Lanchinho da madrugada!

`

Dizem que a verdade dói, e só sente a dor de uma verdade, aquele que está no engano, ou seja, na mentira. Muitas mulheres usam de um fetiche, ser a mulher cachorra, ou então escolhem ser vários tipos de mulher, e isso tudo para apenas agradar alguns homens que estão soltos por aí – já falamos sobre esses tipos de mulheres, num artigo anterior.

A verdade é que você não é uma cachorra, tanto que não vive de quatro fisicamente falando. De quatro você fica, quando decide negar o valor que existe dentro de você, e acaba fazendo de um tudo para ter ao menos uma migalha de atenção desse homem que ao invés de lhe amar pelo que você é, te usa quando quer e ainda por cima, te vê, te chama, te usa, como se fosse uma cachorra – ai não aceito!

Não adianta eu não aceitar, não adianta você ler e não colocar em prática. A verdade é que você deve se colocar no seu lugar, e viver a vida de maneira normal e plena. Não use de fetiches, nem tão pouco se anule para então, fazer a vontade desse que é um cachorrão. Pois a verdade é que ele nunca irá valorizá-la, ao menos que você faça isso primeiro. O outro só faz aquilo que nós o permitimos fazer, e essa é a hora de você sair dessa posição em que se encontra. Não fique de quatro por quem não te ama e nem te valoriza, mas fique em pé e seja você mesma. Ame-se e seja amada, respeite-se e seja respeitada. Caso assim não seja, para ele você será apenas um lanchinho da madrugada.

Thiago TF

[email protected]

mda banner 2

Siga-nos no Twitter:

@ttorreforte / @cerebromasculino


Thiago Torre Forte é carioca, escritor, palestrante, pedagogo; graduando em Psicologia e pós-graduando em Psicopedagogia. Diácono da Igreja Apostólica Unidade em Cristo (RJ), onde atuou como professor de classe de escola Bíblica, líder de célula, secretário executivo do CTPA (Centro de Treinamento Profético e Apostólico); secretário e tesoureiro do Departamento Unidade Jovem em Cristo; integrante da Coordenação pedagógica do Departamento Unidade Infantil e colaborador de estudos do projeto Amigos em Cristo (Obede Edom). Colunista do site Cérebro Masculino. Autor dos livros "Relacionamento é um Confronto; prepare-se para ele", “A Alegria vem pela manhã - começando bem o seu dia”, “Inimigos Interiores; vença-os e viva de forma plena, saudável e abundante” e “Marjorie, com o coração nas mãos”.

26 comentários No Lanchinho da madrugada!

  • Excelente texto, Thiago

  • Gentéeeemmm, foi só uma brincadeira usando um texto. Sim, sim, muitos irão dizer, mas é bíblico!
    Tudo bem, mr.p. poderia ter escolhido um outro, mas foi esse que lhe veio a mente na hora e caiu como uma luva para brincar um pouco!(não conseguiu outra inspiração, tadinho!rsrsr). Não vamos ser extremistas e aproveitar esse espaço pra relaxar um pouco. Não levem tudo a ferro e fogo! Vamos parar de levar a vida tão á sério, poxa! Beijos!!!

  • Dayane Esli

    Citar o livro sagrado até que muitas pessoas fazem, só acredito que deveria ser feito com respeito Mr. P. Pelo menos eu, não estou pedindo pra você parar de fazer isso ( que a liberdade seja respeitada), só acho que esse não é qualquer livro que você encontra por aí ou tem em sua casa, portanto, certas comparações não deveriam ser feitas…

    Não é minha intenção fechar esse comentário Doutor…

  • Paula Renata

    Thiago é a pura verdade kkkkk

  • Olha a confusão! Quem dá amor, recebe amor. Não semeia a violência haehuea.
    Tenham calma. O CM é um blog a favor da liberdade de expressão, por isso todos os comentários não ofensivos ou discriminatórios sao aprovados. Mas também é a favor do amor, da paz e das boas relações. Se houverem exaltações ou discussões mais sérias, teremos que fechar os comentários deste post específico.
    Ótimo sábado para todos!

  • Luisa Teixeira

    Esse lanchinhoooo tá começando a descer quadrado shuashuashua
    Que bom que o CM priva pela liberdade tantos dos autores como dos leitores.
    Parabéns ao moderador do blog.

  • Lidy Marins

    Com todo o respeito “que você não teve” Mr.p: Não fale do que você não conhece.

  • Garotas;
    Foi uma brincadeira, na qual peguei um trecho do livro “novo testamento” para justificar um pensamento.
    Isso é feito por grande parte das pessoas que se dizem falar em nome de deus. Padres, pastores, etc….. Em outras palavras, as interpretações literárias do livro são usadas de acordo com os interesses de cada um.

    Para mim, não há mal nenhum, mesmo não falando em nome de ninguém, tomar trechos de um livro para agregar divertimento a um texto ou comentário. Aos que se sentiram ofendidos, desculpem-me.
    Porém, nunca me furtarei de utilizar, quando bem entender, trechos literários que, para alguns, são considerados sagrados.
    Espero que as liberdades sejam respeitadas.

