Que venha!

Nesse meu ultimo post do ano, não pensei muito no que escreveria, mas não seria repetitivo ao ponto de fazer como a maioria faz. Desejar um feliz ano novo, com muita saúde, paz e por ai vai. O que deixo é o singelo pensamento sobre o que pensar do ser humano. Se é algo que tenho aprendido com esse blog e até mesmo ao longo desse ano que passou, é que a convivência humana está muito longe de ser uma ciência exata. A sua diversidade pode ser comparada a diversidade das estrelas espalhadas pelo infinito espaço e que as possibilidades de encontros e desencontros tem a mesma chances de acontecerem.

Falar é importante, escutar é primordial e é melhor ainda quando conseguimos isso com alguém que gostamos e somente através dos olhar. Que possamos entender que o amor é atemporal, que a felicidade é atemporal e que tudo que temos está aí, ao nosso alcance, entender que o tempo das coisas não é o cronológico é perceber a importância do amadurecimento para a nossa caminhada, e que um amor, daqueles sinceros, daqueles intensos, daqueles que nos marcam pode realmente acontecer. Que possamos ter olhos para ver adiante do sofrimento, porque ele é apenas uma condição, e passa.

Que todos sejam mais corações, e com razão.

Que venha 2011! Um abraço a todos!

mda banner 2

Márcio Oliveira

[email protected]
Meu
Blog: As Palavras

Tem pressa para receber sua resposta? Deseja
atendimento personalizado e ao vivo? Assine um Plano VIP.

Perfil do orkut (recém criado): http://w
ww.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6153601257327704676

Siga o Cérebro Masculino no twitter: http://twitter.com/CerebroMasc e
saiba instantaneamente quando o blog é atualizado.

Psicólogo, consultor de relacionamentos e quase Mestre pela USP-SP. Meio NERD, completo romântico, mas não abre mão de um intenso beijo na boca e um alinhamento entre coração, corpo e mente.

1 comentários No Que venha!

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.