Como adaptei a Coceira Mental para o envio de mensagens?

Já parou para refletir sobre o motivo pelo qual ele não se interessa por você mesmo conversando constantemente? Leia este artigo e entenda a razão.

A Coceira Mental chamou a minha atenção por causa da sua capacidade de mudar os pensamentos de alguém e fazer com que essa pessoa fique conectada a outra pelo pensamento.

Como estudioso dos relacionamentos, eu sempre procurei uma forma de ajudar a quem queria conquistar outra pessoa, mas não sabia quais ferramentas usar para isso.

Infelizmente, são pouquíssimas as pessoas que sabem de todo o potencial que se tem para estimular e influenciar os pensamentos de alguém, e o envio de mensagens (desde que sejam as mensagens certas) ajuda muito nesse objetivo. 

mda banner 2

Quem nunca quis estar nos pensamentos de outra pessoa?

Quem nunca ficou se questionando se a outra pessoa estava pensando nela também?

Para muitos, era muito difícil conseguir “penetrar” na mente da pessoa desejada e, quando eu fiquei sabendo da técnica da Coceira Mental, utilizada pelo Marketing para cativar os consumidores, percebi que podia ser possível fazer o mesmo no campo dos relacionamentos. 

Se você achava que não havia meios de você cativar os pensamentos da pessoa que você ama, a boa notícia é que existe um método para isso: é só usar a Coceira Mental com esse intuito!

 

O que a técnica da Coceira Mental faz?

A Coceira Mental é uma técnica que tem como objetivo fazer com que determinado pensamento não seja mais esquecido por outra pessoa. 

O termo “coceira” não poderia ser mais correto: parece mesmo que aquele pensamento está coçando, sem permitir que a pessoa o abandone.

É claro que o Marketing se vale bastante disso: quanto mais um produto fica na cabeça dos consumidores, mais chances de compra.

Aliás, é por causa disso que os jingles comerciais são criados: porque eles são feitos de maneira que as pessoas não os esqueçam, fiquem os cantando mentalmente mesmo sem querer e acabam por se lembrar sempre do produto em questão. 

Quando eu tomei conhecimento da técnica que o Marketing utilizava, comecei a pensar:

E se fosse possível usar essa mesma técnica com os relacionamentos?

Afinal, os jingles comerciais alcançam os seus objetivos justamente devido ao tipo de frase usada: e se o mesmo fosse feito com as mensagens que se troca? Seria possível se tornar uma coceira na mente da pessoa de quem se gosta apenas usando as mensagens certas?

Foi aí que eu comecei a estudar melhor o tema e cheguei à adaptação da Coceira Mental para o envio de mensagens. 

Acredite: se você escrever a mensagem correta para a pessoa de quem você gosta, será impossível para ela esquecer a sua existência e o que você disse. Na realidade, ela vai querer conversar ainda mais com você e estar por perto. 

 

Você manda as mensagens erradas porque não conhece a técnica da Coceira Mental

Você já se perguntou a razão pela qual o seu crush não se derrete pelas suas mensagens?

Já parou para refletir sobre o motivo pelo qual ele não se interessa por você mesmo conversando constantemente?

Às vezes, você manda uma mensagem para o seu crush achando que vai conquista-lo dessa vez, mas ele nem mesmo responde?

Pois a razão é que as suas mensagens estão erradas!

Existe uma forma certa de você estruturar a sua mensagem para que ela chame a atenção da pessoa que você quer.

Não importa se você usa o Messenger, o WhatsApp, mensagem SMS, circuito interno da empresa, etc.: a mensagem certa tem um “roteiro” para fazer com que a outra pessoa fique mais envolvida. 

Normalmente, as pessoas acabam se deixando muito à disposição quando mandam mensagem: não há qualquer tipo de surpresa porque a outra parte tem 100% de certeza de que é desejada. 

Isso faz com que a pessoa de quem você gosta sinta que, mesmo que ela não queira ficar com você naquele momento, não precisa se preocupar porque você sempre será uma opção.

Por causa dessa certeza, essa pessoa nem mesmo cogita se esforçar para ter você e para te agradar: afinal, para que se esforçar por uma coisa que se sabe que está à disposição?

Para que lutar por uma coisa que se sabe que se terá a qualquer momento que se queira?

É por causa disso que você precisa aprender quais são as formas certas de escrever mensagens para a pessoa que você ama. 

A mensagem que transmita o sentimento e a ideia corretos é aquela que vai fazer com que o seu alvo saia da zona de conforto e perceba que você não é alguém que ele tem quando quiser

O envio das mensagens certas (e até com a frequência certa) faz com que a Coceira Mental se instale no seu alvo e que ele sinta cada vez mais que precisa garantir que você será dele, gerando esforço. 

Quando eu adaptei a Coceira Mental para o envio de mensagens, sabia que seria possível facilitar os relacionamentos com essa técnica. 

E eu estava certo!

Além de eu a ter utilizado a meu favor em diversas ocasiões, eu também conheço diversas pessoas que fizeram uso da Coceira Mental em suas vidas pessoais e obtiveram resultados excelentes. Veja:

 

Marcela Maria , 45 anos

Eu estava envolvido sentimentalmente com uma mulher do meu trabalho, mas ela não parecia interessada. Ao mesmo tempo, ela dava a entender, às vezes, que pensava na possibilidade e eu ficava preso, sem saber o que ela de fato queria. 

Quando comecei a usar a técnica da coceira mental, foi como uma revolução: em alguns dias, ela me chamou para almoçar e nós começamos um relacionamento”

 

Sofia, 24 anos

Meu namorado queria terminar porque dizia que nosso relacionamento não tinha mais qualquer novidade. Eu estava apavorada, mas a técnica da coceira mental fez com que tudo mudasse.

Ele percebeu que eu não estava nas mãos dele e que precisava continuar sendo conquistada. Agora, ele mudou drasticamente”

 

Clara, 32 anos

Consegui começar a sair com a mulher de quem eu estava a fim há mais de seis meses! Nem acreditei quando ela me mandou mensagem dizendo que queria sair novamente”

Você também pode saber tudo sobre a Coceira Mental e, finalmente, ganhar o desejo e o amor da pessoa por quem você tem lutado.

Conheça essa técnica de conquista clicando AQUI!

Este artigo foi escrito por um dos nossos especialistas.

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.