Vergonha? Que nada, é o blush

Diversas foram as vezes em que mulheres saíram às ruas com o rosto ruborizado demais por conta da escolha equivocada da cor do blush. Quando não, por causa do uso daquele pequeno pincel que sempre acompanha o produto em suas embalagens. Se cada garota soubesse o quão descartável ele é; que o blush é um elemento que requer extrema dedicação na maquiagem, que merecia o maior pincel de todos.

Seja para afilar o rosto, ou simplesmente, levantar a semblante, o pincel adequado para a correta aplicação do blush deve ser sempre frondoso e com cerdas delicadas. A escolha das cores vai variar de acordo com o tom da pele e com a intenção de sua utilização. Morenas pedem tons neutros, a loiras os tons mais rosados, e as negras os mais terrosos. A aplicação para o afilamento das feições deve ser sempre relacionada à estrutura do seu rosto, geralmente no meio da bochecha. Nas maçãs, o blush só cai bem se o esperado for o ar de saúde que vem sendo tão mostrado nas tendências para este verão.

Ao invés de fazer aquele biquinho e marcar o rosto de maneira cadavérica, opte por um simples sorriso e defina as áreas que devem ser realçadas. Bronzeadores, iluminadores, não importa, os blushes devem deixar o visual mais natural possível.

mda banner 2

Mas são tantas as mulheres que só querem um toque de doçura na apresentação diária que elas podem recorrer aos blushes cremos, líquidos ou em bastão que, mais leves, podem ser aplicados com leves batidas com as pontas dos dedos. Nada de apertar as bochechas com beliscões, existem casos de manchas horríveis.

Além das bochechas e maças, os blushes podem valorizar o formato do rosto, se aplicados no contorno dos maxilares, em baixo do queixo, e nas têmporas. Mil e uma utilidades dentro de uma caixinha de plástico.

Douglas Guerra

[email protected]

www.umrostobonito.blogspot.com

O que achou do artigo?

comentários

Publicitário, Maquiador de Estúdio, Vitrinista, Stylist e Produtor de Moda em Fotografia. Estas são só algumas das atividades de um dos mais conhecidos profissionais da Moda e da Beleza em Pernambuco. Detalhista, o que mostra que o seu forte, literalmente, é cuidar da imagem das pessoas. Com uma formação inteiramente voltada para a Maquiagem em Fotografia, Cinema, TV (HDTV) e Passarela, Douglas Guerra vem atuando nos mais famosos estúdios do Estado e seu portfólio soma nomes de dezenas de grandes fotógrafos. Assinando beleza e a produção de importantes ensaios em Recife e outras cidades do Nordeste, Douglas Guerra tem seu nome presente em diversos trabalhos em jornais e revistas pelo Brasil. Formador de opinião, ele se encontra sempre presente em projetos que promovam a comunicação e cultura, levando critério e bom gosto a todos os lugares.

4 comentários No Vergonha? Que nada, é o blush

  • O blush!!! O vilãozinho ou o salvador né?? Ele deixa o rosto muuuuito mais lindo, eu passo sempre… Sorrio e tento passar da melhor maneira, esperooo q esteja certo!!! rs
    Adoreeei seu post, Douglas! E como a Sara disse, um post com video seria um sonhooo, mas entendemos q vc é super ocupadoo
    Bjoo e obgd por postar!

  • Compreendo Doutor Guerra,
    e agradeço a sua atenção.
    beijuss

  • Sara, querida, todas pedem o mesmo. Mas o maquiador aqui quase nunca pára em casa. É uma correria incrível, isso sem contar as viagens que faço sempre. Super valorizo os posts da Juliana, porque explicam tudo tão bem. Sendo assim, tento valorizar ainda mais a objetividade e a clareza nos meus para viabilizar o entendimento.

    Em tempo, o post desta semana foi elaborado graças a uma pergunta/comentário da leitora Tati na minha primeira contribuição pro blog. Abraço a todas.

  • Bom dia Doutor Guerra
    Gostei muito da dica de hoje, e fiquei imaginando na possibilidade dos seus posts serem iguais ao da “Juliana” com video, seria o máximo.
    Claro que se for inviável vou compreender.
    beijuss

Deixe uma resposta:

Your email address will not be published.