Há saída?

Preciso de sua ajuda ou acho que vou enlouquecer. Conheci o meu marido tinha só 15 anos, quando minha familia soube não concordou, pois ele tinha uma pésima reputação na cidade em relação a relacionamentos, mas mesmo assim fiquei com ele. Dois anos depois engravidei e ele não ficou comigo, continuávamos juntos só que cada um na sua casa. Acabei engravidando 3 anos depois e aí disse pra ele que ou ficavamos juntos de uma vez ou me deixasse em paz.

Fomos morar juntos onde estamos até hoje. Nossas vidas são marcadas por brigas constantes, ele é muito machista, arrogante, egoísta, possessivo e controlador. Nos separamos várias vezes eu sempre voltava para casa da minha mãe porque ele dizia que a casa era dele. A maior raiva dele é que ele não quer que eu trabalhe e como eu sou professora dou aula nos 3 turnos em cidades diferentes e tenho que ir e vir todo dia, ele fez eu perder 3 trabalhos porque disse ou você larga ou nos separamos,e eu sempre cedia as vontades dele.

Ele cobra muito e não me respeita, sai e não diz para onde, chega a hora que quer, dá em cima de outras mulheres inclusive tem uma mulher que liga para minha casa e ele finge que não é com ele, ele não é carinhoso e eu sinto muita falta de ter alguém de verdade, ele acha que dinheiro é tudo pois como ele é empresário acha que as coisas que me dá são tudo. O que ele quer é que eu não trabalhe e vá trabalhar junto com ele, mas eu já fiz isso e não deu certo.

Ele não divide nada comigo, o dinheiro que realmente entra ele guarda pra ele, se eu quiser tenho que pedir, implorar e ele mesmo assim não me dá,diz que é só besteira enfim. Quando ele inventa alguma briga passa dias sem falar comigo, sem dormir no quarto até com os filhos ele briga, não come nada que eu prepare, não faz as despesas de casa pois diz que eu trabalho e posso, enfim é um tormento, ele já me mandou embora dizendo que vai arrumar outra mulher que o ajude, mas eu não vou sair como já fiz outras vezes, no momento ele não fala comigo, diz para as pessoas que não tem mulher, viaja e não diz nada, é horrível não agüento mais viver nessa situação,não sei porque ele não vai embora de uma vez e me deixa .

mda banner 2

Por favor me ajude, não estou mais agüentando, amo muito ele, quero que nossa família não acabe pois sei que nossos filhos vão sentir muito mas do jeito que dá não agüento mais, já tentei conversar mas ele não quer conversa, promete que vai mudar e continua tudo igual e até pior,me ajude , me de uma orientação pois estou sem rumo, obrigada.


Márcio Oliveira
Márcio Oliveira

Olá L.,

Meu Deus, essa foi a sincera expressão que tive ao ler a sua história, mas foi um “Meu Deus”, não de comoção ou empatia, mas de certa indignação. E logo te pergunto, o que te prende a ele? Se mesmo diante de tudo que você disse sobre o que ele faz você ainda o ama, que tipo de amor é esse? E se realmente é um tipo de amor para você, não vou condená-la, apenas vou apontar que na verdade você está no lugar certo e não precisa nem sequer se separar.

Entendo que haja um sentimento de vontade de constituir e manter uma família unida, como fazer isso se não há realmente uma família? Se você realmente trabalha e tem apoio de familiares como a sua mãe, o que você está fazendo que continua vivendo com alguém que lhe faz sofrer dessa maneira? E é claro que há responsabilidade sua nisso. Se há problema com casa, filhos, ameaça ou qualquer outra coisa, há a lei para nos amparar, principalmente em casos relacionados à família, onde o governo procura cuidar com agilidade e atenção.

Se separar é realmente uma decisão difícil, procure ajuda por todos os lados, amigos, psicólogo, advogado, pois só haverá mudança se ela começar em você.

Um caso como o seu é nítido que a pessoa se mostra presa, amarrada que até  simples tarefa de avaliar o que é bom, fica sem opções e restrita aos sentimentos ruins. No início me veio sim uma certa indignação pelo que você esta fazendo por você mesma, permitindo que chegasse a esse tal ponto de sofrimento, mas por outro lado sinto o quanto é importante você se cuidar. Desejo que você faça desse momento da sua vida, apenas uma fase difícil.

