A Procura

Imagem retirada de caminhosdeborboleta.blogspot.com

Procurei-te em uma pequena existência, e não te encontrei.

Procurei em um pedaço de caminho, e não te encontrei.

Procurei numa porção de canções, e não te encontrei.

Procurei-o em meu coração, e lá também não estavas.

Revistei o meu corpo, mas não te encontrei.

mda banner 2

Em uma lágrima pensei estar você,

Mas me enganei.

Ela necessitava tanto amar que procurava esse amor desesperadamente, em qualquer lugar que pudesse encontrá-lo e era evidente o seu fracasso, pois procurava muito mais para se salvar da solidão do que propriamente porque queria amar e ser amada.

Procurei você em meu sorriso,

Procurei você no meu olhar,

No meu falar, no meu caminhar,

Mas fracassei.

Fiquei apavorada, comecei a chorar.

Olhei para o céu, para o mar, para o infinito,

Pensando que assim pudesse te ver, mas não consegui.

Por muitas vezes questionou aquele sentimento de não se sentir completa se ao seu lado não tivesse um homem, sempre se sentia metade de um todo, como se de tudo que pudesse ter só sentisse uma pequena porção, era como se só tivesse a metade de seu corpo, como se fosse uma borboleta de asas cortadas e não pudesse voar. Era doentio, era melancólico, era destrutiva aquela obsessão de querer ter fosse quem fosse alguém ao seu lado.

Procure-o em meu pensamento,

Revirei a minha mente,

Tentei ver se te achava nas batidas do meu coração,

Mas lá você não estava.

Há momentos em que nosso coração está livre, mas Karina não admitia e não permitia viver esses momentos de forma natural, ela não queria estar só, não conseguia ser feliz em companhia de si mesma, não conseguia ver-se sorrindo, percorrendo a vida tranqüila e calmamente se não estivesse acompanhada, se não estivesse sendo orientada, abraçada por outros braços que não fossem os seus.

Perguntei por você às estrelas e como resposta elas se apagaram,

A luz parou de iluminar, o vento cessou, os pássaros deixaram de voar,

Tudo ficou mudo, tentei te chamar, gritei o teu nome,

Descobri que estavas em minhas mãos.

Quando descobrimos nossos fracassos compreendemos que também podemos controlá-los, ajustá-los à nossa necessidade. Ela um dia estaria pronta para enfrentar-se a si mesma, amar a si própria era mais difícil que a outra pessoa, pois ela ainda não aprendera a conhecer-se, deveria tocar seu próprio ser escondido por tantos anos em outras almas.

Voltei a sorrir, e no meu sorriso te encontrei.

Voltei a chorar, e no meu pranto te achei,

Voltei a perguntar ás estrelas por você,

E como resposta,

Elas voltaram a brilhar.

Sara Mel

25/10/2010

[email protected]

http://twitter.com/Sarammel

http://www.facebook.com/profile.php?id=100001624131488



Sugestão de Vídeo:

COMENTÁRIOS ADICIONAIS: Esse vídeo é pra você que ainda não encontrou o seu grande amor. Beijuss da Sara


Jussara de Melo, escrevo nas categorias crônicas e poesia e espero utilizar esse espaço como forma de recuperar o romantismo, a sensibilidade e a formosura feminina que nós mulheres todas temos dentro de nós. Nos meus textos você encontrará: amor, desejo, emoção, fantasia, esperança e muita paixão. Frase preferida: Antes de falar, escute. Antes de ler, pense. Antes de criticar, espere. Antes de orar, perdoe. Antes de desistir, tente. E-mail: [email protected]

11 comentários No A Procura

  • Espero que apareça logo pra você Tha!
    beijuss 😛

  • Ola maestra
    como é lindo o seu texto
    que emoção..
    é, realmente a esperança é a última que morre
    quanto menos imagirnamos
    o grande amor de nossas vidas
    apareceram
    só o tempo dirá..
    não é?

  • Hummmmm adoro bater minhas asas Z hehehehe 😉

  • Tomara que essa fase angelical demore passar….
    assim quem ganha somos nós..kkkkk

  • Muito obrigada Rebeca.
    Fico hiper feliz quando sinto que alguém compreendeu o que tentei passar.
    beijuss 😀

  • Florzinha..a cada dia que passa seus textos tem sido mais emocionantes e reflexivos ,vc realmente está de parabéns viu?
    que Deus sempre te abençõe e te ilumine para sempre ser uma mulher batalhadora assim e inspirada! Sucesso sempre linda!

  • Olá Evelin.
    Eu também gosto muito desta canção.
    Brigadão 😉

  • hola muy bueno el texto
    ha amado la música 🙂

  • Brigadão Z…
    Vamos dizer que estou numa fase angelical essa semana hehehe
    beijuss 😉

  • Noossa Sara que liiindoo. Vc realmente está de
    parabéns, seus textos são emocionantes, e essa
    música ai então eu particularmente adoro!

    Bjinhos e

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.