Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

apaixonar

Fizemos uma pesquisa e obtivemos 470 respostas. Como era de se esperar, a maioria esmagadora votou no “Não”.

vc escolhe por quem voce se apaixona?

Confesso que me admirei com o resultado, pois 27% das pessoas acredita que escolhemos sim por quem nos apaixonamos. E elas estão certas.

 


Como assim?

Em primeiro lugar, temos que perceber que existe uma grande diferença entre sentir atração, interessar-se e se apaixonar. É um tema bem complexo, mas neste texto separarei as 3 coisas para simplificar.

Atração é aquela simpatia, a vontade que temos de estar com alguém – mesmo que por alguns minutos-, quando uma pessoa tem a aparência ou comportamento que gostamos. Mas não significa sempre que queremos ficar com a pessoa. Por exemplo, mesmo em um relacionamento, podemos sentir atração por pessoa com o aspecto físico que gostamos, mas não queremos – ao menos não devemos querer – estar com eles. Apenas gostamos da aparência, as consideramos atraentes e ponto.

A atração é algo mais inconsciente, algumas mulheres preferem homens magros, outras fortes, outras bombadões. Algumas preferem os bonzinhos e outras os cafajestes. Isso é questão de gosto.

Interesse é a vontade de estar junto, é quando já imaginamos algo com essa pessoa. Deixa de ser só aquela coisa carnal e a pessoa passa a não ser mais uma na multidão.

O interesse é modificado com o tempo de acordo com nossos objetivos. Por exemplo, se você só quer farra, vai se interessar por homens assim e não se sentirá atraída por caras certinhos que só querem namorar. Com o tempo, suas escolhas mudam e você se interessa por pessoas com os mesmos objetivos.

 

Certo, mas e a paixão?

Para facilitar, mesmo o amor e a paixão sendo coisas diferentes, neste texto vou considerá-las parte da mesma coisa, que é ter sentimentos por alguém. É querer ficar junto, planejar, pensar na pessoa. Querer apenas ela.

Sentimento é algo construído com o convívio, mas também pode ser criado um convívio na sua cabeça. Estando com a pessoa todos os dias, falando com ela e pensando nela. É aí que a coisa realmente acontece.

Quando parei de modelar, fui coordenador do departamento de new faces de uma grande agência de modelos. Eu tinha namorada e convivia diariamente com diversas mulheres lindas e com o padrão de corpo que mais me atrai. Mas não pensava nelas, não imaginava nem idealizava nada. Eram apenas clientes da empresa e nunca senti nada.

 

mulher apaixonada

 

Então como escolher por quem me apaixono?

Quando você sente atração e passa a se interessar por alguém, fica imaginando programas, que vão sair, que ele é de um modo ou de outro, a paixão começa a aparecer. Quer uma prova? As mulheres geralmente se atraem por homens que são misteriosos, não se expõe muito e são mais reservados, sabe por quê? Porque elas tem que imaginar como eles são.

É imaginando, pensando, idealizando, que o sentimento vem. E quem controla o que você imagina? Exatamente, você. Então pode até não controlar os sentimentos, mas pode gerá-los ou acabar com eles apenas com o pensamento.

 

Como não se apaixonar?

Eu realmente não sei porque alguém iria querer isso,  mas se tiver interessada em um cara – ou até saindo –  e ficar pensando, imaginando, planejando, idealizando, o sentimento provavelmente virá. Se não fizer nada disso, não.

 

O que achou do artigo?

comentários

Alexandre Chollet

Consultor de relacionamentos. Escreve sobre relacionamentos e comportamento humano e dá treinamentos para pessoas que desejam melhorar sua vida, seja no aspecto pessoal, profissional ou de relacionamentos.

Receba DICAS EXCLUSIVAS por e-mail

Digite seu e-mail acima e receba na hora dicas para entender mais sobre os homens

Deixe seu comentário

    Uma coisa é certa: não nos apaixonamos por um inimigo, rs. Sendo assim, já limitamos isso para os amigos e não conhecidos. No meu caso, dificilmente me apaixono por uma amiga, começo a gostar logo da mulher que provavelmente não me notaria, e tímido do jeito que sou, as coisas só pioram, mas estou tomando jeito, rsrs.
    Joanir.

    Olá amigo Doutor .

    Boa noite.

    Escolhemos,só que as vezes eles não nos escolhe,ai fica difícil
    se não há reciprocidade..

    Agradecendo por partilhar e sempre que postar temas tipo

    estes, me indique, pois adoro prestigiar os amigos.Abraços

    sempre.

    ClaraSol.

