Ele me paquera, mas não toma iniciativa. Devo ser eu a tomá-la?

Boa noite.

Procurando uma resposta para o meu ‘problema’, acabei encontrando o blog e adorei os textos que voces escrevem e, por isso, decidi mandar um e-mail na esperança que me pudessem ajudar.

Então a questão é: Sou brasileira e vivo em Lisboa há 8 anos. Na rua onde eu moro, tem um restaurante/café/bar. E para ir para onde for, tenho que passar lá em frente. O que acontece é que,a coisa de uns 3 anos para cá, reparei que tem um cara que está sempre lá com o seu grupo de amigos na faixa dos 20 e poucos anos, que fica me olhando fixamente. Inclusive já aconteceu de eu estar a passar e ouvir certas conversas e apostas que o encorajam, suponho eu, a vir falar comigo ou alguma coisa do gênero. Há semanas em que ele não dá as caras por aqui, mas há outras que até me surpreendem.

É claro que gosto da situação em si e que fico curiosa para saber qual vai ser a proxima ‘manifestação’ dele, mas a dúvida tortura-me. Será que ele sente alguma coisa por mim? Já lá vão uns 3 anos ou mais que ‘andamos’ nesse jogo de gato e rato.

mda banner 2

Ele só fica nos olhares, nas conversinhas baixinhas com os amigos e me deixa a nora.

Até mesmo fora desse restaurante, quando estou na rua e ele passa de carro por exemplo, as manifestações dele não se alteram.

Quando ele está sozinho, até correspondo aos olhares e até acho que ele já percebeu que eu sei do ‘joguinho’ dele.

Já falei com amigos homens a respeito de tal, para tentar perceber, e todos dizer que provavelmente ele é inseguro, tímido ou qualquer outra coisa, e que quem deveria ir falar com ele era eu, porém, eu não concordo: Ele não se mostra tímido ou inseguro quando não está com os amigos, muito pelo contrário, e quem começou com essa história toda foi ele, não eu. E se acontecer de ser eu a ir falar com ele e afinal ele não querer ou achar nada?

O facto é que morro de curiosidade pra saber o que vai na cabeça dele afinal.

Bessous.

SL


Olá SL,

Tudo bom? Saudações às nossas leitoras aí de Portugal, que cada vez mais, têm participado do Cérebro Masculino, e recentemente ganharam até um autor português, o Pedro.

Se ele é tímido ou inseguro, para falar a verdade, não importa. Ele não tem tomado a iniciativa, e você gostaria de conversar com ele, certo? Qual a solução? Se ele não vai, só resta você ir.

Não precisa ir falar com ele, pode pedir para o garçom entregar um bilhete com um “oi :)” e o seu telefone (preferencialmente quando ele estiver sozinho) por exemplo. Existem diversas outras maneiras de iniciar um contato. Seja criativa.

Realmente é chato levarmos um “fora”, mas se não convidarmos para sair, não podemos levar um fora, verdade?  Caso inicie uma conversa e a outra pessoa não demonstrar muito interesse, é normal, você não terá sido rejeitada e sua dúvida terá sido sanada.

Pode também perguntar alguma coisa a ele como as horas, algo sobre o que ele estiver comendo ou bebendo no restaurante, se mora por perto, a roupa que está usando, qualquer coisa. Apenas inicie a conversa, e conseguirá perceber, pela reação dele, se ele tem interesse ou não.

Caso ele não seja extremamente tímido e inseguro, ele fará o resto, caso você inicie o contato. Nos dias de hoje, é extremamente comum a mulher tomar a iniciativa. Algumas são mais diretas e outras nem tanto. Eu já namorei pessoas que tomaram a iniciativa, sendo indo falar comigo em baladas ou me adicionando no orkut. Caso não tivessem acontecido, provavelmente nem as teria conhecido.

Espero ter ajudado.

m beijo,

Doutor Neurônio.

Perfil do orkut (recém criado):

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6153601257327704676

AJUDE A MANTER O CÉREBRO MASCULINO NO AR. VISITE OS SITES PARCEIROS!

Siga-nos no twitter:
http://twitter.com/CerebroMasc
e saiba instantaneamente quando o blog é atualizado.

Envie você também sua história em www.cerebromasculino.com/contato que teremos o maior prazer em ajudá-la. O único local para enviar histórias é através deste formulário.

O que achou do artigo?

comentários

Um amigo que fala a realidade na cara, sem mimimi ou enrolação. Conta a mais pura e simples verdade, doa a quem doer.

3 comentários No Ele me paquera, mas não toma iniciativa. Devo ser eu a tomá-la?

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.