Entre aspas

Agosto de 2007, troca de olhares e um cartão de visitas na porta do meu carro. Tudo ótimo se ele não fosse casado. Passei a semana toda olhando aquele cartão e pensando em ligar ou não ligar… acabei ligando. Passamos a nos ver semanalmente, nos falamos todos os dias, ele me liga umas 20 vezes ao dia.  No inicio era uma atração e se tornou amor.

A parte que EU NÃO SABIA, e que foi contada por ele, é que ele sempre foi um galinha. Me contou muitas estórias, sempre sem divulgar nomes é claro. Mas segundo ele, saia com uma mulher por umas 5 ou 6 vezes e depois saia fora….e comigo ele foi ficando…

Segundo palavras dele a intenção dele comigo era comer umas 4 ou 5 vezes e sair fora, assim como com as outras… Isso já dura 2 anos e 9 meses. Em determinada ocasião fomos descobertos pela esposa dele, que eu conheço pessoalmente e de quem obviamente recebi uma ligação dizendo>  se ele me deixar, com você ele não fica, porque a vida de vocês será um inferno.

Ela própria me disse que eles não tem mais nada sexualmente, mas ela não vai me entregar ele de bandeja. Palavras dela. Na verdade oque está em jogo são alguns muitos $$$ que ela diz que não aceita dividir. Seria uma guerra e tenho a mais absoluta certeza que a partir do momento que ele tomar uma atitude as filhas se afastam e levam o neto junto.

mda banner 2

Conhecendo ele como eu conheço, sei que não seria feliz sem as filhas e o neto. Assim como sei que ela não nos deixaria em paz. Ai ele me diz que quer fazer com que ela canse e o deixe, sem brigas, sem perder a aproximação de ninguém da família.

Acredito no amor dele, só não acredito que um dia isso mude. A filha mais velha dele nos seguiu no dia do aniversário dele e pediu pra que ele se afastasse. Ele não se afastou e disse que se ela quisesse ele iria com ela mostrar e contar tudo pra mãe.

Se ele não me amasse porque continuaria comigo ?  afinal, sexo ele encontraria com facilidade por ai.


Márcio Oliveira
Márcio Oliveira

Olá S.

São inúmeras as relações que as pessoas estabelecem com pessoas casadas, especialmente homens e se tem dinheiro no meio é ai que a questão se expande, como se do dinheiro pudesse bancar uma “situação” de laços fora do casamento /namoro o que seja. O fato é que quando se entra em um contexto assim, tem-se não somente um relacionamento, mas um “contrato” imaginário vamos dizer assim. Nesse contrato existem regras e principalmente os papéis que as pessoas vão desempenhar diante da relação, ou seja, há sim uma forma de “controle” cujo objetivo principal é apenas conseguir o que se quer para si.

É assim que giram e “caminham” esses relacionamentos, até o momento em que alguém não consiga mais sustentar tal situação e toma alguma atitude. Ao que me parece você até que se sente passiva diante da sua situação e tenta ser compreensiva quando se tem os filhos no meio disso tudo. Isso tudo é errado? Isso tudo é certo? Não tem como dizer, mas tem como saber se o efeito dessa relação lhe causa algo bom ou não.

Se sua dúvida é apenas se ele te ama, pense e veja como ele te trata em todos os momentos,  seja em uma simples conversa e até mesmo no sexo. E esqueça promessas e possíveis tentativas de dar garantia de alguma coisa porque em termos de relacionamento, certezas são o que menos temos. Temos somente o que sentimos e o que o outro compartilha conosco. Por isso é tão difícil às vezes encarar um relacionamento e se entregar a ele. É claro que tem certas pessoas que nos passam mais segurança, mas o permitir-se é sempre uma escolha individual, e que venha o que vier pela frente.

Não conseguiria lhe responder se ele te ama, mas posso dizer que dentro dessa relação você tem um papel, mas qual será ele? E qual o papel dele em sua vida e em um futuro possível? Diante das dificuldades que você mencionou, elas denotam o preço que há por sustentar tal “acordo”, mas se vocês estão felizes e dentro dessas dificuldades há um encontro legítimo, próspero e sincero, penso: “Por que não?”, mas é uma escolha muito pessoal. Portanto, antes de se indagar se ele te ama, pense se o que você sente é capaz de sustentar tudo isso que vem junto com ele e tirando as promessas, quais seriam os objetivos dele em estar com você? Ir levando até onde der é algo muito vago, não necessariamente ruim, irá mesmo depender do que você sente com relação a vocês.

Márcio Oliveira

[email protected]
Meu
Blog: As Palavras

Tem pressa para receber sua resposta? Deseja
atendimento personalizado e ao vivo? Assine um Plano VIP.

Perfil do orkut (recém criado): http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6153601257327704676

Siga o Cérebro Masculino no twitter: http://twitter.com/CerebroMasc e
saiba instantaneamente quando o blog é atualizado.

Psicólogo, consultor de relacionamentos e quase Mestre pela USP-SP. Meio NERD, completo romântico, mas não abre mão de um intenso beijo na boca e um alinhamento entre coração, corpo e mente.

3 comentários No Entre aspas

  • Olha, complicado heim… Mas entendo, por que há uma ligação muito íntima entre vocês e não é um dia, são quase três anos juntos… Talves vocês se acostumaram um com o outro e não necessariamente se amem.
    É bem difícil sair de uma relação, mas as vezes é mais que necessário, é questão de amor próprio e de se dar uma chance a novas aventuras, novos amores, novos ares…
    Digo tudo isso, pq sei o q estou dizendo… Será que vale a pena proceguir dentro deste contexto onde não se sabe ao certo onde dará.

    Boa sorte!!!!! Toda a sorte!!!!

    Beijos!!

    Pathy 🙂

  • jaciara carreira

    Nossa Marcio você como sempre abrange todos os aspectos, muito bom.
    Quando se trata de homens casados são relações difíceis, por isso devemos evitá-las, no caso parece que ela já sabia que se tratava de um homem casado, deveria ter pensado melhor esses relacionamentos sempre trazem sofrimentos, existe uma família, e existe a amante que se apaixona e sofre também, mas ele sim que deveria saber resolver seus problemas conjugais e até a possìvel divisão de bens.
    Não somos donos de ninguém, não se segura uma marido com família ou dinheiro apesar de muitas mulheres pensar assim,não se rouba marido ou mulher, simplesmente as relações se desgastam e acabam, mas deveriam acabar com dignidade de ambos os lados.

  • Olá S.
    Isso me fez pensar na velha e exata ciência exata… a matemática.
    É sabido que 95% dos homens casados não se separam para ficarem com a amante.
    É quem disse isso sabe o que está dizendo, e como nós nunca devemos achar que somos exceção, as vezes é melhor nem arriscar.
    Pense nisso…
    Agora se você fizer parte dos 5% …de coração…desejo que seja feliz, claro que depois que resolver tudo, pois ficar num triãngulo desses nem faz bem a ninguém… eu acho né!
    beijuss 😛

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.