Até mais!!

Márcio Oliveira

[email protected]
Meu Blog: As alavras

Tem pressa para receber sua resposta? Deseja atendimento personalizado e ao vivo? Assine um Plano VIP.

Perfil do orkut (recém criado): http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6153601257327704676

Siga o Cérebro Masculino no twitter: http://twitter.com/CerebroMasc e saiba instantaneamente quando o blog é atualizado.

O que achou do artigo?

comentários

Psicólogo, consultor de relacionamentos e quase Mestre pela USP-SP. Meio NERD, completo romântico, mas não abre mão de um intenso beijo na boca e um alinhamento entre coração, corpo e mente.

6 comentários No Há saída?

  • Nossa, o Márcio todo emotivo!!rsrsrs! 😉
    Mas é bem isso o que foi dito pelo Márcio! Coragem menina! Decida a sua vida! Decida ser feliz!
    Beijokas!

  • jaciara carreira

    Nossa essa estória me comoveu, e existem várias como essa.
    Você realmente precisa de ajuda e a maior que você pode receber primeiramente é de DEUS, depois é de você mesma é isso mesmo L,uma parcela do que passamos é nossa culpa, mas temos sim autoridade de reverter essa situação, pense que você não é a única que passara por isso e nem a única que vencerá isso tudo, porque você merece ser feliz todos nós merecemos, tenha fé pense positivo.
    Desejo muito que você consiga e depois de ser livre de tudo isso você pensará, por que não tomei essa decisão antes.
    L, existem relacionamentos que começam, outros conseguem recomeçar, e outros que definitivamente acabam, e pra mim o seu já acabou a muito tempo.
    Bom não posso terminar o meu comentáro, sem elogiar o profissional MARCIO OLIVEIRA, QUE CARINHO E ATENÇÃO ELE DÁ A TODAS A LEITORAS PARABÉNS.

  • Mulher!! cai na real.
    Pra que um homem assim?
    Vira a mesa, chuta o pau da barraca, as horas boas passam as ruins tb.
    Deus te dará força pra recomeçar. Nascemos pra sermos felizes, pensa nisso.
    L, começa cuidando da tua imagem pessoal isso vai levantar tua auto-estima e te dará força pra ir a luta.

    Bjss e boa sorte!!

  • Oi L.
    Eu entendo você, posso sentir o que você está passando nesse momento, eu poderia dizer para você agora…
    abandone esse homem, reconstrua a sua vida, busque a felicidade e outras coisas tão legais de dizer. Mas sei que está perdida, sem rumo. Não sabe qual a direção a seguir.
    Primeiro, antes de qualquer coisa, quando uma mulher decide mudar…tem que ser independente, não pode agir simplesmente obedecendo as vontades alheias, e as suas vontades…onde estão?
    Se procurar….vai encontrar dentro de você uma força muito grande, capaz de mudar toda essa situação, mas antes disso precisa começar a se amar mais. Está ai o segredo, pois quando nos amamos de verdade as outras pessoas também nos amam.
    O que você está vivendo não é uma comunhão, e você sabe disso, não sabe?
    E quando você não mantém a sua palavra em um relacionamento ou qualquer área da vida, você deixa de ser respeitada, as pessoas simplesmente não te ouvem mais. Talvez seja isso que tenha acontecido com você nessas intermináveis idas e vindas.
    Espero que realmente você consiga decidir a seu favor.
    beijuss 😉

  • L. acho que você sofre mais ao lado dele do que se estivesse sozinha, não dá pra viver com uma pessoa que te trate tão mal.
    Se você disse que trabalha, vá a luta é nas dificuldades que nos fortalecemos.
    Quanto mais você adiar o fim dessa relação destrutiva mais e mais você vai sofrer e seus filhos também.
    Cuide de você e deles, assim tenho certeza que a felicidade chega, ela chega pra todo mundo, fases ruins todos temos só depende da gente continuar ou não nessa.
    Bjão

  • Tive a mesma sensação do Márcio…Meu Deus! Menina, não dá p/ amar alguem que te trata assim! Cuida de você, dos seus filhos, da sua profissão e deixa essa pessoa sair da sua vida… vai doer no começo? vai. Mas “a dor é inevitável, o sofrimento opcional..”. Pode ter certeza que você ainda vai ser feliz!! Te desejo isso de coração.
    Beijos

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.