“Santa” Indecisão

Olá,

Acompanho o site há um bom tempo. E gostaria de compartilhar uma  experiência que tive. Estava em inicio de namoro, muito feliz por sinal. Quando um belo dia, eu “estraguei” com tudo ou não(não sei ao certo). Ele queria me levar para conhecer os pais e eu sempre dizia para esperarmos um pouco. E isso estavamos caminhando para o segundo mês de namoro. Ele mudou comigo, não sei se foi a forma que eu falei. Ele se afastou e quando eu falei com ele, o mesmo me disse que algo mudou dentro dele e não sabia se era mais pra ficarmos juntos. Para mim foi um choque. Falei que se ele gostasse de mim de verdade, isso não era motivo para ele pensar em terminar.

Ele é muito família. Passado alguns dias marcamos de nos vermos e conversarmos. Eu terminei, porque ele não sabia dizer se queria que continuássemos alegando ter medo de me “iludir” e ver mais a frente que não era isso que queria, mas também de terminar comigo e acabar se arrependendo. Complicado não? Ele o tempo todo alegava estar confuso. O que eu posso concluir disso? falta de maturidade de não querer assumir uma responsabilidade? ou falta de sentimento(fogo de palha)? enfim…ele parecia tão dedicado e do nada o quadro se reverteu. Ele quer minha amizade..e isso para mim é complicado…

Ajude-me a entender.

mda banner 2

Obrigada desde já.

 


Olá D.,

Olha, às vezes eu acho que os homens é que são meio atrapalhados viu. Eu não creio que você estragou algo no seu relacionamento quando apenas disse ao seu namorado que seria melhor esperar um tempo para que você fosse apresentado à família dele. Sem contar que é apenas um mês de namoro, mas vocês curtiram isso a dois e já estão envolvendo família. Sei não. Porque namorar é algo que dá uma imagem para as duas pessoas, ai a família já vem com questionamentos, impressões e é claro, envolvimento. Não que não seria legal apresentar-se para a família dele, mas você mesma disse que seria melhor esperar um pouco e se você pensou nisso, com certeza teve os seus motivos.

Apresentar alguém para família é conseqüência do fato do casal se dar bem e querer investir verdadeiramente no relacionamento a dois. Estranho mesmo ele vir com uma conversa que tem medo de iludir e ver mais a frente que não era isso que queria, ué mas quem sabe? Quem é que tem plena certeza? A não ser que ele tenha tanta dúvida sobre esse namoro que prefere levar as coisas em banho Maria. Não acho complicado, acho muito indeciso isso sim. Essa coisa de que algo mudou dentro dele e que não sabia mais se era para ficarem juntos tem que ter vindo de algum lugar e com um porque.

Esquisito mesmo porque com essas frases enigmáticas até a mulher mais decidida fica na dúvida. O jeito é sentar e conversar claramente com ele bem ao estilo Zeca Bordoada da TV pirata (http://www.youtube.com/watch?v=FaOelibhD1k)

Até mais!!

Márcio Oliveira

[email protected]
Meu
Blog: As Palavras

Tem pressa para receber sua resposta? Deseja
atendimento personalizado e ao vivo? Assine um Plano VIP.

Perfil do orkut (recém criado): http://w
ww.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6153601257327704676

Siga o Cérebro Masculino no twitter: http://twitter.com/CerebroMasc e
saiba instantaneamente quando o blog é atualizado.

Psicólogo, consultor de relacionamentos e quase Mestre pela USP-SP. Meio NERD, completo romântico, mas não abre mão de um intenso beijo na boca e um alinhamento entre coração, corpo e mente.

7 comentários No “Santa” Indecisão

  • Olá Marcio,

    Bem assim que terminamos, como você sabe ele me pediu amizade eu no início resisti, mas para ficar perto dele eu acabei cedendo a essa “amizade”. Contudo, fui percebendo que me prendi a ele de certa forma. Ficava anciosa para chegar em casa e falar com ele via msn. Olhava orkut etc etc. Um belo diz falando com ele, ele saiu do nada no msn. Esperei um pouco e nada de ele retornar. Se fosse outra pessoa eu não ia pensar besteira, mas como foi com ele já criei um monte de coisas na cabeça. Então eu percebi o quanto qualquer besteira me afetaria, visto que quando estavámos juntos era tudo diferente.Tipo “dedicação total a você”. Foi a partir disso, necessariamente, essa semana escrevi um email e meio que me “despedi” dele e disse que não irei mais incomodá-lo e nem procurar entender mais as atitudes dele.E desejei toda felicidade do mundo para ele. E desde esse dia não entrei mais em orkut; msn.Resolvi dar um basta para mim mesma. Fiz errado?? Acho que ele ficou meio que triste; disse estar desanimado. Eu não gosto de magoar as pessoas, principalmente ele.

