Não me divorcio apenas por fatores financeiros

Olá garotas,

Em primeiro lugar, um feliz natal. Desejo que aproveitem esse dia com a família, namorado, ficante, amigos, e com todas as pessoas que realmente importam. E que a felicidade de cada uma irradie tanto que acabe contagiando todos ao seu redor. Que relembrem o motivo de comemorarmos o dia de hoje: o nascimento do maior homem que já existiu: Jesus Cristo. Espero que se espelhem nas Suas atitudes de bondade, fidelidade, honra, afeto, amor ao próximo e, acima de tudo, obediência ao Pai, nosso Deus.

Bem, n post  Como saber se ele realmente me ama, a leitora G.A., postou um comentário. Eu acredito que deva fazer um outro post sobre isso, já que os comentários aqui do blog são praticamente escondidos (em breve vou arrumar isso, só preciso de tempo). Então este post é a continuação do post acima citado.

“Olá! Nossa, adorei sua resposta…..muito obrigada, mas não é tão simples assim, DR.
O meu casamento, ou vamos dizer, meu amor, acabou há muito tempo.
Não me divorciei ainda por falta financeira. Tenho dois filhos e dependo totalmente dele porque ele nunca deixou trabalhar. Quando eu falava que ia arrumar um trabalho, ele falava que se eu fizesse isso, nos separávamos. Ele é uma pessoa muito ruim, muito ignorante, egoísta, me humilha muito. Vivemos brigando todos os dias. Ele é 23 anos mais velho. Nossa, Dr., não estou mais aguentando.
Por favor, preciso de uma resposta de você que é uma pessoa mais vivida e experiente. e o pior é que estou gostando da outra pessoa que falei pra você. Me responda, você é meu anjo da guarda.
beijos, aguardo resposta

mda banner 2


Olá. G.A.

Fico feliz por ter gostado da resposta e agradeço os elogios.  Peço desculpas por ter demorado tanto para postar sua resposta, mas o blog anda sobrecarregado. E como tenho estado bastante ocupado, acaba levando tempo. Hoje vou tentar adiantar uns posts.

Veja bem, se teu amor acabou há muito tempo, você tentou recuperá-lo de todas as formas, mas não obteve sucesso, não vejo outra alternativa senão terminar o relacionamento. Para você, a única coisa que dificulta isso é o problema financeiro. Mas está parecendo mais desculpa que motivo.

Além da pensão legal que ele vai ter que pagar, você pode achar um emprego. É até bom para realmente fazer o que você tanto quer: o divórcio… você começa a trabalhar, ele fala que quer se separar e você concorda. Se ele queria apenas te amedrontar com ameaças de separação, então mostre que você não tem medo delas . Ele pode ver que você não vai mais aceitar ser mandada em todas as áreas, e acabar mudando. Talvez até melhore o casamento. Se não melhorar, você vai conseguir o que você deseja: ele também querer o divórcio.

E sobre a pensão, é obrigação legal e dá cadeia caso ele não pague. E esses problemas sempre se resolvem rapidamente na justiça.

Vai ser difícil? Sim, mas a sua vida está fácil agora? Você gosta de acordar deprimida e de ter que dormir ao lado de quem não ama? E pior, está fazendo algo horrível como trair seu marido. Você se sente confortável com a situação?

O que eu quero falar é que tudo tem solução. Você tem medo que a sua situação piore, mas existe algo pior que ser infeliz, e estar deprimida? Nós nascemos para sermos felizes, Deus nos enviou para este mundo com este objetivo: sermos felizes. Se não estamos nos sentindo desta maneira, algo está errado. Procure sua felicidade.

Se gostou da resposta, clique nos links:)

AJUDE A MANTER O CÉREBRO MASCULINO NO AR. CLIQUE NOS LINKS!

Siga o Cérebro Masculino no twitter: http://twitter.com/CerebroMasc e saiba instantaneamente quando o blog é atualizado.

Envie você também sua história para [email protected] que terei o maior prazer em ajudá-la.

AGORA TENHO MSN: [email protected]

Um beijo,

Doutor Neurônio

Um amigo que fala a realidade na cara, sem mimimi ou enrolação. Conta a mais pura e simples verdade, doa a quem doer.

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.