Ele dá em cima, mas não toma iniciativa

Venho por meio desta, torrar vossa paciência para que me explique atitudes insanas, diria até cruéis de um ser humano do sexo masculino.

Conheço determinado rapaz, que aqui o chamarei ficticiamente de Roberval. Então… há mais de 1 ano conheço o Roberval, estudamos na mesma universidade e fazemos o mesmo curso, portanto, sempre estamos nos batendo pelos corredores, diariamente. Não lembro quando, nem como, só sei que há mais ou menos 1 ano começou a surgir um clima, uma tensão química entre a gente. Encontros nos corredores com abraços demorados, que são mais que abraços… olhares e risinhos que são mais que olhares e risinhos, conversas cheias de dupla interpretações no MSN.

Nossos encontros em festas são sempre cercados destes mesmos ingredientes, porém acompanhados de danças, frases ao pé do ouvido, coisas do tipo “Ave Maria, essa mulher acaba comigo!” ou “Estou com o pé torcido do futebol, só estou dançando porque é com você.” Isso quando não há beijinhos na bochecha e mãos brincando com meu cabelo.

Já tivemos várias oportunidades de ficar, mas o Roberval nunca tomou uma atitude concreta, ou seja, além dessa conversa mole e atitudes nunca tentou me beijar!

Deu-se que arrumei um namorado ( que atualmente é ex ), ele nos encontrou numa festa e o Roberval ao falar comigo, comentou ao pé do ouvido “ Nossa… você está me traindo…”. Fiquei com raiva, porque ele já tivera diversas oportunidades de ficar comigo, e nunca o tinha feito!

mda banner 2

Pois pronto, ontem aconteceu algo que me deixou muito, mas muuuuito desconcertada. Estava eu em mais uma festa, feliz, na minha, conversando com minhas amigas… Eis que surge o Roberval, com sua cara de lá-vou-eu-atiçar-a-besta-de-novo!

O Roberval chegou e me deu mais um de seus abraços gigantescos e começou a dançar comigo, me beijou no rosto dos dois lados… e a dança continuava nesse ritmo, dando umas pausas as vezes para conversar, mas ele sempre estava segurando a minha mão ou me abraçando quando não estava dançando… a imagem que passávamos era do casal de namorados mais apaixonado do Brasil para quem olhasse de longe. O Roberval conversando comigo disse nessas exatas palavras “ Ei… gosto demais de vc, sabia?” eu, após quase desmaiar depois dessa, confirmei “ Eu tbmmm, Robervaal, que lindo!” E o abracei, ele me levantou do chão com o abraço e começou a me beijar no pescoço, bochecha e… NADA! NUNCA NADA! NADA! Doutor Neurônio, qualquer pessoa inteligente, que eu sei que ele é, notaria que eu não daria um fora nele e que eu estava completamente a fim dele! Porque nenhuma mulher em são estado de consciência daria tanta corda a um cara se não estivesse nem aí pra ele.

Eu já o vi ficando e dando em cima de outras garotas e as tentando beijar! Sei que ele fica as vezes com uma menina que estuda com ele, mas não sei até que ponto isso é sério, essa menina estava nessa festa, mas estava ficando com outro cara!

Agora essa é a pergunta que eu lhe faço, ele quer alguma coisa comigo e ainda não chegou as vias de fato de tomar a simples atitude de me beijar? Ou ele faz isso pra enaltecer o ego dele porque acha lindo ver o estado em que eu fico?? Ou ele simplesmente não está a fim de mim?? Ou teria outra razão??

Um grande abraço e minha gratidão imensa pela resposta,

Maria Etelvina.


Cara Maria Etelvina,

Obrigado pelo seu e-mail. Não é torrar a paciência coisa nenhuma, é um prazer responder as indagações das leitoras. Peço desculpas por ter demorado tanto para te responder.

Então vamos analisar tudo que o Roberval faz.

Certo, começarem a se olhar e uma química começou entre vocês. Aí passaram a se cumprimentar com abraços “mais que abraços”, como você mesma diz. Bem, quando uma menina está interessada em um cara, ela costuma dar abraços diferenciados. Um homem não. Dificilmente um homem vai dar abraços demorados nas meninas que tem interesse, isso é uma demonstração de carinho, e homens só a fazem com amigas ou com as mulheres que já estão tendo algo.

Quanto aos olhares, risinhos e conversas de dupla interpretação no MSN, realmente isso sim é flerte. Ou então brincadeira do amigo gay.

Esses comentários que ele faz nas festas, como “Ave Maria, essa mulher acaba comigo!” ou “Estou com o pé torcido do futebol, só estou dançando porque é com você” são utilizados particularmente por homossexuais, principalmente quando seguido de beijinhos na bochecha e brincadeiras com o cabelo. Sim, podem demonstrar atração também, caso o homem seja praticamente um pega-ninguém e flerte tão mal assim, ou também apenas uma brincadeira entre amigos ,o que é comum, porém nesse caso vocês devem ser bem amigos e próximos.  Se existe uma “tensão química” entre vocês e conversas com duplo sentido, com certeza dançando ele teria tentado algo, já que você também demonstra interesse.

Existem muitos homens tímidos que realmente não tomam iniciativa, mas estes não agem da maneira que o Roberval age, que parece ser descontraído e seguro de si. Eles nem tomam iniciativa e muito menos dão em cima do jeito que o Roberval dá.

