“Traissão”

Traissão

Estou arrazada. Peguei meu marido no celular dezendo. Que gracinha!!! Sábado vou trabalhar. Mas na sexta marcamos. Xau um beijo. Para muitos não tem nada a ver mas para mim é muita coisa, não quero acreditar mas mesmo assim vou perguntar. Ingenuidade a minha ou será que meu marido tem outra?

 


Em primeiro lugar, permitam-me fazer uma observação. Este texto foi reproduzido na íntegra e propositalmente. Uma das coisas que creio ser fundamental em um relacionamento se trata da liberdade para sermos quem somos, pessoas, opiniões, crenças, valores, falhas, angústias, manias e frustrações e juntando tudo isso vem a idéia de colocarmos tudo isso à mesa para saber o que realmente enxergaremos do outro e de nós mesmo dentro daquele relacionamento, porque não basta somente olharmos o outro. Seria muito fácil pensar como Sartre que certa vez disse que “o inferno são os outros”.

Agora vamos ao Caso de Y., acima de tudo, expressar-se seria algo que poderia lhe ajudar muito a lidar com as coisas que lhe cercam no mundo e principalmente os problemas. Por favor não entenda isso como um “ataque” a vossa pessoa, mas como um olhar de fora de que quer apenas lhe deixar algo que possivelmente possa lhe fazer bem. Pois bem, expressar toda essa sua dúvida parece mesmo algo confuso e até mesmo carregado de certa raiva e algumas deduções conforme podemos verificar no seu próprio discurso. E fiz questão de manter os erros de português porque até eles dizem sobre como você é como pessoa. É claro que não se deve “julgar“ por um simples pedaço de texto digitado, mas é que é possível verificar algumas tendências a partir de uma leitura inicial.

mda banner 2

Com relação a sua pergunta, não creio que seja ingenuidade sua e nem mesmo ousarei dizer que seu marido tem outra, mas posso afirmar que vocês poderiam sim, sentar e expressar-se um para o outro de maneira que ambos sintam o que o outro quer realmente dentro dessa relação. A partir disso, talvez portas da compreensão possam se abrir e algumas idéias podem deixar de serem mistificadas ou ficarem no “achismo” e com isso uma “traissão” pode passar a ser concretamente uma traição quando a relação não se sustenta mais pelo sentimento e é quando os olhares acabam indo em direção a outros horizontes, ou então você pode descobrir que tudo foi apenas um ledo engano, e que fazia tempo que tanto você quanto ele não eram francos um com o outro ao ponto de se sentirem mais próximos e por que não mais amados? É questão de tentar.

Até mais!!

Márcio Oliveira

[email protected]
Meu
Blog: As Palavras

Tem pressa para receber sua resposta? Deseja
atendimento personalizado e ao vivo? Assine um Plano VIP.

Perfil do orkut (recém criado): http://w
ww.orkut.com.br/Main#Profile?uid=6153601257327704676

Siga o Cérebro Masculino no twitter: http://twitter.com/CerebroMasc e
saiba instantaneamente quando o blog é atualizado.

Psicólogo, consultor de relacionamentos e quase Mestre pela USP-SP. Meio NERD, completo romântico, mas não abre mão de um intenso beijo na boca e um alinhamento entre coração, corpo e mente.

3 comentários No “Traissão”

  • É só imaginar quantas situações, conversas e coisas da nossa cabeça do tipo “eles estão rindo de mim”, a gente coloca na cabeça e interpreta de forma errada.
    Nada melhor do quer ir direto na fonte e ver se é ou não e se mesmo assim você ficar na dúvida vá fundo até descobrir a verdade.

  • Concordo em termos. Uma coisa não deveria justificar outra. Poderíamos até pensar que ele deu motivo para desconfiar dele e com certeza muitos dissimulam diante de uma situação como se pudessem usar de um artificio de convencimento para que a mulher não desconfie e acabe acreditando na história que eles contarem, mas eu digo que independentemente de como saber da história e como convercer um homem a assumir que está traindo, quem perde com tudo isso é ele. Não é necessário convencê-lo a assumir, se a mulher souber realmente do fato concreto e comprovar isso com certeza cabe a ela saber exatamente o que fazer. Percebo que homens acham que sempre podem ser perdoados, e tanto homens como mulheres podem ser perdoados sempre, mas não precisamos ficar com eles em nossas vidas, o perdão serve para não carregarmos mágoas por um caminho que teremos que escolher sozinhos.

  • Boa tarde Márcio.
    As mulheres ficam mesmo nesse “achismo” constante porque “a maioria dos homens” salvo raros, quando questionados respeito a uma possível traição simplesmente dizem que estamos vendo coisas, inventando histórias e pior alguns chegam ao ponto de dizerem que “ENLOUQUECEMOS”
    Claro que você está super certo em não querer afirmar se o esposo dela traí ou não. Mas eu gostaria muito de saber como nós mulheres podemos “convencer” um homem a assumir que está nos traindo. Tem algum argumento que possamos usar para que o “homem em questão” não minta.
    Beijuss da Sara 😉

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.