Amor e Atitude

Tenho um relacionamento de um ano. Ele é muito fechado, muito difícil de falar de si, do que acha e, principalmente, sente.

Apesar de ser muito carinhoso, ate hoje, nunca disse que me ama ou que, simplesmente, gosta de mim, a não ser que eu pergunte.

Se, mudo o cabelo ou algo do tipo, ele não percebe. Não elogia, não diz palavras simples de afeto e carinho. Parece não se importar com o meu futuro, com as coisas que me interessam, com o que me faz bem, com o que quero e desejo pra vida.

Será que tudo isso é razão do jeito dele de ser, ou é, realmente, falta de interesse? Porque, às vezes, pergunto-me qual a importância que tenho na vida dele, o que eu estou fazendo nela?

Porque, não me sinto amada… A impressão que tenho e que ele só está comigo por falta de opção ou por sexo.


mda banner 2

Cara leitora;

É certo que o amor é algo ilógico. Tratá-lo como uma equação matemática, esmiuçá-lo num raciocínio cartesiano é algo sem sentido. Pois, o amor não segue paradigmas, não se submete a ditadura da razão. Ele, simplesmente, existe como um oásis no meio de um deserto.

Se perguntares a alguém porque ama, poderás ouvir várias respostas. Porém, nenhuma que justifique a abrangência e plenitude deste sentimento. Ao longo da existência humana na terra, milhares de escritores tentaram descrevê-lo em bilhões de páginas. Shakespeare, Camões, Byron e muitos outros escreveram obras, lindíssimas, sobre ele. Porém, nem os mais célebres escritores da humanidade conseguiram fazer transcender a sua real importância.

Não obstante, apesar de ser perda de tempo questioná-lo, podemos fazer isso com ações e atitudes de um relacionamento. Não falo de um questionamento coativo, onde apontamos erros, que nunca são nossos, e fazemos dele a razão da nossa infelicidade. Mas sim, de indagações onde nos perguntamos onde podemos melhorar. No seu caso, você não descobriu agora que ele é uma “pessoa fechada”. Mas, parece, que isso, agora, te incomoda e, ao invés de, você procurar ter atitudes para que ele se “solte” mais… Sim, isso é possível… Prefere ficar reclamando e achando que ele vai mudar sua personalidade, já consolidada, com as suas críticas.

Se continuar agindo dessa forma, mesmo te amando, ele vai pegar abuso de você. Agora, se estás tão insatisfeita, assim, pois, ele não é nada do que você quer, do que você valoriza e você não está disposta a mudar isso com atitudes, é melhor nem perder seu tempo nesse relacionamento. Pois, você não descobriu agora todos esses defeitos da personalidade dele, você descobriu agora que não o ama.

Mr. P

 

O que achou do artigo?

comentários

Empresário, administrador, jurista e escritor. Adora filosofia, psicologia, história e musculação. Crê que o "caminho da vida" é a busca da evolução perpétua. Escreve e responde dúvidas sobre os mais variados assuntos.

1 comentários No Amor e Atitude

  • Urgente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    O meu caso é diferente tenho 29 anos, nunca namorei, nunca fiquei resumindo eu nunca nada.
    Eu trabalho a 4 anos em uma empresa e já faz um tempo em eu e esse rapaz de 31 anos estamos nos paquerando, mais nunca rolou nada porque eu sou tímida e parece que ele também.
    Faz um ano em que ele apareceu noivo e essa paquera não terminou, quando vamos embora juntos conversamos muito sobre tudo ele mora perto do metro e desce uns dois pontos antes do final, no entanto ele me acompanha até a catraca do metro.
    No final do ano passado eu e ele estávamos conversando no ônibus e eu tenho certeza de que rolou um clima entre nós e nesse dia ele resolveu descer antes do final do metro e quando fomos dar um beijo de despedida no rosto os lábios dele encostou um pouquinho no cantinho da minha boca, só que no outro dia ele começou a se afastar de mim, fazia de tudo para não pegar mais ônibus comigo.
    Mais continuamos a nos cumprimentar na empresa encostando o rosto um no outro. Ultimamente ele começou a ir embora comigo e vinha todo dia no meu departamento me dar bom dia e me cumprimentar encostando o rosto no meu até que eu criei coragem e beijei o rosto dele desde então eu o comprimento beijando sua face mais ele não faz o mesmo comigo( ele continua me dando a face para beijar mais não beija a minha) e infelizmente acho que ele está começando a se afastar de mim novamente, não pego mais ônibus com ele e ele parou de vir me dar bom dia.
    Um dia desses eu mandei uma mensagem desejando para ele um bom fim de semana e ele nem se deu o trabalho de me enviar uma mensagem de volta.
    Quando foi segunda feira ele ligou no meu departamento dizendo que recebeu a mensagem e eu disse que como eu não havia visto ele na sexta eu havia enviado a mensagem para ele.
    Me ajudem eu não sei como proceder, eu estou em dúvida se ele gosta realmente de mim ou será que é outra coisa, as vezes eu não entendo ele e fico me perguntando se eu fiz algo de errado, e o pior é que eu estou a gostar dele e infelizmente ele continua noivo. Me ajudem o que eu faço.
    Aguardo resposta

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.