  • Mr P concordo com a Sara e a Dayane,discordo do que disse,o assunto em questão não tem nada a ver,não tem cabimento!espero que você me desculpe 🙁

    Thiago concordo com o que disse em se valorizar mais,e os homens tem que esperar sim o momento certo.Hoje em dia os homens conseguem sexo muito fácil,em qualquer hora,muitos acabam desrespeitando as mulheres, e é ai que temos que nos amar de verdade,e não deixar que esses babacas nos tratem como lixo!

  • Dayane Esli

    Na história da multiplicação dos pães,João 6:1-15, Jesus disse:

    “Dê de comer a quem tem fome”

    *Me desculpe, mas essa parte ao meu ver não faz sentido… Achei um absurdo essa comparação que você fez…*
    _______________________________________________

    Nos dias de hoje, poderiamos dizer que é uma questão de responsabilidade social.
    Porque se preocupar em fazer o bem?

    *Nossa, é pra tanto????*

    Daria pra você ser mais claro, me desculpe mas eu não consegui entender o real ponto de vista!

  • Mr. P me permita dessa vez discordar com a sua colocação. 🙁

  • É isso ai meninas, adorei o post Thiago. Parabéns.

  • Sara;
    Na história da multiplicação dos pães,João 6:1-15, Jesus disse:

    “Dê de comer a quem tem fome”

    Nos dias de hoje, poderiamos dizer que é uma questão de responsabilidade social.
    Porque se preocupar em fazer o bem?

    Thiago;
    Esse tema vai gerar um discussão sem perpétua!!!

    🙂

  • Luisa, O bicho pode até pegar, mas a verdade é que uma vez lanchinho não quer dizer lanchino para sempre. Errar é humano mas permanecer no erro, não é uma atitude inteligente! Se for preciso, vamos voltar a moda antiga colocando uma calcinha com chave na mulherada, para quando o bicho começar a querer pegar e entrar: estará tudo bem trancado, lacrado e fechado!

    Beijos

    Thiago TF

  • Luisa Teixeira

    Eu não duvidaria não Lidy…a noite o bicho pega!!!
    Só vendo para acreditar shuashua

  • Meninas, vocês estão bem afiadas… Estou gostando de ver!
    Mr. P, “notívagas famintas, e de quem é o lanche?”, gostei do comentário. Usarei como inspiração para um post futuro – você é demais!

    Beijos

    Thiago TF

  • Lidy Marins

    Ahh como eu duvido disso Sara . . . rss, aposto que eles estão a procura destas “lobas” kkk!
    Beijos ♥

  • Hummmm…esse é um ponto a ser discutido…
    Pois algumas mulheres já estão por ai vestidas de lobas e atacando.
    Nesse caso o homem é o lanche?
    Homem se preocupa com isso?
    Tá ai minha dúvida.
    beijuss 😀

  • Concordo com texto. Contudo, não podemos esquecer das “notívagas famintas”…. Daí, então, surge a famosa e pertinente pergunta: “De quem é o lanche?”

  • E verdade as vezes se fica tão preocupado em agradar, que acaba se passando uma imagem negativa.

  • Gente, o valor e o amor próprio é a base de tudo. Não me canso em dizer que só fazem conosco aquilo o que permitimos. Então, deixa esses caras que só querem transar e cair fora ir embora – tão simples! Se eles amam de verdade, vão aprender, a suportar a quem sabe esperar até as núpcias – depois do casamento – para então aproveitarem a melhor parte vamos dizer assim né. Para vocês o lema é: Valorização Já!

    Um Beijo

    Thiago TF

  • Temos que aprender a ser princesas e a nos valorizarmos, se nós não nos amarmos, quem irá nos amar? temos que nos amar o suficiente para poder dizer não a algo que nos faz mais mal do que bem. É melhor acabar com o sofrimento agora e sofrer menos pela perda do que continuar a estar nesta situação e no futuro sofrer muito mais.

  • e, antes que atirem a primeira pedra, entendi “lanchinho da madrugada” como “saídas eventuais, boa para ambos os envolvidos”

    Em resumo, acho q precisamos ser + lúcidas, interagir com a realidade, com os fatos! Nossa força diminue muito quando somos guiadas por nossas ilusões

    O post vlw de alerta! Bjs

  • Thiago,

    Você tem toda a razão quando alerta para que a gente não pareça aquilo que, na verdade, não é… mas sinceramente acredito que se você é você mesma e, enquanto está com o outro se sente amada, respeitada e admirada, não vejo problema nenhum em ser só na madrugada.
    Porque temos que buscar relações sempre iguais? cada se relaciona de um jeito… se for bom e estiver acrescentando, que venha!

  • Lidy Marins

    É verdade, vamos ser sinceras meninas: Quem nunca foi um lanchinho ao menos uma vez nessa vida não é? rss
    Mas eu deixei de ser a partir do momento que descobri em mim valores incalculáveis, descobri a que preço fui comprada na cruz e decidi sair do lixo e viver!
    E quer saber de uma coisa; estou amando isso tudo!

    Thiago, amei o post, serve de pisca alerta! *-*
    Beijos no ♥

  • Fiquei de lanchinho do meu ex por quase dois anos. Hoje, tenho vergonha disso, mas na época não me importava, contanto que estivesse com ele. Nós mulheres temos que nos valorizar de verdade, senão seremos tratamos como lanchinho a vida toda. Vamos nos respeitar, para que o outro nos respeite tbm.
    Adorei o post!! bjs

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.