O comentário no seu ouvido “nossa.. você está me traindo”pode ser utilizado por dois tipos de pessoas. Amigos gays ou cafajestes. A diferença deles é que o cafajeste sempre vai tentar ficar com você, independente se você namora ou não. Já o amigo gay não.

Agora a prova concreta que não existe interesse por parte dele foi a atitude na festa em que vocês dançaram, ele segurou sua mão, deu vários beijinhos no rosto, te abraçou por muito tempo e disse que gosta muito de você. Isso prova que ele não tem interesse nenhum em você e te considera uma amiga. E se vocês não são muito próximos, até que ele não tem interesse em nenhuma mulher, que é o que parece. Dificilmente um homem heterossexual tomaria essas atitudes sem tentar ficar com a menina depois, além de todas elas provam que ele gosta de você fraternalmente.

Mas atenção, quase nenhum homem heterossexual fica beijando o pescoço das amigas sem intenção de ficar com elas… eles começariam a fazer isso para ver o que a amiga fará. Se ela deixasse, ele a beijaria sim.

Quanto a ele dar em cima e ficar com outras é normal. A grande maioria dos gays fica com diversas meninas. E sobre o anexo do email em que você conta que ele te chamou de parceira, é praticamente a prova que ele joga no mesmo time que você. Um homem só chama uma mulher de parceira quando os dois saem juntos para caçar (o que não é o seu caso) ou quando gostam da mesma fruta.

Existem algumas possibilidades principais. A primeira, e que parece mais óbvia, é que ele é gay. Em segundo lugar, ele pode te considerar uma amigona, mas como você falou (no anexo do e-mail) que não são muito próximos, acho difícil.

E apenas uma observação: os gays adoram saber que enlouquecer as pessoas, sendo homens ou mulheres, isso faz bem para o ego deles.

Sinto muito em ter chegado a essas conclusões. Mas pense pelo lado bom: pelo menos você não ficou com ele.

Um beijo,

 

O que achou do artigo?

comentários

Um amigo que fala a realidade na cara, sem mimimi ou enrolação. Conta a mais pura e simples verdade, doa a quem doer.

9 comentários No Ele dá em cima, mas não toma iniciativa

  • Trabalho em um lugar muito formal. Me separei há algum tempo e um dia um colega de trabalho me mandou uma mensagem. Disse que se apaixonou por mim. Que tem me observado e que até já teve sonhos. Foi uma surpresa pra mim…que até então só o considerava como um colega de trabalho. Deste dia em diante, eu descobri que não estava imune à me apaixonar e comecei a notá-lo.
    Conversamos sobre o que ele me disse, sobre a paixão, porém deixou claro que acima de tudo, mantém um grande respeito por mim, que sou mulher pra compromisso e que jamais me machucaram, pois não pode assumir compromisso agora.
    Sei que ele sabe que meu modo de tratá-lo mudou. Um dia nos abraçamos…por um tempo mais que normal…senti tudo saindo do lugar e ele também ficou mexido. Mas fui pega desprevenida e logo que nos soltamos…eu saí andando…com medo que alguém nos visse. Nunca me relacione com alguém do local de trabalho. Acho que sou condicionada apenas à trabalhar e mais nada.
    Resumindo, estou gostando deste homem a ponto de passar a noite acordada…pensando nele. Mas considerando tudo que ele me disse…sobre o fato de não poder assumir compromisso e que não agiria de outra forma comigo,…seria forçar uma situação…ao ponto de perder a amizade,…se eu o chamasse para sair,…sem compromisso?

  • Glardia Andrezza Silva Mendes

    Bom primeiro tenho um namorado de 7 anos e me apaixonei por um colega de trabalho na época trabalhávamos muito juntos não aguentei em ficar só pra mim falei pra ele que sentia alguma coisas por ele diferente ele me disse que era melhor deixar rolar dessa época ficamos umas 3 vezes rolou alguma amassos bem quente entre nós mas quando falei de compromisso ele sempre pula fora foi aí que me distanciei dele quando nos vemos agora nas reuniões de trabalho trocamos olhares por vezes ele me toca nos cabelos e nada mais quando me manda mensagem é apenas coisa do trabalho e eu ainda penso nele o que fazer,? Gosto do meu namorado mais não tiro elexda cabeça apesar de evitá-lo.

  • Realmente ele parece ser gay, pois tenho um amigo que ele tenta gostar de mulheres mas no fundo é gay, e ele sempre age dessa maneira comigo e com varias outras garotas!

  • Tenta pelo formulário de contato.

  • Doutor não estou conseguindo te enviar um email, ele volta com ERROR de que o endereço não existe. Bjao

  • como faço pra deixar oque to passando aqui? pois preciso muito de ajuda e nao to conseguindo, bjos

  • KKKKKKKKKKKKK admita que o cara é gay, porque cafajeste ele não é mesmo. Ele quer ser homem mas as atitudes dele não deixakkkkkkkkkkk

  • Valeu.Tirou algumas duvidas minhas, Gay aquele infame não é…Mas mole e timido é e até demais!

  • Valeu.Tirou algumas duvidas minhas, Gay aquele infame não é…Mas mole e timido é e até demais!

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.