Uma Vez Segura. Mil Vezes Melhor!!!

Morei junto com meu namorado por dois anos. Em maio, me separei e fui morar sozinha. Entre idas e vindas, viajei e fiquei uma semana longe. Ele ficou desesperado, pensando que eu tinha ido embora.

Pois bem, estamos namorando de novo, mas, às vezes, ele não me da atenção. Eu o amo e quero ficar com ele, mas não consigo lidar com isso.

Ele e calado, seco, bem na dele. Ele fala que eu cobro muito. Eu sei disso. Às vezes, chego a ser chata. Quando não ligo atrás dele, ele aparece rapidinho na minha casa. Porém, quando ligo, ele faz pouco caso. O que fazer?

 


Uma das maravilhas da existência é que somos seres humanos únicos, dotados de personalidade singular, que possuem o poder de encantar ou enojar nossos semelhantes. Que tedioso seria se fôssemos todos iguais, se agíssemos da mesma forma, se soubéssemos o que o outro está pensando, sentindo, imaginando. O harmonioso convívio em sociedade e, principalmente, nos relacionamentos reside na sapiência em entender e respeitar as diferenças.

Em nossa sociedade, pelo que eu saiba, não existe mais a figura do “casamento arranjado”, onde só se conheçe o parceiro depois de contrair compromisso. Sei que podemos conviver com uma pessoa anos, sem, realmente, conhecê-la. Porém, basta alguns minutos de contato para saber que a outra pessoa é calada, seca, na dela. Portanto, antes de namorá-lo, você já era ciente disso, ou seja, não lhe cabe reclamar disso agora. Se isso está lhe incomodando tanto, hoje, volte ao ponto aonde errou, o momento em que vocês não eram namorados.

Acredito que você não sofra por falta de atenção, mas sim, por não ter a atenção dele todo o tempo. Sinto dizer-lhe, mas o queres não irás conseguir nem se contratar um “personal atenção”.

Você mesma já descobriu como manter seu namorado perto… É só deixa-lo mais livre, não pegar no pé dele, não ser chata, não cobrar demais. Em síntese, ser uma pessoa segura.

mda banner 2

Mr. P

 

Empresário, administrador, jurista e escritor. Adora filosofia, psicologia, história e musculação. Crê que o "caminho da vida" é a busca da evolução perpétua. Escreve e responde dúvidas sobre os mais variados assuntos.

2 comentários No Uma Vez Segura. Mil Vezes Melhor!!!

  • Ótimo! Que elas leiam!

  • É amiga… nossa comentarista tem razão! Cada um tem sua particularidade, se a forma como ele é te incomoda a ponto de você não suportar então não é dele que você precisa. Acredito que essa “necessidade” que muitas mulheres tem de ter atenção o tempo todo é vinda da falta de amor próprio. Se formos colocar no papel o número de coisas que temos a fazer por nós mesmas certamente iriamos ver que falta tempo para dar atenção ao maridão ou namorado, se fazemos isso (sacrificamos nosso tempo) o fazemos por amor ao outro, no entanto não temos que viver em função do outro.
    Amiga vai fazer suas coisas, dedique-se a elas, o relacionamento é isso: os dois lutam por objetivos. Não é um lutando, se virando, e o outro atrás feito bebê querendo chamar atenção.

    Fique com DEUS !

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.