Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

0010402977Z-849x565

Muitas coisas mantêm as pessoas em relacionamentos. Amor, carinho, sexo, dinheiro, poder, sair de casa, companhia…  Dos diversos motivos, o pior deles é a esperança.

Quando falo esperança é aquela em que você acredita que as coisas melhorarão,  voltarão a ser como eram no começo ou que seu  parceiro vai  mudar. Quando passa a aceitar coisas inaceitáveis como grosserias, mentiras, traições e diversas outras, em troca de  migalhas, ou seja, poucos momentos de felicidade quando a pessoa ainda te trata bem e age como no início do relacionamento.

Então você aceita tudo quieta, calada, sofre em silêncio, encontra forças que nunca achou possuir, tudo isso devido à esperança de que as coisas mudem. Sua autoestima acaba, fica deprimida, perde a vontade de se arrumar, de sorrir, estudar, trabalhar, ver amigos ou fazer hobbies que você tinha. Durante o dia fica pensativa, apática, parada e seus olhos enchem de lágrima. A tristeza é evidente no seu rosto.


Esse fato ocorre porque você gosta tanto do parceiro e já foram tão felizes, ele já foi tão diferente, que acredita ser apenas uma má fase que irá passar. O problema é que ela não passa. O parceiro pode até voltar a ser o que ele era, mas por poucos momentos em que bate uma crise da consciência e ele percebe o quanto você tem sofrido ou quando percebe que está te perdendo, mas isso não dura mais que alguns poucos dias, depois tudo volta ao normal. É como se vocês estivessem em uma canoa furada e você estivesse com um copo jogando toda a água para fora, para o relacionamento não afundar e o parceiro estivesse jogando mais água para dentro, mas com baldes.

0002324050UU-849x565Você se subjuga às vontades de outra pessoa, aceita tudo, e “pisa em ovos” para conversar com ele, pois sabe que por qualquer coisa ele pode explodir. Chega a um ponto que você está tão deprimida e não aguenta mais esse sofrimento e preferiria sumir para bem longe de tudo ou não ter conhecido o parceiro. E, minha amiga, essa é a hora de acabar.

Você tem duas decisões: aceitar essa vida medíocre, cheia de sofrimento ou recuperar um pouco do seu amor próprio, cuidar da aparência, criar autoconfiança, estudar, trabalhar, dedicar-se para o seu futuro, passar mais tempo com a família e amigos (em programas lights mesmo), praticar exercícios físicos e voltar a curtir seus hobbies.

Um relacionamento não pode se manter na esperança de apenas uma pessoa, enquanto a outra não está nem aí, desconta todas as suas frustrações em você e te trata muito, muito mal. Além de não reconhecer os seus esforços para mudar, ignorar tudo que você faz, não te dar valor e te culpar pelas coisas ruins que acontecem na vida dele, mesmo quando você não tem nada a ver com isso, muito pelo contrário, até o ajuda.

É a hora de seguir em frente, de se amar, cuidar de si mesmo do mesmo modo que tentou cuidar da outra pessoa. A hora de se motivar e aproveitar o tempo livre para melhorar a sua vida.

É possível sim, restaurar um relacionamento falido, mas quando as duas pessoas resolvem conversar, dedicar-se e tentar. Os dois precisam se esforçar para mudar. É um trabalho árduo que exige a participação integral do casal.

Caso isso não aconteça, acabe. A esperança não é o suficiente para salvar um relacionamento e a vida existe para ser vivida ao máximo e com felicidade, energia e paz.

Alexandre Chollet

O que achou do artigo?

comentários

Alexandre Chollet

Consultor de relacionamentos. Escreve sobre relacionamentos e comportamento humano e dá treinamentos para pessoas que desejam melhorar sua vida, seja no aspecto pessoal, profissional ou de relacionamentos.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

    Texto genial!

    Texto genial!

    vivo isso todos os dias. queria sim nunca o ter conhecido. mais não consigo deixá-lo. porque o amo. amei a dica.

    Realmente ..as vezes ficamos esperando uma mudança…mas as pessoas não mudam..as vezes o nosso modo de olhar é que muda…e nesses momentos a melhor pedida é escolher a si mesmo….

    É precisei desse chá de letrinha com realidade, pra cair em mim.
    Pensando bem já ta na hora de mudar de foco, pq a história já se desgastou toda.
    To remando sozinha.
    Ou soma ou some.

    Você está generalizando, pois existem mil motivos para não acabar um relacionamento, mesmo afundado. No entanto para alguns é covardia sim.

    A pergunta que não quer calar é: E porque o homem também aceita estar num relacionamento tão ruim? O que sempre vejo é a mulher tomando a decisão de se separar quando a ruína matrimonial está instaurada, e isso depois de muito tentar salvar o casamento óbvio. Sei que ter a roupa lavada, a casa limpa, os filhos podem ser desculpas válidas dada pela maioria dos homens, mas isso pra mim também é covardia ou não?

    Não concordo que fique-se sofrendo, amar é uma arte, ama-se e ponto. Se a relação não deu certo e você continua amando? deixa rolar sem sofrimento, sem esperar nada em troca. Claro! ser mal tratado nunca. Se foi bom, vai rolar amizade ou recaídas.. o melhor é cuidar da vida, continuar fazendo o que sempre fez, buscar novos desafios, pior do que não estar sendo correspondido é ter o coração vadio, vazio, oco. O amor não dói. O que dói é a forma de amar! ame sem culpa, sem rumo ame por amar. Um dia, se não for adubado será enterrado e amará de novo.. de novo e de novo.. a vida é curta amor que se sofre não é amor!

    Não concordo que fique-se sofrendo, amar é uma arte, ama-se e ponto. Se a relação não deu certo e você continua amando? deixa rolar sem sofrimento, sem esperar nada em troca. Claro! ser mal tratado nunca. Se foi bom, vai rolar amizade ou recaídas.. o melhor é cuidar da vida, continuar fazendo o que sempre fez, buscar novos desafios, pior do que não estar sendo correspondido é ter o coração vadio, vazio, oco. O amor não dói. O que dói é a forma de amar! ame sem culpa, sem rumo ame por amar. Um dia, se não for adubado será enterrado e amará de novo.. de novo e de novo.. a vida é curta amor que se sofre não é amor!

    Estou vivendo isso. O desânimo é imenso e o relacionamento nunca existiu! rsrs Fui uma ficante com esperança de ser algo mais. Três anos em que ele só me procurava pra transar e desmarcava encontros. Depois do nosso primeiro encontro até de esposa ele me chamava! kkk Por que mulher acredita nessas coisas Jesus?! Amar sozinho é péssimo e não vale a pena. Amor, como já dizia Cazuza, Só se for a dois! Ficar na espera, alimentando-se de migalhas, de encontros que só acontecem uma vez no mês, sem nenhum sentimento é o fim. E o pior é que sei que na rua deve ter coisa melhor, que é melhor ficar sozinha a se sujeitar a isso. Ele nunca desaparece totalmente. Está sempre rondando. Quando penso que já era o que nunca foi, ele ressuscita das cinzas. Pra piorar ainda mais, somos diferentes e é só a cama que me prende. Se falo pra gente conversar, ele tira logo a roupa e a conversa nem começa. Sinto-me como diz tão brilhantemente o texto: vontade de nunca tê-lo conhecido. Como gostaria de nunca ter conhecido ele!

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.