Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Correr
Estou afim de um menino faz um mês. Ele manda mensagem todos os dias, de manhã e à tarde, e sempre responde quando eu mando. Ficamos uma vez e depois disso nada mudou, continuou com as mensagens. Nunca fui de importar-me muito, ou de fazer “jogos do amor”. Respondo quando quero e envio mensagem quando dá vontade.

Só tem uma coisa que me intriga: Chamei-o para sair e ele recusou dizendo que estava doente. Depois postou no “face” que estava, realmente, muito mal. O problema é que, quando o cara está, realmente, interessado, ele vai atrás, mesmo doente, estou errada?

Vale ressaltar que, quando o chamei para sair, ele fez muito drama, por conta da gripe, e depois perguntou se eu realmente iria mesmo sem ele. É claro que fui! Estou errada? Devo deixar para lá, ele não está afim? O que fazer?


“Quando o cara está, realmente, interessado, ele vai atrás.” É um clichê falacioso que agrada, profundamente, a maioria das mulheres e mexe com grande parte dos homens desprovidos de personalidade. Contudo se aperfeiçoássemos a frase para: “Quando a pessoa está, realmente, interessada, ela toma atitudes para materializar suas pretensões”. A frase ganharia uma conotação unissex e guardaria uma estreita ligação com a realidade. Principalmente, daqueles(as) que logram êxito quanto aos seus anseios.

O interessado, seja homem ou mulher, deve sempre agir de forma inteligente e honesta na busca de realizar seu ideal. E, isso inclui, com certeza, tomar a iniciativa. No entanto, ter o arrojo de dar o “primeiro passo” não quer dizer “ir ou correr atrás”. Esta, tem uma conotação que não coaduna com uma postura centrada, típica de grandes homens e mulheres, além de ser uma forma pouco inteligente quando se quer ter sucesso no seu projeto. É como se colocasse uma venda em alguém e a empurrasse para que ela saísse correndo, numa trilha cheia de obstáculos, em direção ao seu destino… Algumas, por sorte, chegariam ilesas. Outras, chegariam, mas muito debilitadas pelos esbarrões e batidas de cabeça que tiveram no caminho. Enquanto que a maioria nem conseguiria completar o percurso.

Portanto, cara leitora, apesar do clichê ser bem agradável para os seus ouvidos, não se perca num mundo de ilusão, irreal. Pois, até nesse mundo, nem os mais idiotas correriam atrás de ninguém estando com a saúde debilitada.

Pedro Ivo Genú

 

O que achou do artigo?

comentários

Pedro Ivo Genú

Empresário, administrador, jurista e escritor. Adora filosofia, psicologia, história e musculação. Crê que o "caminho da vida" é a busca da evolução perpétua. Escreve e responde dúvidas sobre os mais variados assuntos.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

    O tempo pode ser um bom aliado, Gerciane

    Tem que ser Meiry Moore.
    🙂

    Com o tempo agente aprende.

    Adore Pedro, já fui assim. kkkkkkkkkkkk

    Adorei , direto e objetivo !!

    fato. muito bem

    Obrigado, Fatima Lima

    Falou tudo Pedro .. Estou orgulhosaaaa de voce

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.