    Sábado à noite.. nem esperava que vc respondesse agora hehe. Verdade, se a maioria esmagadora são mulheres, então tudo bem. Vc leu meu outro comentário?

    O blog todo é voltado apenas para o público feminino. Mas sempre tem alguns homens que leem. Não podemos proibi-los, né? haaha Mas a maioria esmagadora são mulheres mesmo. Nem se preocupe 🙂

    Em relação a essa nova enquete, “para quem vc se veste?” , o interessante seria especificar que a enquete se destina SOMENTE a mulheres, porque, se homens também estão respondendo, acho que vai ficar meio confuso analisar o resultado…

    kkkkkkkk.. Pelo que entendi vc faz parte do grupo que acha que SIM, escolhemos por quem nos apaixonamos. Eu discordo, porque, pelo menos no meu caso (e no de 73% dos respondentes), eu nunca escolhi por quem me apaixonei. “As mulheres geralmente se atraem por homens que são misteriosos, não se expõe muito e são mais reservados, sabe por quê? Porque elas tem que imaginar como eles são.” Hm, esse não é meu caso. Até hoje, só me apaixonei por carinhas mais extrovertidos, que se expõem e não são reservados hehehe. Depois vc fala “Então pode até não controlar os sentimentos, mas pode gerá-los ou acabar com eles apenas com o pensamento”. Gerar e acabar com os sentimentos apenas com o pensamento?? Depende do sentimento. Se for raiva, por exemplo, é possível controlar. Mas tristeza, por exemplo, é muito difícil em certas situações. Paixão, então, a meu ver, SOMENTE dá pra controlar se a pessoa afetada ficar longe da pessoa amada. Mas eu falo por experiência própria. Pode ser que outras pessoas consigam controlar a paixão, mas eu não. E também não há uma definição muito clara de paixão. Pode ser que pra mim seja uma coisa, e pra vc seja outra coisa totalmente diferente… Existem homens que acham que sentir muito tesão por alguma mulher é a mesma coisa que paixão (não é).. Existem outros que acham que amor é a mesma coisa que paixão (não é).. Eu não sei exatamente o que significa pra vc, justamente por ser uma coisa subjetiva; só vc mesmo sabe exatamente o que significa pra vc. Só sei que todas as vezes que tentei refrear paixão que eu sentia por alguém, não deu certo. E também nunca consegui “acionar” paixão por alguém. Tipo “quero me apaixonar por fulano”. Nunca deu certo. Não sou eu que decido…

    Dá uma relida no texto. mas prestando atenção 🙂

    *racionalmente. Fiz uma verdadeira redação kkkkkk

    Mas tá errado, Alexandre… É impossível controlar esse sentimento. Uma vez me apaixonei por um cara casado. No início eu negava esse sentimento, dizia pra mim mesma que eu apenas achava ele legal, mas que não era paixão. Só que com o tempo fui percebendo que eu estava profundamente atraída por ele. Uma vez o vi beijando a esposa e chorei rios de lágrimas por isso… Foi então que eu tive certeza sobre a paixão. Ou seja, eu tentei negar no início, eu não me esforcei pra gostar dele; pelo contrário, eu não queria ter sentimentos por ele, pois sabia que não poderia ficar com ele (e ele, durante conversas comigo e outras pessoas, sempre se posicionou contra a traição, ou seja, vc não pode dizer que eu tinha esperanças de ficar com ele), então eu não queria estar apaixonada por ele, pois toda vez que acontece, me torno “escrava” do cara emocionalmente… Por outro lado, existem homens que são muito legais, inteligentes, mas eu só consigo gostar deles racionamente, e não emocionalmente — a paixão é emocional. Já percebi que é impossível controlar paixão, quer dizer, é impossível dizer pra mim mesma: não quero mais estar apaixonada por esse cara. Assim que eu o vejo de novo, acontecem todos os sintomas de novo: coração bate forte, fico muito feliz perto dele, me importo muito com o que ele pensa de mim (geralmente eu não tou nem aí pro que as pessoas pensam de mim) e fico extremamente triste quando me despeço dele. Às vezes dura bastante tempo; outras vezes dura menos. A solução definitiva pra desapaixonar é deixar de ver a pessoa, ou então esperar o tempo de validade da paixão acabar (sim, existe tempo de validade), mas se o sentimento não for recíproco, gera muito sofrimento, então o melhor é se distanciar mesmo.

PEGUE-O NA MENTIRA

Descubra quando um homem está mentindo pra você! Digite seu e-mail abaixo e receba um VÍDEO GRÁTIS te contando todos os segredos.