Esta coisa de boiar

Existem pessoas que passam a vida a boiar. E o que fazem elas para as considerarmos como tal? Muita coisa. Como por exemplo? Diversas situações.

O Luís Ricardo – note o caro leitor que o nome é falso por uma questão de ética – ainda a semana passada ficou completamente a boiar.

O encontro estava marcado para as 9 da noite e Luís estava absolutamente caidinho pela Sofia (que também é nome fictício). O jantar era em casa dela e o Luís apenas precisava de levar o vinho e boa-disposição.

Depois de um agradável jantar, sentaram-se os dois no sofá. Ela disse que estava extremamente cansada e colocou as pernas em cima do colo de Luís. Ele tirou-lhe os sapatos e começou a massajar-lhe os pés. As mãos foram subindo pouco a pouco. Até que o inevitável aconteceu. Luís inclinou-se para ela e os lábios de ambos tocaram-se.

mda banner 2

Após 2 minutos de beijinhos e carícias o celular de Luís tocou. Ele não atendeu, pois estava demasiado ocupado.

Instante depois, tocou novamente.


– Não será melhor atenderes? – Perguntou Sofia.

– Ok. Está bem. – Disse ele.

Foi para a varanda atender a chamada.

Alguns minutos depois, apareceu em frente a Sofia com uma cara diferente.

– Era o meu chefe. Surgiu uma emergência, tenho mesmo de ir… Desculpa…

E sem a deixar dizer uma única palavra, deu-lhe um beijo na testa, pegou no seu casaco e saiu porta fora.

Luís boiou em atender aquele telefonema e Sofia ficou a boiar no sofá ao vê-lo sair de sua casa.

Esta é apenas uma pequena historia (que realmente aconteceu) para mostrar ao caro leitor um exemplo desta coisa a que eu chamo de boiar. É apenas uma, das várias situações que existem na vida e que eu – ao longo da minha contribuição para este blog – irei transmitir-vos.

E a cara leitora, já alguma vez ficou a boiar?

Pedro Lino

[email protected]ebromasculino.com

2 comentários No Esta coisa de boiar

  • ih, Sofia…
    sai dessa vida de bóia e acha um que te faça descer as cataratas do Niágara

    xD

  • Ah eu já!
    Em momento ainda mais delicado do que este da Sofia, sabe o q vc é vc ficar olhando para o teto enquanto o “Luis Ricardo” atende o celular? Só que o que é pior: bem na tua frente! (pq vc sabe da história do chefe)
    Ah não, isso não é vida não… rs

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.