O fantasma

Gostaria primeiramente de agradecer pela oportunidade, e dizer que gosto muito do site, e sempre que posso acompanho os posts do blog. O meu “problema” e motivo por que escrevo é a dificuldade que venho enfrentando para lidar com um fantasma que vive me assombrando. Deu pra entender, né? Terminei com o meu ex-namorado há quase 5 anos e até hoje ele insiste por diversos meios em manter contato comigo.

Para que possa entender, na época em que terminei com ele estava totalmente desencanada, não aguentava mais o relacionamento, ambos tínhamos 27 anos, só que vivíamos realidades/momentos diferentes. Eu, trabalhava, fazia minha pós graduação, tinha uma vida super corrida, etc. Ele por sua vez, vivia entre o Brasil e outro país (não vou citar para não comprometer a pessoa) as voltas com o seu mestrado, que na época já andava no 3º ano em que arrastava o curso (pasme, hoje tem 8 anos que ele ainda não terminou!!). Trabalho de verdade, não existia na vida dele, apenas bicos de estrangeiro (lavar, servir, etc).

De verdade, me cansei daquela situação e dei um basta, porque realmente deixei de gostar dele aos poucos, além das decepções que sofri com as constantes traições, depois de 4 anos de namoro. Quando retornei a ativa, totalmente solteira, tentei recuperar todo o tempo “perdido”, e posso dizer que me diverti muito, curti muito com as minhas amigas e paqueras, até que logo em seguida encontrei o meu marido, numa balada. Posso dizer que foi amor a primeira vista mesmo, e como tenho sorte foi recíproco. Logo depois de 6 meses juntos, eu e o meu marido decidimos morar juntos. Passados mais 2 anos, decidimos nos casar oficialmente e assim permanecemos até hoje (4 anos de relacionamento). Posso dizer que vivo sim uma linda historia de amor com ele, situação que nunca imaginei viver, porque sempre fui uma pessoa muito pratica, sabe, não era de me apaixonar facilmente, e agora vivo plenamente um amor verdadeiro.

Enfim, desde que terminei com aquele ex e atual fantasma, ele insiste em manter contato comigo, só que eu não tenho o menor interesse nessa amizade, além do meu marido não gostar nem um pouco dessa situação. Ele me procura das mais diversas maneiras (tive que mudar meus telefones), tanto por amigos como por e-mail, orkut, parentes (meus pais e irmãos), até meu ex-chefe ele procura, e insiste sempre que quer ter uma amizade comigo. Poxa, sabe, estou de saco cheio, porque a pessoa não enxerga que não há possibilidade de haver amizade quando um dos lados não está interessado! Fora que é muito desagradável para o meu marido, que não gosta nem um pouco de saber disso, não quer nem ouvir falar dele.

mda banner 2

Gostaria de uma ajuda, conselho, opinião sobre como lidar com esse problema, pois até o momento o que tenho feito é ignorar as tentativas dele (depois de um bom tempo dizendo que não estava interessada em amizade), não respondendo os e-mails e pedindo pra todos que ele procura desculpas pelo incomodo. As vezes acho que ele tem algum problema grave, pq não é possível que depois de tanto tempo a pessoa não tenha seguido sua vida, e permaneça incomodando a vida dos outros!! Enfim, se for possível, aguardo uma resposta. Obrigada!!!

 


Olá S.
Meus parabéns pela linda história que você e o seu marido compartilham juntos. Com relação ao seu problema, infelizmente a solução contra fantasmas é a de ignorá-los e tentar ao máximo não fazer qualquer contato.

Eu entendo que se trata de uma situação constrangedora e que consome nossa energia porque gera um estresse que incomoda e muito. Será que não adiantaria de repente ter uma conversa muito séria com a família dele? Para que eles possam lhe ajudar no sentido de conversar com ele para que pare com toda essa insistência? Ou alguém muito próximo a ele? Talvez sejam alternativas viáveis e que não exijam muito de você.

Infelizmente algumas pessoas não conseguem se desligar de outras pelo forte motivo do apego. Não conseguem medir a dimensão que o apegar-se tem e o quanto isso pode nos fazer mal porque nos prende demais a um alguém que tem que estar na nossa vida porque se sente a vontade, porque quer, porque ama, porque escolhe estar e não porque nos preenche algo ou porque queremos que ela esteja simplesmente, isso é desconsiderar o humano, o sujeito, a individualidade. E para isso recomenda-se terapia, para lidar melhor com os relacionamentos de modo que não proporcionem um desgaste mental assim porque acaba invadindo a vida alheia e causando desconforto.

Inclusive consultei um advogado sobre a sua situação. Gostaria de lhe pedir desculpas pela demora na resposta. Observei que você enviou sua história para dois dos nossos emails mas é que realmente queria ter uma análise não somente da minha área. Enfim, o advogado me disse que legalmente não há o que fazer contra isso, a não ser que hajam uma das duas situações:

1 – Situação de constrangimento: se existir isso e você conseguir provar é possível mover uma ação por danos morais, mas tenha muita cautela e consulte um profissional competente para lhe orientar sobre isso de modo que você não faça nada movida pela raiva ou cabeça quente.

2 – Situação de ameaça: se há ameaça você pode registrar um boletim de ocorrência em alguma delegacia e também entrar com uma ação judicial para que ele mantenha distância de você.

Bom, é claro que são situações delicadas de serem tratadas, mas que temos que pensar em vista do problema que você esta vivenciando. Espero que possa tê-la ajudado.

Até mais!!

Márcio Oliveira
[email protected]

Meu Blog: As Palavras

Perfil do orkut (recém criado):

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6153601257327704676

AJUDE A MANTER O CÉREBRO MASCULINO NO AR. VISITE OS SITES PARCEIROS!
Siga-nos no twitter:
http://twitter.com/CerebroMasc
e saiba instantaneamente quando o blog é
atualizado.
Envie você também sua história em
www.cerebromasculino.com/contato
que teremos o
maior prazer em ajudá-la. O único local para enviar histórias é através deste
formulário.

Psicólogo, consultor de relacionamentos e quase Mestre pela USP-SP. Meio NERD, completo romântico, mas não abre mão de um intenso beijo na boca e um alinhamento entre coração, corpo e mente.

3 comentários No O fantasma

  • incrível, Márcio, excelente resposta…
    eu estava pensando nisso lendo a resposta dela…
    que o único jeito é um quadro de perseguição ou constrangimento.
    realmente aconselho a procurar um advogado.

  • Completa, completa, completa a resposta, Márcio!! Acho incrível os esforços q vc faz por ajudar!
    Parabéeeens!!

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.