Minha Sincera Acidez IV

Conheci um rapaz que vem a trabalho todos os dias na empresa onde trabalho. Estava casada e ele sempre me cantando. Quando ficou sabendo que eu me separei, ele se declarou e me convidou para sair. No dia combinado, ele me ligou quinze minutos antes dizendo que o carro quebrou e não podia vir. Fiquei muito chateada. Ele explicou, e, combinamos outro dia. No dia combinado, ele inventou uma desculpa e não veio.

Todos os dias ele me manda mensagem pela manhã e à noite fazendo declarações. Eu já dei vários foras. Esta semana disse que tem medo de mim, que misturou as coisas, que não queria casar. Disse que sabe que não vai conseguir, apenas, se divertir, que eu sou mulher pra casar etc… Fiquei muito confusa. Será verdade?

A verdade é que ele não vai te pegar. Seja porque é comprometido, ou porque é medroso, sem confiança, sem autocontrole, etc… Independentemente do(s) motivo(s), ele é tipo o espelho da estória da branca de neve, só serve para elogiar e mais nada. Bota a fila pra andar.


Tenho dezenove e meu namorado trinta anos. Namoramos há seis meses. Ele mora na cidade vizinha. Sinto muitas saudades, porque ele não vem muito a minha casa. Quero muito que ele me chame pra morarmos juntos. Quando brigo com minha mãe e fico muito triste, ele sempre chama, e diz que: Quando eu sentir que a situação está insuportável, eu posso pegar minhas coisas e ir morar com ele.

Porém, não sei se devo. Penso na reação dos meus pais. Como posso falar com ele sobre isso? Eu penso em ir e dividir tudo. Ajudá-lo com as despesas, mas nem sei como começar a falar sobre isso.

Como falar com o namorado? O Próprio, já, te chamou. Como você é maior de idade, se quiser sair de casa, seus pais não poderão te impedir. Você não iria continuar morando com eles, só porque eles ficariam “nervosinhos”, caso você saísse de casa.

Porém, para sair de casa, é necessário ser independente financeiramente, ou, pelo menos, estar iniciando essa independência com boas perspectivas de futuro, ter um bom emprego, senso de responsabilidade… Coisas, hoje em dia, difíceis para uma pessoa de, apenas, dezenove anos.

Você pode entrar pela porta da casa do seu namorado e ser, perpetuamente, a mulher mais feliz do mundo. Como, também, pode sair, tão fácil como entrou, em uma semana… Caso isto aconteça, é necessário ser estável financeiramente para morar sozinha, ou você pretende voltar para a casa dos pais e esperar o próximo para brincar de casinha?

mda banner 2

Mr. P

Empresário, administrador, jurista e escritor. Adora filosofia, psicologia, história e musculação. Crê que o "caminho da vida" é a busca da evolução perpétua. Escreve e responde dúvidas sobre os mais variados assuntos.

2 comentários No Minha Sincera Acidez IV

  • Thay Amorim,menina que triste sua historia,mas ainda bem que foi apenas um ano,siga a sua vida,pense se vcs tivessem construido uma vida juntos e a ex dele voltasse,seria muito pior entao aprenda com os erros e nao se ”sacrifique”tanto por mais ninguem,esse cara nao te merece,deixa ele viver a vidinha mediocre dele ao lado da ex. bjos e boa sorte 🙂

  • thay amorim

    Olá, recentemente fiquei solteira, pois, em um dia eu e meu namorado estavamos fazendo planos, ele disse que me amava e estavamos muito confiantes Mas nem tudo sâo flores a ex dele ficou sabendo da nossa felicidade e resolveu voltar.
    Estou realmente muito triste, pois, meu mundo caiu e o pior eu não esperava, eles namoraram durante 5 anos e estão separados a quase 5, ela é rica e ele é pobre, ele já foi muitas vezes humilhado por ela e sua família pelo fato de não poder dar a vida que ela sempre teve.Sinto que ele tem um orgulho ferido por tudo que ele passou quando era mais jovem.
    Acho muito injusto por que muitas vezes dormi no chão e dividi meu prato de comida com ele para agora que ele está com uma condição melhor ela vir procura-lo e ele abandonar nosso 1 ano de namoro por um passado mal sucedido e que só o feriu.
    Sinto muito sua falta e as vezes me pego chorando de ssaudade, mas o que posso fazer? Não posso obriga-lo a ficar do meu lado, dei um tempo, afinal o namoro deles anda bem e no ínicio tudo são flores, mas queria muito reconquista-lo e que ele se curasse de uma vez por todas dessa mulher. Quero reconquista-lo e peço opiniões, porque o perdoei, não guardo nenhum rancor e quero vida nova apartir de agora, pois, o amo muito e ainda tenho esperança.
    obrigada, T.

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.