LIVRO DA LEITORA DO MÊS DE MAIO

IMAGEM RETIRADA DE: mundalternativo.blogspot.com

Ricky Martin via estante

Existiam duas pessoas dentro de Enrique Martin Morales: o cantor de fama mundial Ricky Martin (de sucessos como ‘Maria’ e ‘Livin´ la vida loca’); e Kiki, o portorriquenho que, desde pequeno, queria ser artista. Mas, em dado momento, as duas personalidades entraram em conflito na cabeça de Enrique, que teve de optar por ser um só. E mais: assumir a sua sexualidade. Por isso, a biografia de Ricky Martin se chama ‘Eu’ (Planeta). Lendo-a, notamos que todo o livro foi construído de modo a que Enrique/Kiki/Ricky se assuma como uma só pessoa.

Ele começou muito cedo na vida artística, aos 12 anos, como integrante do grupo de rapazes Menudo – que, de certa forma foi a boy band pioneira -, já que foi formada no final dos anos 1970, bem antes que surgissem outros grupos como New Kids on The Block, Boyz II Men, N´Sync, Take That e tantos mais, ao longo dos anos 1980 e 90. Apesar de servir para contar como foi a sua escalada rumo à fama.

Para o grande público, é curioso saber que, entre sua saída do Menudo e o estouro como cantor solo, Ricky morou por cinco anos no México onde começou a atuar em novelas locais (o que, mais tarde, abriu as portas para que ele fizesse o mesmo na TV americana, em inglês, na longeva ‘General Hospital’).  Outra revelação curiosa do livro é saber que quem está por trás de seu estouro na carreira solo é seu ex-companheiro de Menudo, Robby Rosa, que virou produtor e foi o responsável pela criação do hit ‘Maria’, a música que deu início à grande virada em sua carreira (e que os executivos da gravadora acharam que não daria certo, pois queriam tansformá-lo num cantor/galã romântico, a la Enrique Iglesias).

mda banner 2

E o livro segue assim, com Ricky contando das lições que aprendeu na vida, do reforço da sua espiritualidade após uma viagem à Índia (ele sempre foi adepto dos ensinamentos de Ghandi), mas sem descrever nenhum momento romântico/sexual picante (não há escândalos notáveis em sua vida) ou dar nomes – só os de seus filhos, Valentino e Matteo, são citados -. Por isso, ‘Yo’ (no original), vai interessar mais aos fãs do astro ou a quem gosta de ler biografias pop. O autor, num clima meio auto-ajuda, espera que o livro possa inspirar outras pessoas a enfrentar os seus medos e seguir em frente com suas vidas. Uepa!

Sara Mel

[email protected]

http://twitter.com/Sarammel

http://www.facebook.com/profile.php?id=100001624131488

http://textosdasara.blogspot.com/

COMENTÁRIOS ADICIONAIS: Fonte de pesquisa: oglobo.globo.com/…/rickymartin-sai-do-armario-via-esta


Jussara de Melo, escrevo nas categorias crônicas e poesia e espero utilizar esse espaço como forma de recuperar o romantismo, a sensibilidade e a formosura feminina que nós mulheres todas temos dentro de nós. Nos meus textos você encontrará: amor, desejo, emoção, fantasia, esperança e muita paixão. Frase preferida: Antes de falar, escute. Antes de ler, pense. Antes de criticar, espere. Antes de orar, perdoe. Antes de desistir, tente. E-mail: [email protected]

8 comentários No LIVRO DA LEITORA DO MÊS DE MAIO

  • Pensa bem Ly hehehehehe… Idolo é só para manter em uma estante e nada mais que isso!
    Ah…eu o vi num show aqui em Sampa dançando “sensual” com uma bailarina do grupo, na época até pensei acho que é “espada”, mas olha continuo gostando do Rick e de suas canções do mesmo jeitinhuuuuu
    beijuss das sara 🙂

  • Sarita na boa,acho que não gostaria de ler esse livro não kkkk
    Meninas é uma decepção mesmo..sempre achei o Rick Martin lindo,o homem dos sonhos rs

  • Bruna… buscar o Rick nos correios foi algo necessário senão amiga ele voltava pra mim e eu nem devolvia hehehehehe 😉
    Então…lendo esse livro pude perceber que as vezes vemos as coisas apenas por um único angulo, no caso dele hoje o comentário geral é sobre sua sexualidade, mas como você disse ele teve uma vida tão normal como qualquer um de nós, com problemas, alegrias, tristezas, realizações, decepções, acertos e erros. Por isso que devemos abrir nossos olhos para ver além do que parece ser.
    Fiquei super feliz em ter acertado na escolha.
    Ah…os livros andam rebeldes ultimamente, o da Reysi voltou ontem aqui pra casa hehehehe… 😉 mais um fugitivo!
    beijuss da sara:D

  • Sara Amiga….
    Eu simplesmente adorei o Receber este livro.(fiu busca-lo à unha mesmo…)
    .adoro biografias..e do Rick então….uau..
    Eu adoro ele… desde pequena… como te disse eu era a ”namorada” dele.. quando ele ainda cantava.. ”nao se reprima.. nao reprima..
    Estou lendo… e adorando… a vida dele é uma LIÇÃO de vida….ele sofreu anos calado..
    uma repressão… ele que cantava .. ”nao se reprima”… chegou um momento que disse chega!.. abriu o coração…. e se libertou…..
    como tantos, foi criticado por muitos e continua sendo amado por outros tantos ainda!
    Levando a vida como ele sempre quis agora… é um super Pai…
    se vc assitir a uma entrevista com ele.. com os gêmeos tenho certeza que vai se emocionar…. toca ao coração…
    ele é sensível… boa gente… e lindo …aiaiia….( cade o bicao…),…
    entao…AMEI Sara.. obrigada pele presente….
    um grande bjo..
    eu recomendo o livro pra quem gosta de se emocionar com uma lição de vida

  • Substitui ele pelo ator que faz Capitão América Reysi…garanto que é uma troca interessante heheheheh 🙂

  • Não sou uma pessoa que tem ídolos, mas eu gostava de dançar Maria,hahaha. Fiquei chocada quando ele assumiu a sua homossexualidade,não só porque eu pensei, (putz, menos um lindo na minha lista (hahaha, até parece)), mas por ele ser uma pessoa pública, que é um sexy simbol feminino, muita coragem,merece troféu joinha!!!

  • Ly… nesse livro o cantor não apenas fala de sua sexualidade, ele conta sua história relatando os bastidores da época em que era integrande do Grupo Menudo, seu relacionamento com a familia e também sobre os projetos humanitários que faz parte. Eu também pensei que fosse ler um livro escandaloso, mas não. Espero que nossa leitora do mês tenha apreciado a minha escolha hehehe.
    beijuss da sara 😉

  • Quando Rick assumiu sua homossexualidade eu achava que fosse puro marketing,mas depois que vi as fotos nos sites de fofocas de celebridades me choquei.mas é a vida neh?!rsrs

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.