Preciso dizer que te amo

Às vezes não conseguimos dizer à pessoa que amamos tudo o que ela precisa saber, nós os românticos contamos com a ajuda das estrelas e do vento para fazer isso por nós.

Algumas pessoas contam também com a música, com os versos, e hoje com as redes sociais. Utilizamos os meios de comunicação para extravasar nossos sentimentos, nossas emoções e desejos; e esperamos que a outra pessoa compreenda que é para ela que aquela mensagem está sendo compartilhada. Aliás, contamos com isso, achamos que a pessoa em questão vai estar disponível em sua casa frente a um computador esperando aquela mensagem e claro que o “curtir” significaria que ela recebeu e também sente o mesmo.

Tão fácil e tão prático!

Será que nos acovardamos, ou a expressão verbal, o toque, o cheiro, o brilhar dos olhos, o tremor das mãos, o suor excessivo, a vermelhidão do semblante, deixou de ser essencial para podermos enfim sentir o amor?

mda banner 2

Antes ouvíamos mulheres questionando o “por que ele não me liga?”, hoje o terror é “por que ele não me “curte”“? Enfim, continuamos esperando que o outro nos responda algo que muitas vezes dizemos através de códigos femininos e que alguns homens não decifram de jeito nenhum.

Como decifrar um olhar apaixonado, um sorriso sedutor, um abraço mais apertado se está cada vez mais tempo em contato com máquinas. Como sentir essas sensações diante de uma tela?

Temos amigos virtuais que muitas vezes mais companhia nos faz que os que perto de nós vive. Sim, eu tenho e – amigas que tanto me ouvem quanto sou ouvida quando necessito. Não que eu não tenha pessoas ao meu redor, mas parece que nos sentimos mais protegidos quando não vemos os olhos, quando podemos a qualquer tempo simplesmente desconectar e voltar em outro momento e simplesmente deletar a conversa.

Nessa mesma linha de pensamento alguns de nós age também com pessoas que foram ou ainda são importantes na nossa vida. Marcamos encontros, pedimos um tempo no relacionamento, reclamamos, choramos, compartilhamos indiretas, terminamos relacionamentos e dizemos o que na verdade não temos mais coragem de dizer pessoalmente, olho no olho. Achando que talvez assim a pessoa sofra menos.


E exageramos, quando declaramos nosso amor dessa mesma forma indireta, intangível e imaginamos que a outra pessoa o sinta da mesma forma que seria se o fizéssemos pessoalmente.

Morremos de medo do fora pessoal, da negação direta do amor. Encontramos um novo meio de proteção virtual, porque nesse sentido a dor é sentida e somente nosso PC nos é por testemunha.

Precisamos voltar a dizer o “amor” como ele merece ser dito, precisamos voltar a sentir o amor como ele deve ser sentido, a dor, a alegria que ele proporciona nos fazem humanos, somos diferentes das pedras, somos seres criados para o amor.

Preciso dizer que te amo…

Existe frase mais linda que essa?

[email protected]
http://twitter.com/Sarammel
http://www.facebook.com/profile.php?id=100001624131488
http://textosdasara.blogspot.com/

Jussara de Melo, escrevo nas categorias crônicas e poesia e espero utilizar esse espaço como forma de recuperar o romantismo, a sensibilidade e a formosura feminina que nós mulheres todas temos dentro de nós. Nos meus textos você encontrará: amor, desejo, emoção, fantasia, esperança e muita paixão. Frase preferida: Antes de falar, escute. Antes de ler, pense. Antes de criticar, espere. Antes de orar, perdoe. Antes de desistir, tente. E-mail: [email protected]

7 comentários No Preciso dizer que te amo

  • ha! é a ana melissa do cel raul brasil!

  • lembra de mim a melissa então voltei professora diferente agora casada e muito realizada e todos os dias digo ao meu marido que o amo muito amo o que escreve acho chique! beijos…

  • Gente…eu precisava dizer isso também hehehehe
    beijuss e obrigada pelos comentários

  • Como diria Cazuza: “E eu não sei que hora dizer… e dá um medo, que medo. É que eu preciso dizer que eu te amo… te ganhar ou perder sem engano…”
    Acredito mesmo que a internet nos deixa mais soltos, falamos o que temos vontade, afinal… não estamos “face to face”e a timidez vai embora…
    Eu mesma uso bastante esse recurso no meu blog… uso-o como válvula de escape, pra dizer coisas que estão presas em minha garganta e em meu coração… mas não dispenso a presença… o olho no olho, o toque, o cheiro… aquela eletricidade gostosa… e se não conseguir dizer… o corpo fala… entrega…

  • hoje as pessoas se esqueceram do verdadeiro amor.Aquele amor de olhar realmente dentro dos olhos e sentir o que o outro quer demonstrar as vezes se no olhar….

  • Obrigada Su…esse negócio de achar que o virtual é tudo não concordo, claro que hoje devemos conviver com as novas tecnologias, mas fazer dela seu único modo de comunicação não deixa de ser um exagero.
    beijuss da sara 🙂

  • Que lindo Sara Mel…amei seu texto e concordo plenamente com tudo que foi muito bem escrito…o amor em que forma for expressado, sendo verdadeiro é o que importa…hoje em dia os relacionamento está muito necessitado desse amor…algo tão simples mais ao mesmo tempo tão complexo de entender…

    Parabéns!!!

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.