Touché!

Conheci um rapaz cerca de 2 meses. Ele tem 30 anos saiu de um relacionamento cerca de 8  meses, ele é tímido e está com medo de se envolver (segundo um amigo em comum) e eu tenho 25 anos há cerca de 4 anos estou solteira e quero um relacionamento estável.

Fomos apresentados por um amigo em comum cita acima, “encontro arranjado”, ao conhecê-lo me interessei pela conversa e idéias que partilhávamos em comum conversamos bastante e nesse dia não ficamos… Uma semana após este mesmo amigo me convidou para um barzinho, novamente um encontro arranjado, fui… Conversamos muito e no fim ficamos.

Na semana seguinte fui convidada por ele para ir a um churrasco na casa dele de veraneio  com alguns amigos dele e no fim da festa quase transamos. Culpa do vinho ou da minha carência de querer ter alguém?

A noite foi maravilhosa, porém no final… A famosa hora do cigarro conversava sobre relacionamentos e ele resolveu falar da ex-namorada, contou como se conheceram, como era o relacionamento, as dificuldades em relação ao ciúme e as brigas freqüentes com a mãe do rapaz. Não era um assunto que estava a fim de saber, ainda mais naquele momento e me deixou bastante chateada e ainda mais quando começou a falar de algumas manias que ele gostava  nela… Com sorriso, como se revivesse aquele momento.

Pode ser que tenha visto em mim uma figura amigável e resolveu desabafar que por um lado acho legal, mas ao mesmo tempo incomoda e muito. Tivemos alguns encontros com amigos e sozinhos, porém não ficamos e na ultima vez que saímos ele me ligou para sairmos e sugeri irmos que fosse a um bar onde estava com meus amigos.

Ele foi com alguns amigos, conversamos, bebemos e neste dia fui sem carro para facilitar um convite para uma carona. A noite passou, não ficamos no bar, talvez não fosse o clima, mas aguardava o convite para carona e uma conversa leve sobre nós, a noite do churrasco e simplesmente não rolou o convite ou beijo de boa noite. Como amigos nos despedimos.

 Fiquei invocada com a situação daquela noite e queria entender, então mandei uma SMS e combinamos de nos encontrar no dia seguinte. Fato que não aconteceu. Vale à pena investir?  Esta rolando uma reciprocidade ou estamos buscando objetivos diferentes?


Olá V.,

Touché é uma tartaruga personagem da Hanna Barbera muito simpática que, além disso, é dinâmica, brava e uma destemível líder. Sacadíssima ao conduzir suas aventuras vividas com o seu fiel parceiro, o cão felpudo Dum Dum, com muita perspicácia, agilidade e bom humor é claro.

Touché também vem de uma expressão francesa que tem o sentido de “acertei”, usada na esgrima quando um oponente toca o outro com a espada. Pois bem, no primeiro parágrafo a “charada” estava praticamente resolvida cara leitora e você foi bem clara e objetiva. Vamos recapitular:

“tímido e está com medo de se envolver” enquanto você “há cerca de 4 anos estou solteira e quero um relacionamento estável”. A intenção dele até pode ser a mesma que a sua, mas parece que há aí um descompasso ou apenas certa resistência da parte dele por algumas experiências passadas não tão bem sucedidas assim.

Essa situação de comentar de ex namoradas pode ser mesmo algo delicado de ser tratado e talvez fosse mais interessante ele dizer o que ele pensa sobre relacionamento, estar com você e a possível junção das duas coisas, mas como a conversa acabou caminhando dentro do assunto, citar algumas situações do passado parece ser algo inevitável, a não ser que a pessoa não esteja afim mesmo de falar sobre isso. Por outro lado, diante do contexto ele até que confiou em você e talvez ali tivesse dado uma dica do que ele não quer pra vida dele em termos de namoro ou algo mais.

mda banner 2

É importante também saber se não existem outras pessoas na jogada. Será que ele está saindo com outra pessoa ou apenas está sendo cauteloso com quem ele irá se relacionar? Se for a segunda opção vai mesmo de você pensar até que ponto está a fim de investir nessa história. Tenha consciência que o fato dele ser tímido e talvez com medo de se relacionar é algo que exigirá de você um pouco mais de empenho para “fisgar” esse possível pretendente.