  • Olá Marcio,

    Bem assim que terminamos, como você sabe ele me pediu amizade eu no início resisti, mas para ficar perto dele eu acabei cedendo a essa “amizade”. Contudo, fui percebendo que me prendi a ele de certa forma. Ficava anciosa para chegar em casa e falar com ele via msn. Olhava orkut etc etc. Um belo diz falando com ele, ele saiu do nada no msn. Esperei um pouco e nada de ele retornar. Se fosse outra pessoa eu não ia pensar besteira, mas como foi com ele já criei um monte de coisas na cabeça. Então eu percebi o quanto qualquer besteira me afetaria, visto que quando estavámos juntos era tudo diferente.Tipo “dedicação total a você”. Foi a partir disso, necessariamente, essa semana escrevi um email e meio que me “despedi” dele e disse que não irei mais incomodá-lo e nem procurar entender mais as atitudes dele.E desejei toda felicidade do mundo para ele. E desde esse dia não entrei mais em orkut; msn.Resolvi dar um basta para mim mesma. Fiz errado?? Acho que ele ficou meio que triste; disse estar desanimado. Eu não gosto de magoar as pessoas…

  • Concordo com você, tentar ter amizade quanto se gosta e quer algo a mais de uma das partes não dá certo. Querer que ele volte como antes também é complicado porque por mais que você goste dele, tem questões que ele é quem tem que lidar e não você e se o amadurecimento nesse sentido não há, você tem que ter isso em mente e ver que você está fazendo a sua parte, que agora a escolha é dele e você não tem que sofrer por isso. Entendo que possa sofrer porque gosta muito, mas não adiantaria ficar com uma pessoa que não lhe faria feliz por conta de não ter superado questões pessoais. Creio que você deve ter deixado as coisas bem claras para ele quando disse que quer ficar com ele e que gosta. Agora deixa rolar, mas sem esperança, viva sua vida justamente para que você não fique presa. Dê um tempo para si, se ele não lhe procurar você saberá exatamente o que fazer. Até mais!!

  • Eu acho que houve um gostar verdadeiro da minha parte, porém acho que não dá parte dele. Não sei o que houve mas a paixão dele acabou. Com essa história de estar confuso nos sentimentos dele, eu acabei sugerindo que terminássemos, mas fiz isso depois de ter pedido uma chance. Ele sugeriu que ficássemos amigos. Passou 1 mês. Eu no inicio resisti, mas com esperança de voltar acabei cedendo a “amizade”. Só que percebi que não dá. Amizade quando uma das partes gosta é muito complicado. Eu fico querendo que ele volte como era antes, mas não tem como né? Acho que amadurecimento é o que precisa. Como espantar a sombra de um relacionamento que ele teve frustado? Não é porque a ex dele o deixou que eu farei da mesma forma, certo? Não sei se luto…não sei se desisto…
    ” A pior covardia de um homem é despertar o amor de uma mulher sem ter a intenção de amá-la”

  • Olá Daniela, realmente ele se baseou em uma experiencia anterior para ver que se logo no começo de um novo relacionamento houverem regras de fazer isso ou aquilo isso pode fazer com que a relação se desgaste ou pelo menos ele não demonstra sentir-se a vontade por isso. Mas não se intimide, relacionamento pode ser um bom palco para o amadurecimento. Vocês conversaram, há uma proximidade, isso é importante, cabe apenas afinar o que realmente cada um quer. Se há um gostar verdadeiro de ambas as partes por que não tentar? Obrigado por ter retornado e fique a vontade. Até mais!!!

  • Obrigada Marcio e Sara. Eu conversando um dia desses com ele falei justamente isso que não podemos saber do futuro se irei me iludir ou não. Que gostaria que ele complicasse menos as coisas e nos desse uma oportunidade. Só que ele se manteve firme e disse que não pensa no manhã ele pensa no hoje.

    E ainda disse: “Eu vim de um relacionamento onde me dediquei, me esforcei, para no final acontecer o que aconteceu e no inicio do nosso relacionamento, vc já me veio com várias teorias, regras, praticas…vc queria o que?”

    Então, descobri que o motivo que fez ele dar pra trás pode ter sido esse e não somente o fato de conhecer os pais dele no momento que eu achasse propicio. Para ele isso pode ter soado como uma regra minha, certo? O que vocês acham disse que ele falou?

  • As vezes acho que os homens não aceitam ser contrariados!
    Sempre temos que concordar…obedecer…aceitar….isso deve ser genético não Marcio?
    beijuss 😛

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.