“Um Namorado, Pero No Mucho”

Caro Mr. P;

Tenho 15 anos e estou namorando, há pouco tempo, um garoto de 18 anos. Antes de namorarmos, ele tinha me dito que era muito envergonhado e não gostava de agarração. Porém, não pensei que estivesse falando tão ao pé da letra.

Ele não toma a iniciativa. Quando nos encontramos, demoramos muito para dar um beijo. Já conversei com ele sobre isso e nada mudou. O que faço?


Insatisfeita leitora;

A timidez é um padrão de comportamento caracterizado pela inibição em certas situações. Nos relacionamentos ela é, comumente, expressada na abordagem do sexo oposto, na interação, conversa e na dificuldade de tomar a iniciativa em dar primeiro beijo, por exemplo.

Pela sensação de medo e perigo o indivíduo tímido impõe barreiras a si para atuar do teatro social.  Ele cria amarras na sua mente, difíceis de transpor.

mda banner 2

A timidez não é considerada uma doença… Até porque, não existem indivíduos que gozam da sua falta total. Porém, quando esta promove um grande empobrecimento na qualidade de vida, é necessário procurar ajuda clínica.

Nossa sociedade patriarcal fabrica mais mulheres do que homens tímidos. Contudo, o mesmo ambiente social expõe mais a timidez masculina do que a feminina. Visto que, principalmente nos relacionamentos, o homem deve ter o papel ativo, de “chegar junto”. Em outras palavras, exercer seu papel de macho dominante.

O normal é que pessoas tímidas percam sua timidez quando estão em contato com amigos próximos e, principalmente, namorados. Afinal, são os únicos momentos nos quais estes indivíduos se sentem seguros para se expressar. São momentos que eles fantasiam, sonham e almejam a todo o tempo.

Se vocês namoram o natural seria que ele aproveitasse esse momento para concretizar seus sonhos, fantasias e ambições. Porém, pelo visto, ou ele possui um grande bloqueio psicológico, que necessita de ajuda clínica, ou “pegar” mulher não está dentro das suas ambições.

Em outras palavras, acredito que, você possui ao seu lado ou um “homem louco” ou uma “biba louca”… Comece a “atacá-lo” para fazer o teste… Se ele fugir para um lado, fuja para o outro.

Mr. P

Tem pressa para receber sua resposta? Deseja atendimento personalizado e ao vivo? Assine um Plano Premium.

Siga o CM nas redes sociais

Empresário, administrador, jurista e escritor. Adora filosofia, psicologia, história e musculação. Crê que o "caminho da vida" é a busca da evolução perpétua. Escreve e responde dúvidas sobre os mais variados assuntos.

1 comentários No “Um Namorado, Pero No Mucho”

  • Amanda Machado

    Ele te pediu em namoro, já é alguma coisa, mas ainda nao o suficiente..
    Te aconselharia a contar algo pessoal para ele (nao exagere), para faze-lo compreender que nao deve existir medo, timidez ou receio num relacionamento.. que a finalidade de um namoro é demonstrar afinidade e intimidade mesmo..
    Aliado a isso, inesperadamente, puxe-o pela gola da camisa e tasque um beijo com vontade e depois diga que é isso que voce quer que ele faça.. Que alem de conversa, um bom relacionamento tem que ter atitude..

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.