Minha impressão, até mesmo pela forma como você escreve, é que as coisas entre ambos está bem morna, sem um tal “tchan” que tem certo peso para resolver impasses como o que você está passando. É aquela história, você está afim? De verdade? Então bota as cartas na mesa até mesmo para que você tenha uma resposta mais objetiva, seja para gritar um “Touché” e acertar na mosca ou para ficar como o fiel companheiro Dum Dum, esperando pra ver como será a próxima aventura.

Até mais!!

Márcio Oliveira

[email protected]
Meu Blog: As Palavras

Tem pressa para receber sua resposta? Deseja atendimento personalizado e ao vivo? Assine um Plano VIP.

Siga o Cérebro Masculino nas redes sociais clicando AQUI e saiba instantaneamente quando o blog é atualizado.

Psicólogo, consultor de relacionamentos e quase Mestre pela USP-SP. Meio NERD, completo romântico, mas não abre mão de um intenso beijo na boca e um alinhamento entre coração, corpo e mente.

4 comentários No Touché!

  • Minhas amigas reclamam que saou defensora do sexo masculino(nem sempre), procuro enrtender o homem como ser humano que: tem dúvidas, sentem chora
    escondido as vezes. Assim como a mulher o homem sente. Só que nós mulheres
    fomos criadas para enchegar o homem como o ‘macho” forte que não pode ter
    vacilos.. Penso que ele pode estar em duvidas e é natural. Concordo com o Marcio.
    uma boa conversa é tudo. Não precisamos ficar na retarguarda com medo de ser
    mal interpretadas. Se agirmos com verdade e o outro não absorver é problema
    dele não nosso. O importante é fazermos tudo sem dissimulações e joguinhos
    que não faz bem para ninguém.. Olha conheço homens que se apaixonam
    primeiro pelo aspcto fisico, após o tempo eles sew derretem pelo coração da
    mulher.. Experiência própria. Tenham um bom coração, livre-se das amaras das
    mulheres da década de 70 e mire-se no futuro. As mulheres que pensam em ser
    feliz sendo duras com homens para conquista-los sem diplomacia vão perder
    terreno para outras adversidades..

  • Pelo que percebi dessa narrativa toda, o cara deixou claro que não tá dando a mínima! Ele é alheio e desinteressado… Eu pularia fora. De boa!

  • Suzana Rangel

    Parabéns pela resposta Márcio e Thayle pelo comentário disseram tudo rsrs… Concordo que o melhor a ser feito é deixar as coisas acontecerem naturalmente…pois a situação de ambos são diferente..e por ele ainda estar inseguro, não estaria preparado para atender a suas expectativas de relacionamento estável, o melhor é deixa-lo recuperar da relação vivida e ai quem sabe você permanecendo como amiga dele, não conquista o seu coração…

    Boa sorte!

  • Vou citar aqui um trecho de um texto do Arnaldo Jabor que gosto muito e cabe para refletir:

    “(…) Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar…. ou não.
    Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
    (…) A pior coisa é gente que tem medo de se envolver. Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.
    Na vida e no amor, não temos garantias. Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear. E nem todo sexo bom é para descartar… ou se apaixonar… ou se culpar…”

    Acho que todo mundo quando sai de um relacionamento precisa de um tempo pra se reorganizar… Mas faz oito meses que ele ta solteiro… humm, será que ele não ta afim só de curtição nesse momento? O fato dele ter comentado da ex não vejo problema, como o Márcio disse, é até uma forma de vc saber como ele é dentro de um relacionamento… por outro lado o tom que vc usou deu a entender que ele falou com certa “saudade” o que pode ser um “sinal amarelo” pra vc, como quem diz: Cuidado! Eu ainda penso nela, eu ainda to machucado.

    Se eu fosse você, não pressionava… deixe as coisas acontecerem. Não fique no pé, mas esteja presente… dê um sinal de vida de vez em quando, pra ele saber que vc está ali… mas não deixe de viver a sua vida, de fazer as suas coisas e até de conhecer outras pessoas… Se ele quiser ficar com vc, de verdade, vai te procurar… tudo a seu tempo. 😉

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.