parceiro (a) aprender o mesmo com você, e passar a tratá-la (o) da mesma forma, com respeito, carinho e atenção.

Depois que conseguir isso na relação, daí você tenta o mesmo na cama…

E por que compliquei demais hoje para chegar onde eu queria? Porque sexo anda junto com amor: Sem sexo, uma relação não se sustenta, e numa relação desestruturada, nem dá tesão para praticá-lo!

relacionamento saudavel

http://mundodemelany.blogspot.com.br/2011/01/como-manter-uma-relacao-saudavel.html

Por isso a preliminar mais importante é e sempre será a conversa. Reconheço que o caminho para se chegar até ela é de muitas brigas, mas não desista! Assim que adquirir o hábito de usá-la no dia-a-dia, automaticamente vocês passarão a conversar sobre tudo, inclusive, sobre as insatisfações na cama. Apesar que eu conheço um casal que fez o caminho inverso: a psicoterapeuta sugeriu que ela passasse a transmitir ao parceiro, suas angústias por ele não tocá-la, não beijá-la, não praticar o sexo oral. E ele, carinhosamente a ouviu, estava sendo mesquinho, e ela jamais imaginou que seria simples assim. Depois desta experiência eles passaram a se dar melhor no trabalho (empresa familiar) e ficaram mais unidos!

E é simples, nós que complicamos sempre! Não importa se sua queixa primária será a tampa do vaso sanitário levantada, ou o fato dele não caprichar nas preliminares, o que importa é que você comece a praticar a principal preliminar para um casal jamais se perder: O dialogar!

O que achou do artigo?

comentários

Tati Daniel

Mulher bombril, mãetorista, consultora sensual e graduanda em psicologia

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.